Mundo Peregrinação a Meca entra na reta final com o apedrejamento de satã

16:37  31 julho  2020
16:37  31 julho  2020 Fonte:   msn.com

Atacante do Santo André pede time ligado contra o Santos no retorno

  Atacante do Santo André pede time ligado contra o Santos no retorno Douglas Baggio comentou sobre o confronto entre as duas equipes na volta do Campeonato Paulista. Jogador não crê que clima ruim no Peixe pode ser fator decisivo- Vamos enfrentar um grande time. Não podemos bobear diante de uma equipe qualificada como é o Santos, ainda mais jogando dentro da Vila Belmiro. Nosso grupo vem trabalhando forte e muito focado nesse duelo. Temos que ficar atentos durante os 90 minutos para conseguirmos um belo resultado fora dos nossos domínios - disse o ex-atacante do Flamengo.

Oração durante o Aid Al-Adha na grande mesquita de Meca em 31 de julho de 2020 © STR Oração durante o Aid Al-Adha na grande mesquita de Meca em 31 de julho de 2020

Os fiéis muçulmanos iniciaram nesta sexta-feira (31) o "apedrejamento de satã", um dos últimos rituais da grande peregrinação na Arábia Saudita, drasticamente reduzida este ano para evitar qualquer propagação do novo coronavírus.

As colunas que representam satã no vale de Mina, perto de Meca, região oeste do reino, foram cenário nos últimos anos de avalanches humanas fatais, mas o risco parece mínimo em 2020.

Peregrinação reduzida a Meca, alegria de uns e decepção de outros

  Peregrinação reduzida a Meca, alegria de uns e decepção de outros Um casal de jordanianos explodiu de alegria ao saber que havia sido selecionado para o haje, a grande peregrinação muçulmana a Meca, reduzida este ano pela pandemia de coronavírus. Mas havia informado anteriormente que os peregrinos sauditas haviam sido selecionados entre profissionais da saúde e militares que haviam se recuperado do vírus. "Eles mantiveram o processo de seleção muito opaco, porque é um assunto delicado. Manter longe da atenção do público serve para fazer menos barulho sobre aqueles que foram selecionados", comentou à AFP Umar Karim, pesquisador convidado do Royal United Services Institute de Londres.

Devido à pandemia, nesta ocasião, apenas 10.000 peregrinos, de diversas nacionalidades mas residentes na Arábia Saudita, foram autorizados a participar da peregrinação.

No ano passado, 2,5 milhões de peregrinos cumpriram o Hajj, um dos cinco pilares do islã.

Sob um forte calor, os peregrinos que chegaram a Mina passaram por controles de guias e policiais, que garantiram o respeito às normas de distanciamento social.

Os peregrinos fizeram o gesto simbólico que consiste em atirar sete pedras em direção a uma das colunas que representam satã.

O ato teve um grande controle, quando habitualmente impera a desordem em meio a uma grande multidão. O ritual costuma deixar vários feridos por lançamentos de pedras sem qualquer pontaria.

Meca se prepara para receber número limitado de peregrinos

  Meca se prepara para receber número limitado de peregrinos A Arábia Saudita sediará, a partir de quarta-feira (29), o haje, a grande peregrinação de muçulmanos a Meca, mas com um número reduzido de peregrinos devido à pandemia de coronavírus, fato inédito em tempos contemporâneos. Apenas 10.000 sauditas e outros residentes estrangeiros no reino wahhabi poderão realizar o haje este ano, um dos cinco pilares do Islã. No ano passado, cerca de 2,5 milhões de muçulmanos completaram a grande peregrinação, muitos deles oriundos de outros países. A imprensa estrangeira também não poderá cobrir esse evento, já que as autoridades sauditas restringiram o acesso à cidade sagrada aos muçulmanos.

Desta vez, as autoridades proporcionaram pedras esterilizadas aos peregrinos. Até o ano passado, os participantes pegavam as pedras do chão.

A sexta-feira também marca o início da festa de Aid al Adha, a festa do sacrifício.

Os peregrinos e os muçulmanos de todo mundo matam um animal em homenagem ao sacrifício que deveria ser feito, segundo a tradição, pelo profeta Abraão, depois que Deus pediu que matasse seu filho Ismael. No último instante, o anjo Gabriel substituiu Ismael por um cordeiro.

- Mensagem do rei -

Por ocasião do Aid, o rei Salman enviou uma mensagem aos muçulmanos e destacou que as autoridades sauditas "redobraram os esforços" para proteger os fiéis.

A Arábia Saudita registra oficialmente mais de 274.000 casos de COVID-19 e mais de 2.800 mortes, um dos maiores índices no mundo árabe.

Um dos grandes momentos do Hajj aconteceu na quinta-feira, quando um reduzido número de fiéis seguiu até o Monte Arafat — a 20 quilômetros de Meca — para pedir o perdão de Deus.

As autoridades estabeleceram um cordão de segurança ao pé da colina, também chamada de Monte da Misericórdia, como parte das medidas de prevenção contra o coronavírus.

Os peregrinos passaram a noite em Muzsalifah, antes de iniciar nesta sexta-feira o ritual do apedrejamento.

Após o ritual, os peregrinos retornam à Grande Mesquita de Meca para o último "tawaf", ou circunvolução ao redor da Kaaba, a estrutura cúbica em direção da qual os muçulmanos de todo mundo se voltam para rezar.

Tudo foi planejado para evitar contaminações. Seis hospitais, incluindo um móvel, foram instalados nos locais sagrados, além de 51 clínicas e 63 grupos de profissionais de saúde mobilizados, informou o porta-voz do Ministério da Saúde, Mohammed Al Abdel Ali.

bur-ac/sls/mh/tp/me/pc/fp/tt

Shakhtar vence Wolfsburg (3-0) e vai disputar o 'Final 8' da Liga Europa .
O Shakhtar Donestk se classificou para as quartas de final da Liga Europa após derrotar o Wolfsburg por 3 a 0 (5-1 no placar agregado), no jogo desta quarta-feira no Estádio Olímpico de Kiev. Desta forma, a equipe comandada pelo português Luis Castro se classificou para o 'Final 8' que será realizado na Alemanha, tendo que disputar a partida das quartas de final contra o vencedor do duelo entre Eintracht Frankfurt e Basel (com uma vantagem para os suíços após a vitória de 3 a 0 no jogo de ida).

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 1
Isto é interessante!