Mundo Minério de ferro salta na China por demanda e preocupação com produção da Vale

14:26  04 agosto  2020
14:26  04 agosto  2020 Fonte:   reuters.com

Importações de soja brasileira pela China batem recorde em junho

  Importações de soja brasileira pela China batem recorde em junho Importações de soja brasileira pela China batem recorde em junhoPrincipal comprador de soja do mundo, a China importou 10,51 milhões de toneladas da oleaginosa do Brasil em junho, 91% a mais do que os 5,5 milhões de toneladas no ano anterior, mostraram dados da Administração Geral das Alfândegas. Os números de junho também cresceram 18,6% em relação às importações de maio, para 8,86 milhões de toneladas.

O minério de ferro em Dalian havia recuado 11,3% entre segunda e quarta-feira, por preocupações com a demanda na China , principal importadora, em meio à epidemia do coronavírus no país. " O surto de coronavírus vai prejudicar o crescimento econômico da China neste ano, mas a escala desse

Os futuros do minério de ferro na China dispararam nesta segunda-feira (8), marcando o maior ganho percentual indradiário desde julho de 2019, à medida que as preocupações com a oferta aumentaram após a brasileira Vale ter informado a interdição judicial de um complexo de minas devido a casos de

Por Enrico Dela Cruz

MANILA (Reuters) - Os futuros do minério de ferro na China ampliaram ganhos nesta terça-feira, devido a um otimismo sobre as perspectivas de recuperação da economia no país, maior produtor e consumidor global de aço, e com investidores questionando a capacidade da mineradora brasileira Vale de aumentar sua produção do material.

O contrato mais negociado do minério de ferro na bolsa de commodities de Dalian, para entrega em setembro, encerrou a sessão do dia com alta de 3,3%, a 890 iuanes (127,45 dólares) por tonelada.

Compras chinesas de minério da Índia no maior nível em 8 anos

  Compras chinesas de minério da Índia no maior nível em 8 anos As compras chinesas de minério de ferro da Índia atingiram o maior nível em oito anos no primeiro semestre, impulsionadas por choques de oferta de grandes produtores e produção recorde de aço na maior fabricante mundial da matéria-prima. Os embarques de minério da Índia mais do que dobraram, para 20 milhões de toneladas nos seis meses até junho em relação ao ano anterior, segundo dados alfandegários da China. Também foi o volume mais alto desde o primeiro semestre de 2012, quando o país do sul da Ásia embarcou 27,8 milhões de toneladas.

O contrato de minério de ferro mais negociado na bolsa chinesa fechou em queda de 0,4%, para 826 iuanes (118,06 dólares) por tonelada, mas subiu 4,5% na semana. " A forte demanda de importação da China e a oferta ainda baixa do Brasil após o rompimento da barragem do Vale (SA: VALE 3)

PEQUIM (Reuters) - Os contratos futuros de referência do minério de ferro na China fecharam em alta nesta quinta-feira, ajudados por uma maior demanda para recomposição de estoques à medida que usinas siderúrgicas aumentam compras antes do feriado de Dia do Trabalho na próxima semana.

O contrato de referência na bolsa de Cingapura, para setembro, subiu 0,9% na sessão da tarde.

Os preços físicos na China também continuaram a subir, com os finos de minério de ferro australiano 62% tocando máxima de um ano de 891 iuanes por tonelada na segunda-feira.

Dados positivos sobre a indústria chinesa em julho "geraram esperanças de uma recuperação econômica mais substancial e demanda saudável pela matéria-prima", disseram estrategistas de commodities da ING em nota.

Algumas siderúrgicas chinesas retomaram operações após paralisações causadas por inundações no mês passado, o que aumenta a demanda por minério de ferro, acrescentaram.

Questões associadas à oferta também seguem influenciando os preços, disse o estrategista de commodities da ANZ, Daniel Hynes.

"Preocupações sobre as crescentes infecções (por coronavírus) no Brasil ainda estão elevadas, com muitos investidores questionando se a Vale será capaz de aumentar a produção no segundo semestre", disse ele.

No aço, o vergalhão para construção na bolsa de Xangai fechou em alta de 0,8%.

Demanda da China impulsiona exportações alemãs e recuperação da produção .
Demanda da China impulsiona exportações alemãs e recuperação da produçãoA produção industrial da maior economia da Europa cresceu 8,9% no mês, impulsionada em parte por um salto de 14,9% nas exportações -- o maior ganho mensal em quase 30 anos.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 8
Isto é interessante!