Mundo Padrasto é preso acusado de afogar enteado de 7 anos na lama

00:18  02 agosto  2020
00:18  02 agosto  2020 Fonte:   catracalivre.com.br

Adolescente é preso por ataque hacker ao Twitter; outros dois homens são acusados

  Adolescente é preso por ataque hacker ao Twitter; outros dois homens são acusados No início deste mês, criminosos tuitaram de contas verificadas de nomes como o candidato presidencial democrata Joe Biden, o bilionário Bill Gates , o presidente da Tesla Elon Musk e o ex-prefeito de Nova York Mike Bloomberg. De acordo com procurador dos Estados Unidos David Anderson, outras duas pessoas também foram acusadas do ataque. Além do menor de idade, estão sendo acusados um homem de 19 anos do Reino Unido, e outro de 22 anos de Orlando, na Flórida. O menor foi preso na cidade de Tampa, na Flórida, depois de uma investigação conduzida por investigadores federais e estaduais.

Padrasto é preso suspeito de matar garoto que foi afogado em lama , em Goiânia. O padrasto e um colega, acusado de auxiliar as agressões, foram presos na tarde desta sexta-feira. Hian Alves de Oliveira, de 18 anos , filho adotivo do pastor que mora na mesma rua que a família de Danilo, foi

Опубликовано: 13 апр. 2018 г. Padrasto é acusado de estuprar enteada de 7 anos . O crime teria acontecido em janeiro deste ano . Padrasto é preso por estuprar irmãs de 12 e 14 anos e as engravidar - Продолжительность: 5:27 TV Guaporei - Record Pontes e Lacerda 173 953 просмотра.

  Padrasto é preso acusado de afogar enteado de 7 anos na lama © reprodução/TV Anhanguera

Nesta sexta-feira, 31, a Polícia Civil de Goiá prendeu dois suspeitos de terem assassinado o menino Danilo Sousa Silva, de apenas 7 anos de idade. O corpo da criança foi encontrado na última segunda-feira, 27, submerso em lama em Goiânia.

Um dos presos é o padrasto do menino, Reginaldo Lima Santos, que afirmou ser “inocente” e “vítima de uma armação”. O outro é um conhecido da família, Hian Alves de Oliveira, de 18 anos, que confessou ter ajudado no crime, segundo informou a polícia.

Líder religioso da Coreia do Sul é preso por sabotar combate ao coronavírus

  Líder religioso da Coreia do Sul é preso por sabotar combate ao coronavírus O líder de uma seita religiosa da Coreia do Sul foi preso neste sábado (1) por supostamente sabotar os esforços do govenro para conter a pandemia de coronavírus. Ele foi preso no início deste sábado "depois que o Tribunal do Distrito de Suwon concedeu um mandato de prisão às 1:20 (horário local)", disse um porta-voz do tribunal à AFP. Até 19 de julho, mais de 5.200 coreanos relacionados à seita foram infectados com coronavírus, 38% de todos os casos confirmados no país, de acordo com o centro coreano de controle e prevenção de doenças.

1 de 4 Padrasto é suspeito como suspeito da morte de Danilo Sousa, de 7 anos , em Goiânia — Foto: Reprodução/TV Anhanguera. De acordo com a Polícia Civil, o padrasto sentia aversão à criança e teria cometido o crime por diversos desentendimentos anteriores com o menino. Asfixiado na lama .

As crianças com idades entre sete e doze anos foram encaminhadas a um abrigo pelo conselho tutelar do município O acusado foi preso e está na delegacia

Danilo desapareceu no dia 21 de julho. Conforme relatos de familiares, ele teria saído de casa, no Parque Santa Rita, bairro da periferia de Goiânia, dizendo que iria para a casa da avó. Seis dias depois, as buscas realizadas por equipes da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) encontraram o corpo do garoto em um lamaçal, numa mata que fica a 100 metros da casa onde ele morava.

Os peritos que analisaram o corpo da criança observaram, de imediato, as características de assassinato, e o caso foi encaminhado para a Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH), que criou uma força-tarefa para desvendar o ocorrido. Os laudos indicaram que Danilo morreu asfixiado, ao inalar a lama e a água do local onde foi encontrado, mas destacaram também a presença de ferimentos ocasionados por pauladas, inclusive o deslocamento do crânio.

Violência infantil: saiba identificar os sinais e como denunciar

Meninos e meninas são expostas a inúmero tipos de violência infantil no mundo todo. As violências e os acidentes são as maiores causas das mortes de crianças, adolescentes e jovens de 1 a 19 anos, no Brasil.

O país é líder no ranking de violência infantil da América Latina. No recorte nacional, três em cada dez pessoas conhecem pessoalmente uma criança que já sofreu violência.

Veja aqui como denunciar.

RJ: Homem é preso após agredir companheira, trancá-la em um quarto e a ameaçar com motosserra .
Ele ainda planejava assassinar e esquartejar um homem que teria trocado mensagens por aplicativo com a esposa © Fornecido por RedeTV! (Foto: Marcos Santos/USP) Um homem foi preso na segunda-feira (3) acusado de torturar e ameaçar a companheira em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro. Detido no bairro Vila Leopoldina, os policiais encontraram com ele um machado, duas motosserras e quatro estojos de munições já deflagradas. A vítima, que ficou presa em um quarto, conseguiu avisar as autoridades com a ajuda de um amigo.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 4
Isto é interessante!