Mundo James, filho de Rupert Murdoch, sai do conselho da News Corp

23:22  01 agosto  2020
23:22  01 agosto  2020 Fonte:   poder360.com.br

As 5 maiores polêmicas de J.K. Rowling, que chega aos 55 anos

  As 5 maiores polêmicas de J.K. Rowling, que chega aos 55 anos Escritora por trás do universo mágico dos livros infantis 'Harry Potter' se envolveu em diversas polêmicas nos últimos anosA escritora britânica J.K. Rowling, conhecida pela série infantojuvenil Harry Potter, completa 55 anos nesta sexta-feira em meio ao escrutínio público por algumas de suas declarações recentes.

James Murdoch deixou definitivamente os negócios da família © Reprodução/YouTube Vanity Fair James Murdoch deixou definitivamente os negócios da família

James Murdoch pediu demissão na 6ª feira (31.jul.2020) do conselho da News Corp, conglomerado de mídia dono do jornal Wall Street Journal, 1 dos maiores dos Estados Unidos. Ele é o filho mais novo de Rupert Murdoch, dono do Journal. As informações são da própria publicação.

“Minha demissão deve-se a divergências sobre determinado conteúdo editorial publicado pelos meios de comunicação da empresa e outras decisões estratégicas”, disse Murdoch em sua carta de demissão.

Mulheres ainda estão fora do comando no varejo da Europa

  Mulheres ainda estão fora do comando no varejo da Europa Se existe um setor em que as mulheres deveriam estar dando as ordens, é o varejo. Afinal, elas são as maiores clientes e representam uma grande parte da força de trabalho. No entanto, as mulheres ainda estão ausentes dos postos corporativos nas varejistas da Europa, e Melanie Smith teme que o vírus tenha piorado esse quadro. “Muitas coisas que vi me deixam preocupada com o fato de que as mulheres podem ter regredido 20 anos durante a pandemia”, diz a diretora executiva da loja online britânica Ocado Retail e uma das poucas mulheres líderes do setor na Europa.

A decisão de 1 dos herdeiros da News Corp –desmembramento da antiga News Corporation– oficializa sua saída dos negócios da família. A companhia tem valor de mercado de aproximadamente US$ 7,5 bilhões. É dona ainda do jornal New York Post e dos ingleses Times e The Sun, além de outras dezenas de publicações na Austrália, nos Estados Unidos e no Reino Unido.

A News Corporation ainda deu origem a 21st Century Fox –gigante de entretenimento também comandada por Rupert. No ano passado, James já tinha deixado seu cargo na empresa após a venda para a Disney.

Além do desligamento das companhias fundadas pelo pai, James também criticou recentemente algumas empresas do grupo. Australiano, o empresário atacou publicamente a cobertura da Fox local sobre os incêndios florestais no país.

Veja dicas de beleza e vida saudável de Meghan Markle

  Veja dicas de beleza e vida saudável de Meghan Markle De atriz, duquesa à sua renúncia da realeza, a vida de Meghan Markle tem sido pra lá de movimentada. Mas a esposa do Príncipe Harry também se tornou um ícone fashion e de beleza. Por sinal, tudo o que ela veste ou usa costuma se esgotar rapidamente das prateleiras. Mas qual será o ritual da mãe de Archie para se manter tão linda aos 39 anos e em harmonia com o corpo e a mente? Na galeria, inspire-se nas dicas de Meghan Markle para estar sempre radiante e elegante!

As posições políticas de James também entraram em conflito com a família. Neste ano, doou milhões de dólares para a campanha do democrata Joe Biden à Casa Branca e à organização judaica Liga Anti-Difamação.

O herdeiro de Murdoch também lançou seu próprio fundo de investimento, a Lupa Systems, ao qual deve concentrar seus esforços a partir de agora. Além disso, a venda da Fox lhe rendeu cerca de US$ 2,2 bilhões.

Apesar dos problemas familiares e/ou empresariais, o patriarca Rupert Murdoch, de 89 anos, agradeceu em comunicado o trabalho do filho na companhia e desejou sorte em futuros projetos.

“Somos gratos a James por seus muitos anos de serviço à empresa. Desejamos a ele o melhor em seus futuros empreendimentos”, disse o executivo, presidente da News Corp.

Com a saída de James Murdoch, o conselho da News Corp ficará reduzido a 11 cadeiras.

Jogadores planejam se ajoelhar durante o hino nos jogos de retomada da temporada da NBA .
Além do protesto, a grande maioria dos atletas usará mensagens por justiça social no lugar de seus nomes nas camisasAs franquias que ocupam as primeiras oito posições da competição se reuniram para discutir a questão, de acordo com o jornalista. Em ordem de classificação, são elas: Milwaukee Bucks, Los Angeles Lakers, Toronto Raptors, Los Angeles Clippers, Boston Celtics, Denver Nuggets, Utah Jazz e Miami Heat, respectivamente.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 1
Isto é interessante!