Mundo Ao menos 137 mortos e 5.000 feridos em explosões de Beirute

12:50  06 agosto  2020
12:50  06 agosto  2020 Fonte:   msn.com

++ Ministro fala em centenas de feridos em explosões em Beirute ++

  ++ Ministro fala em centenas de feridos em explosões em Beirute ++ Vídeos nas redes sociais mostram vítimas próximas ao local    Imagens nas redes sociais já mostram diversas vítimas próximas ao local da explosão, mas ainda não há confirmação de mortos até o momento. As agências de notícias libanesas confirmam, ao menos, 10 mortes.

As violentas explosões que abalaram Beirute provocaram 137 mortos e mais de 5 . 000 feridos , enquanto pelo menos 100 As enormes explosões , que as autoridades dizem ter sido causadas por um incêndio num armazém que abrigava uma grande quantidade de nitrato de amónio no porto de

Mais de uma centena de pessoas morreram e mais de 4.000 ficaram feridas nas duas violentas explosões que sacudiram na terça-feira o porto de Beirute , capital do © AFP via Getty Images S serviços de salvamento continuam à procura de sobreviventes e mortos no meio dos escombros.

O porto de Beirute devastado pelas explosões de 4 de agosto de 2020 © JOSEPH EID O porto de Beirute devastado pelas explosões de 4 de agosto de 2020

As explosões que devastaram Beirute na terça-feira deixaram pelo menos 137 mortos e dezenas de pessoas continua desaparecidas, anunciou nesta quinta-feira à o porta-voz do ministério da Saúde do Líbano.

"Até o momento o balanço é de mais de 137 mortos e mais de 5.000 feridos", afirmou Rida Moussaoui. Os números devem ser atualizados nas próximas horas.

As enormes explosões, provocadas segundo as autoridades por um incêndio em um depósito que armazenava uma grande quantidade de nitrato de amônio no porto de Beirute, deixou quase 300.000 desabrigados na capital libanesa.

at/bfi/mar/zm

Trump e Macron chegam a acordo para levar ajuda imediata ao Líbano .
Eles também "expressaram profunda tristeza pela perda de vidas e devastação em Beirute", capital do Líbano.De acordo com um comunicado da Casa Branca, os dois líderes concordaram durante uma conversa telefônica "em trabalhar junto com parceiros internacionais para fornecer assistência imediata ao povo libanês".

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 1
Isto é interessante!