MundoSalvini triunfa nas eleições europeias na Itália

17:20  27 maio  2019
17:20  27 maio  2019 Fonte:   msn.com

Maduro procura reduzir a pressão antecipando as eleições legislativas

Maduro procura reduzir a pressão antecipando as eleições legislativas Assembleia Nacional, presidida por Guaidó e controlada pela oposição, pede a saída do mandatário e eleições presidenciais com garantias

Estas eleições europeias devem dar uma subida dos extremismos e nacionalismos por toda a União. Em Itália , a extrema-direita já está no governo e deve vencer as eleições de dia 26. A repórter Raquel Morão Lopes assistiu em Florença a um comício da liga e Matteo Salvini .

As eleições do domingo passado na Itália ameaçam jogar o país em mais uma etapa de ingovernabilidade. Mas os grillini, como são chamados na Itália , não têm maioria para governar e a outra alternativa é a Liga, um partido nacionalista da região mais rica do país que ao longo da

Salvini triunfa nas eleições europeias na Itália© Miguel MEDINA Primeiro-ministro Matteo Salvini vota em Milão em 26 d emaio de 2019

A Liga de Matteo Salvini, de extrema-direita, triunfou no domingo nas eleições europeias na Itália, ao obter mais de 34% dos votos, enquanto seu aliado, o Movimento 5 Estrelas (M5E), caiu para 17%, de acordo com os resultados praticamente definitivos.

Salvini triunfa nas eleições europeias na Itália
App Microsoft Notícias
Baixe Agora
Publicidade para Android e iOS

"Apenas uma palavra: OBRIGADO, Itália", escreveu no Twitter o vice-primeiro-ministro italiano e titular da pasta do Interior.

Com mais de 99% das urnas apuradas, a Liga tem 34,3% dos votos. Nas eleições europeias de 2014 o partido obteve apenas 6%. Nas legislativas de março de 2018, a Liga recebeu 17%.

Bolsonaro: 'Hoje o povo está nas ruas, uma manifestação espontânea'

Bolsonaro: 'Hoje o povo está nas ruas, uma manifestação espontânea' Bolsonaro: 'Hoje o povo está nas ruas, uma manifestação espontânea'

Islândia. Itália . Letónia. Dado o grande volume de legislação e regulamentação europeias que cada país candidato tem de transpor para o direito nacional, as negociações requerem bastante tempo. Países que se encontram na fase de «transposição» da legislação europeia para o direito nacional

Luigi di Maio acusou Matteo Salvini de se relacionar com governos europeus que prejudicaram as políticas do governo italiano . O que o governo de Itália uniu, o caminho para as Europeias parece estar a desfazer. A coligação entre o Movimento 5 Estrelas e o Liga vive dias tumultuosos, dividida

Para Salvini, o resultado representa um triunfo depois de ter assumido o comando do partido - ex-secessionista do Norte - em 2013 para tornar a Liga uma formação nacionalista em pleno auge, inclusive no sul do país.

O líder de extrema-direita mudou a relação de forças com o M5S, grande perdedor com 17% dos votos, muito longe dos 32,5% de março de 2018, o que voltou a provocar dúvidas sobre a sobrevivência do governo de Giuseppe Conte.

"A Liga se torna o primeiro partido na Itália", reclamou Riccardo Molinari, senador da Liga, em um programa de televisão.

Salvini afirmou que a vitória nas eleições europeias não provocará uma crise interna no governo da Itália.

"Meus aliados do governo são meus amigos", disse Salvini, vice-primeiro-ministro e ministro do Interior, em suas primeiras declarações à imprensa.

Ascensão dos Verdes e liberais freia o avanço da extrema direita nas eleições europeias

Ascensão dos Verdes e liberais freia o avanço da extrema direita nas eleições europeias Ascensão dos Verdes e liberais freia o avanço da extrema direita nas eleições europeias

O objetivo desta "Aliança Europeia para as Pessoas e para as Nações" é aumentar a influência sobre as instituições europeias . A apresentação da plataforma ocorreu, esta segunda-feira, em Milão e teve como anfitrião Matteo Salvini . O líder da Liga, vice-primeiro-ministro e ministro do Interior de

Di Maio ainda ressaltou que nas eleições europeias “ os italianos terão que escolher entre aqueles que querem manter suspeitos de corrupção nas instituições e quem não; aqueles que diminuem seus impostos em comícios e aqueles que realmente o As eleições acontecerão entre 23 e 26 de maio.

Salvini antecipou que não romperá sua aliança com o partido antissistema Movimento 5 Estrelas, com o qual governa desde junho de 2018.

Após um ano no poder, utilizando as redes sociais constantemente e aplicando uma política dura contra a migração, Salvini se tornou o político mais votado do país.

"Não vamos usar estes resultados para cobranças internas, e muito menos para pedir ministérios ou cargos", completou.

As eleições reforçam o poder do líder da Liga, que se apresenta como o novo rosto da ultradireita europeia: branca, católica e inimiga dos migrantes.

A tensão e as disputas entre os dois partidos no poder, e em particular entre seus líderes, aumentaram nas semanas anteriores às eleições europeias, o que transformou a votação em um verdadeiro teste para as duas formações, do qual o M5E sai derrotado.

Após a queda a 18% em 2018, o Partido Democrata (PD) celebrou os resultado de domingo: 22,7% dos votos nas eleições europeias.

O avanço dos ecologistas registrado em vários países da Europa, no entanto, não chegou à Itália, onde os Verdes receberam apenas 2,29% dos votos.

Leia Mais

Eleições em Israel: Netanyahu não consegue formar governo e Parlamento convoca novas eleições.
Eleições em Israel: Netanyahu não consegue formar governo e Parlamento convoca novas eleições

Vídeos temáticos:

usr: 3
Isto é interessante!