Mundo Mortes por coronavírus na América Latina chegam a 200 mil

22:26  02 agosto  2020
22:26  02 agosto  2020 Fonte:   reuters.com

Como curva de mortes por covid-19 do Brasil se compara às de outros países

  Como curva de mortes por covid-19 do Brasil se compara às de outros países Diversos países discutem os temores de uma segunda onda de covid-19 mas há casos — como o do Brasil — em que a primeira onda ainda não acabou.E desde então o país não baixou mais a sua média diária de mortes — sempre oscilando próximo dessa marca de mil vítimas por dia.

(Reuters) - As mortes por coronavírus na América Latina chegaram, no sábado, a 200 mil pessoas, segundo a contagem da Reuters, que registrou números recordes no Brasil, Argentina e Colômbia.

A região é a mais afetada pelo vírus que surgiu na China no fim do ano passado e infectou mais de 17,8 milhões de pessoas, com mais de 680.000 mortes, ao redor do mundo. Os casos na América Latina se aproximam da marca de 5 milhões.

O Brasil é o país com mais mortos depois dos Estados Unidos, com 93.563, seguido pelo México, com 47.472. Peru, Colômbia e Chile também estão entre os 15 países com maior número de casos, segundo a contagem.

Nas últimas 24 horas, a América Latina registrou mais de 2.600 mortes e mais de 87.000 casos.

O Brasil teve um recorde diário de 1.595 mortes na quarta-feira, mesmo dia em que a Colômbia anotou outra marca inédita de 380 óbitos em 24 horas. Na quinta-feira, a Argentina marcou um recorde diário de 153 mortes.

(Reportagem de Daniela Desantis)

Pandemia arrasa continente americano e se espalha pela Índia e África .
A pandemia da COVID-19 continua a arrasar o continente americano e a se espalhar por todo o planeta, com o anúncio, nesta sexta-feira (7), da Índia de que superou dois milhões de casos, e os milhões de contágios já registrados em África. Depois de vários meses para atingir um milhão de infecções, levou apenas três semanas para a Índia dobrar o número de casos, de acordo com dados do ministério da Saúde. É o terceiro país do mundo a exceder esse limite, depois dos Estados Unidos e Brasil.  © JOAQUIN SARMIENTO Músicos da Orquesta Filarmônica de Medellín, na Colômbia, tocam em frente a um hospital O gigante do sul da Ásia registra até o momento 41.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 1
Isto é interessante!