Mundo Instituto de virologia russo inicia teste em humanos de segunda vacina contra Covid-19

22:25  28 julho  2020
22:25  28 julho  2020 Fonte:   reuters.com

Bangladesh sediará teste de estágio final de vacina contra Covid-19 da chinesa SinoVac

  Bangladesh sediará teste de estágio final de vacina contra Covid-19 da chinesa SinoVac Bangladesh sediará teste de estágio final de vacina contra Covid-19 da chinesa SinoVacA SinoVac está buscando voluntários fora da China porque os casos de coronavírus em sua terra natal diminuíram, disse um membro do comitê nacional de aconselhamento técnico criado por Bangladesh para enfrentar a Covid-19.

Frasco com rótulo de vacina contra Covid-19 em foto de ilustração © Reuters Frasco com rótulo de vacina contra Covid-19 em foto de ilustração

MOSCOU (Reuters) - Um instituto de virologia da Rússia iniciou os testes da segunda possível vacina contra Covid-19 em humanos do país, inoculando o primeiro de cinco voluntários com uma dose no dia 27 de julho, relatou a agência de notícias RIA nesta terça-feira.

O indivíduo passa bem, noticiou a agência.

O próximo voluntário do teste do instituto de virologia Vector da Sibéria receberá uma injeção em 30 de julho, disse a agência reguladora de segurança do consumidor Rospotrebnadzor, segundo citação da RIA.

Elite russa recebe vacina experimental contra Covid-19

  Elite russa recebe vacina experimental contra Covid-19 Dezenas de empresários e políticos da elite da Rússia receberam acesso antecipado a uma vacina experimental contra a Covid-19, segundo pessoas a par do assunto, em meio à corrida do país para estar entre os primeiros a desenvolver o medicamento. Executivos do alto escalão de empresas como a gigante de alumínio United Co. Rusal, bem como magnatas bilionários e autoridades do governo, começaram a receber doses já em abril desenvolvidas pelo instituto estatal Gamaleya, em Moscou, disseram as pessoas, que não quiseram ser identificadas.

Um registro governamental de todos os testes clínicos mostra que o instituto, que é supervisionado pela Rospotrebnadzor, está testando uma vacina de peptídeo usando uma plataforma desenvolvida inicialmente para o Ebola.

Mais adiante, o teste deve recrutar até 100 voluntários com idades entre 18 e 60 anos, mostra o registro de testes clínicos. A Vector está trabalhando em seis vacinas contra Covid-19 em potencial, revelaram registros da Organização Mundial da Saúde (OMS).

O Instituto Gamaleya, outra instituição estatal de pesquisa localizada em Moscou, finalizou os primeiros testes de uma vacina baseada em adenovírus em humanos no início deste mês e acredita que iniciará testes de larga escala em agosto.

Mais de 100 possíveis vacinas estão sendo desenvolvidas em todo o mundo para tentar deter a pandemia de coronavírus. Ao menos quatro estão na fase final 3 de testes em humanos, de acordo com dados da OMS – três na China e outra no Reino Unido.

(Por Polina Ivanova)

Instituto de Israel começará testes em humanos de vacina contra Covid-19 em breve .
Instituto de Israel começará testes em humanos de vacina contra Covid-19 em breveO Instituto Israelense de Pesquisa Biológica deve começar os testes em conjunto com o Ministério da Saúde, após o fim de uma série de feriados judaicos, em outubro, disse Gantz. O instituto tem trabalhado em uma vacina há seis meses e começou testes em animais em março.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 1
Isto é interessante!