Mundo Reino Unido registra 4.322 novas infecções e 27 mortes

01:03  19 setembro  2020
01:03  19 setembro  2020 Fonte:   noticiasaominuto.com.br

Inglaterra vai multar em até R$ 70 mil quem testar positivo para covid-19 e não se isolar

  Inglaterra vai multar em até R$ 70 mil quem testar positivo para covid-19 e não se isolar Governo britânico espera que regra seja replicada em outras nações que formam o país, como País de Gales, Escócia e Irlanda do Norte; Reino Unido enfrenta 'segunda onda' do coronavírus, disse primeiro-ministro.Segundo ele, o país estava enfrentando um "ponto de inflexão e nós temos escolha".

O total acumulado desde o início da pandemia da covid-19 no Reino Unido passou hoje para 385.936 de casos de contágio confirmados. © DR O total acumulado desde o início da pandemia da covid-19 no Reino Unido passou hoje para 385.936 de casos de contágio confirmados.

O Reino Unido registrou 4.322 novas infecções e 27 mortes devido à covid-19 nas últimas 24 horas, segundo o ministério da Saúde britânico, que hoje anunciou mais restrições em parte de Inglaterra.

Na quinta-feira tinham sido contabilizadas 3.395 novas infecções e 21 mortes.

O total acumulado desde o início da pandemia da covid-19 no Reino Unido passou hoje para 385.936 de casos de contágio confirmados e para 41.732 óbitos num período de 28 dias após um teste positivo.

Brasil registra mais 836 mortes por covid-19 e total ultrapassa 138 mil

  Brasil registra mais 836 mortes por covid-19 e total ultrapassa 138 mil 33. 536 casos em 24 horas. São 4. 591. 604 infectadosA pasta também identificou 4.591.604 casos da covid-19, acréscimo de 33.536 em 24 horas.

A direção geral de Saúde de Inglaterra estima que o índice de transmissibilidade efetivo (Rt) se encontre entre 1,1 e 1,4, acima do nível máximo de 1 considerado seguro.

Isto levou ao anúncio de restrições mais apertadas para as regiões de Lancashire, Merseyside e West Yorkshire, no norte de Inglaterra, e partes do centro do país devido ao aumento significativo de casos.

Esta manhã o ministro da Saúde britânico, Matt Hancock, admitiu que o Governo conservador não descarta decretar um segundo confinamento nacional para conter a pandemia covid-19, embora considere esta opção um "último recurso".

"Não quero que isso aconteça", e para evitá-lo é importante que "as pessoas se unam e reconheçam que estamos diante de um desafio sério", afirmou à BBC.

Novas regras anti-Covid no Reino Unido durarão 6 meses, diz Johnson

  Novas regras anti-Covid no Reino Unido durarão 6 meses, diz Johnson Medidas vão tentar conter número de casos e de internaçõesEntre as novas regras, está o limite de horário de funcionamento às 22h para bares, restaurantes e pubs de todo o Reino Unido - atualmente, a regra vale apenas para algumas áreas de alta transmissão -, a proibição de mais de 15 convidados em casamentos, a volta do incentivo para que as pessoas trabalhem de suas residências, a obrigação do uso de máscaras em locais em que ainda não é obrigatório (como no caso dos táxis, por exemplo), e a introdução de controles rígidos sobre o máximo de seis pessoas em contatos sociais.

A estação pública  noticiou hoje que o Executivo britânico está avaliando a imposição de novas restrições em toda a Inglaterra na próxima semana, que incluiriam o encerramento de bares e restaurantes, mas mantendo escolas e locais de trabalho continuem abertos, devido ao aumento exponencial de infecções nos últimos dias.

Segundo a BBC, o diretor geral de saúde e o principal assessor científico do governo alertaram, numa reunião na quarta-feira, para o risco de um agravamento da situação epidêmica e um número significativo de mortes até o final de outubro se não forem feitas mais intervenções.

O jornal Financial Times adianta que uma hipótese sugerida por cientistas que aconselham o governo é decretar um confinamento mais curto para coincidir com as férias escolares intercalares da última semana de outubro, limitando assim o impacto no ensino.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 946.727 mortos e mais de 30,2 milhões de casos de infecção em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Brasil ultrapassa 4,7 milhões de casos confirmados de covid-19 .
Brasil ultrapassa 4,7 milhões de casos confirmados de covid-19A pasta também identificou 4.717.991 casos da covid-19, acréscimo de 28.378 em 24 horas.

usr: 1
Isto é interessante!