Mundo Índices acionários europeus recuam com aumento de tensões EUA-China

20:31  22 julho  2020
20:31  22 julho  2020 Fonte:   reuters.com

Mercado acionário europeu avança por expectativas com vacina e estímulo, de olho em resultados

  Mercado acionário europeu avança por expectativas com vacina e estímulo, de olho em resultados Mercado acionário europeu avança por expectativas com vacina e estímulo, de olho em resultados(Reuters) - Os índices acionários europeus avançaram nesta segunda-feira com uma possível vacina contra a Covid-19, alguns resultados corporativos positivos e discussões sobre estímulo que alimentaram esperanças de recuperação econômica.

Bolsa de valores de Frankfurt, Alemanha © Reuters/STAFF Bolsa de valores de Frankfurt, Alemanha

Por Sruthi Shankar e Susan Mathew

(Reuters) - As ações europeias fecharam em queda nesta quarta-feira, com o aumento das tensões entre Estados Unidos e China e uma alta nos casos de coronavírus afetando o sentimento depois que um acordo de dívida para toda a União Europeia levou os mercados da região a máximas de quatro meses na sessão anterior.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,94%, a 1.454 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,87%, a 373 pontos, registrando sua maior queda diária em um mês.

China compra volume recorde de milho dos EUA; também adquire soja

  China compra volume recorde de milho dos EUA; também adquire soja China compra volume recorde de milho dos EUA; também adquire sojaNa última sexta-feira, a China aumentou suas previsões de importação de milho e soja para a atual temporada, esperando aumentar as compras dos Estados Unidos.

Pequim disse que Washington ordenou abruptamente o fechamento do consulado chinês na cidade de Houston, uma decisão fortemente condenada pela China. Em resposta, o país asiático está considerando fechar o consulado norte-americano em Wuhan, disse uma fonte.

As ações de energia foram as mais afetadas, registrando queda de 2,8% após dados mostrarem um acúmulo de estoque de petróleo acima do esperado nos Estados Unidos, aumentando a pressão sobre os preços da commodity. Royal Dutch Shell, BP e Total caíram mais de 3%.

"Os mercados ... oscilam entre o desespero pelo número crescente de casos de Covid-19 em todo o mundo e a esperança impulsionada por estímulos financeiros e progresso em uma potencial vacina", disse Russ Mold, diretor de investimentos da AJ Bell.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 1,00%, a 6.207 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,51%, a 13.104 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 1,32%, a 5.037 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,60%, a 20.598 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 1,39%, a 7.390 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,79%, a 4.509 pontos.

Tecnologia pressiona Wall St em meio a salto de casos de coronavírus .
Tecnologia pressiona Wall St em meio a salto de casos de coronavírus(Reuters) - Os principais índices de Wall Street caíam nesta sexta-feira, com tensões entre Estados Unidos e China e temores sobre o aumento de casos de Covid-19 prejudicando o sentimento dos investidores e levando o S&P 500 a apagar a alta semanal.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 0
Isto é interessante!