Mundo 'Apadrinhado' por Rubens Barrichello, piloto pernambucano sonha com futuro na Fórmula Indy

14:36  21 setembro  2020
14:36  21 setembro  2020 Fonte:   estadao.com.br

Penske acerta com McLaughlin no quarto carro na final da temporada em St. Pete

  Penske acerta com McLaughlin no quarto carro na final da temporada em St. Pete Após longa espera, Scott McLaughlin finalmente vai estrear na Indy em 2020. O piloto neozelandês, atual bicampeão do Supercars, ganhou oportunidade para correr pela Penske na última etapa do ano, em St. PAtual bicampeão e também líder da tabela de pontos do Supercars, torneio de carros turismo na Austrália e na Nova Zelândia, McLaughlin tinha sua estreia na Indy prevista para a etapa no misto de Indianápolis, no início de maio. Com a pandemia de Covid-19, no entanto, o campeonato foi adiado, assim como os compromissos do piloto de 27 anos.

O pernambucano Kiko Porto, de 17 anos, traçou um objetivo na carreira diferente dos demais pilotos da sua idade. O sonho de correr em circuitos ovais, de disputar a Fórmula Indy e de repetir o sucesso de Quando desembarca em Orlando, Kiko se torna hóspede de Rubens Barrichello .

Rubens Gonçalves Barrichello (São Paulo, 23 de maio de 1972) é um automobilista brasileiro de Fórmula 1 que disputou de maneira ininterrupta o campeonato mundial entre os anos de 1993 e 2011, tendo se tornado o piloto mais experiente da história desta categoria.

O pernambucano Kiko Porto, de 17 anos, traçou um objetivo na carreira diferente dos demais pilotos da sua idade. Em vez de sonhar com a carreira europeia e a rota para chegar à Fórmula 1, o recifense escolheu seguir para o automobilismo americano. O sonho de correr em circuitos ovais, de disputar a Fórmula Indy e de repetir o sucesso de nomes como Tony Kanaan e Hélio Castroneves tem como um grande incentivador um dos grandes nomes do automobilismo brasileiro: Rubens Barrichello.

ESPN segue avaliando contratos de talentos e acerta renovação de mais um comentarista

  ESPN segue avaliando contratos de talentos e acerta renovação de mais um comentarista Um dos principais nomes do automobilismo no canal, Victor Martins deve ser mais utilizado com chegada de novas atrações automobilísticas ao canalEm processo de avaliação de contratos, a Disney forma um projeto de reestruturação dos talentos de ESPN e Fox Sports. Não só em questão de conteúdo, mas uma das principais questões são as financeiras. Sempre priorizando a austeridade econômica, a empresa quer reduzir altos salários e dispensar nomes que não sejam vistos como necessários.

Confira no UOL Esporte o desempenho, a classificação e os dados do piloto de Fórmula 1 Rubens Barrichello e acompanhe a cobertura completa da F1 2009. Pilotos e Equipes. Rubens Barrichello . Ficha Técnica. Nome completo. Fale com UOL Esporte.

Primeiros testes de Rubens Barrichello na Indy , pilotando o DW-12 da Dallara com motor Chevrolet da equipe KV Racing de Jimmy Vasser que será pilotado este

Kiko disputa neste ano a USF2000, categoria de acesso considerada nos Estados Unidos o antepenúltimo degrau antes de chegar à Fórmula Indy. Enquanto aguarda a possível oportunidade de nos próximos anos avançar para as disputas da Indy Pro e, por fim, a Indy Lights, o garoto de 17 anos concilia a rotina entre o Recife e Orlando, na Flórida, para onde costuma ir quando tem compromissos.

Kiko Porto, de 17 anos, sonha com carreira no automobilismo americano © Chris Bucher/Divulgação Kiko Porto, de 17 anos, sonha com carreira no automobilismo americano

Quando desembarca em Orlando, Kiko se torna hóspede de Rubens Barrichello. O recifense tem como melhor amigo e companheiro de equipe na USF2000 o filho mais velho de Rubinho, Eduardo, de 18 anos. Os dois garotos se conheceram em 2014. "O Dudu Barrichello é meu irmão do coração. E o Rubinho é um dos caras que mais admiro, me ajuda demais com dicas. Quando eu saio jantar com eles, é um aprendizado. Tudo o que o Rubinho fala é uma fórmula secreta. Se você ouvir e aplicar o ensinamento, vai dar certo", disse Kiko ao Estadão.

Bruno Senna e Rubens Barrichello receberam homenagem em 2010

  Bruno Senna e Rubens Barrichello receberam homenagem em 2010 A série Imagens Históricas do Capacete de Ouro traz uma foto da homenagem à Rubens Barrichello e Bruno Senna na edição de 2010. Barrichello havia chegado naquele ano à marca de 300 GPs disputados na F1 na corrida da Bélgica, e caminhava para o seu recorde de 326 GPs (322 largadas). Já Bruno representou seu … Continued O post Bruno Senna e Rubens Barrichello receberam homenagem em 2010 apareceu primeiro em Racing Online.

# Barrichello #USF2000 # Indy . No GP às 10 natalino desta quarta-feira (25), Felipe Noronha entrevista Dudu # Barrichello na Granja Viana, e o jovem de 18 anos comenta sua continuidade na #USF2000, base da # Indy .

‘ Apadrinhado ’ por Barrichello , piloto pernambucano sonha com futuro na Indy . Como foi o casamento entre o trabalho de Jackson com o material novo trazido pela Barca? Foi um certo problema, porque gostamos de compor, mas levantamos, numa pesquisa de Alfredo Del-Penho, mais

O jovem piloto demonstrou ter assimilado bem todas essas instruções no início deste mês. Em corrida disputada no circuito misto de Indianápolis, Kiko conseguiu duas poles positions e três pódios nas três provas realizadas. E em uma das poles, Kiko bateu o recorde da pista. Mesmo sem ter disputado todas as provas do campeonato, o pernambucano é o terceiro melhor entre os novatos.

Kiko Porto junto com Eduardo Barrichello em Indianápolis © Chris Bucher/Divulgação Kiko Porto junto com Eduardo Barrichello em Indianápolis

A chegada de Kiko ao automobilismo americano foi em 2018, após ter iniciado no kart em 2011 com brincadeiras em pistas indoor do Recife. Títulos estaduais em Pernambuco e na Paraíba levaram o garoto a decidir apostar na carreira no exterior. Após analisar se era melhor ir para a Europa ou para os Estados Unidos, não restou muita dúvida. "O preço foi o principal motivo. Para correr na Europa e se chegar à Fórmula 1, você pode ter de investir mais de R$ 40 milhões. Nos Estados Unidos além de ser mais barato, as equipes abrem mais as portas e valorizam mais os novatos", explicou.

Pontos, punição injusta e ausência: o GP da Toscana dos brasileiros da Fórmula 2 e Fórmula 3

  Pontos, punição injusta e ausência: o GP da Toscana dos brasileiros da Fórmula 2 e Fórmula 3 Felipe Drugovich e Enzo Fittipaldi foram os grandes destaques das categorias de suporte da Fórmula 1 na Toscana. Igor Fraga não correuPiloto da MP Motorsport na Fórmula 2, Drugovich brigou por pódio na corrida 1 do fim de semana, fechando no quarto lugar. Ele não repetiu o bom desempenho no domingo, com 15º, mas os pontos foram suficientes para recolocá-lo no top-10 do campeonato.

Aos 46 anos, Rubens Barrichello fala pela primeira vez de sua separação, após 22 anos ao lado de Silvana Giaffone, com quem teve dois meninos (quatorze e

Rubens Barrichello , ex- piloto de Fórmula 1, brilha na nova campanha criada pela NEOGAMA/BBH para divulgar a promoção "Girou, Ligou, Ganhou", sucesso nos

Segundo as estimativas de Kiko, uma das grandes diferenças de preço entre correr nos Estados Unidos ou na Europa está no próximo passo dele após se destacar na categoria atual. Para se disputar a IndyPro, o custo médio da temporada pode chegar a R$ 3 milhões. O degrau equivalente na Europa, a Fórmula 3, exigiria um aporte bem maior, ao atingir até a R$ 10 milhões por uma temporada.

Kiko Porto bateu recentemente o recorde de melhor pole da história do circuito misto de Indianápolis © Chris Bucher/Divulgação Kiko Porto bateu recentemente o recorde de melhor pole da história do circuito misto de Indianápolis

"Quando a gente é mais novo, só pensa na Fórmula 1. Mas quando se analisa melhor, tem muitas opções no mundo. Sou uma pessoa aberta. O que aparecer de oportunidade, vou agarrar", disse. "O nível nos Estados Unidos tem aumentado porque pelo preço, tem vindo muito mais gente para cá. Por aqui você pode ser piloto da Indy, a segunda maior categoria do mundo, ou disputar outras também", comentou.

O preparo como piloto tem exigido empenho de Kiko para as atividades e até se ambientar com a condição de que o melhor amigo e filho do principal conselheiro pode ser um rival. "Teve uma corrida que na pista tive um toque com o Dudu. Na hora da disputa eu não posso pensar com quem estou disputando. Mas somos bem maduros e conseguimos separar. No fim de tudo a gente nem se lembrava disso depois. Ainda fomos jantar juntos com o Rubens depois de tudo isso", contou.

Uma publicação compartilhada por KIKO PORTO (@kikoporto_12) em 3 de Set, 2020 às 6:13 PDT

Sem Luciano, Diniz busca substituto no ataque e não descarta ninguém .
Na quarta, o São Paulo decide sua permanência na Libertadores e não terá o artilheiro Luciano - suspenso. Treinador deixa todos os atacantes do elenco na briga pela vagaTABELA

usr: 3
Isto é interessante!