Mundo Supremo confirma condenação de presidente do Parlamento catalão

18:42  28 setembro  2020
18:42  28 setembro  2020 Fonte:   ansabrasil.com.br

Presidente da Fifa confirma que Mundial de Clubes não será realizado em 2020

  Presidente da Fifa confirma que Mundial de Clubes não será realizado em 2020 Em congresso realizado pela entidade máxima do futebol, Gianni Infantino afirmou que há conversas com o Qatar para realizar o torneio no ano que vem- Algumas confederações não terminam seus torneios continentais neste ano, então não é possível manter o plano original. Estamos conversando com o Catar sobre fazer no início do próximo ano. Algumas situações são mais importantes que o futebol, como a saúde, temos que levar isso em consideração - disse.

(ANSA) - O Supremo Tribunal da Espanha confirmou a condenação por desobediência contra o presidente do Parlamento da Catalunha, Quim Torra, nesta segunda-feira (28). Com isso, o político precisará ficar 18 meses afastado de qualquer cargo público no país.

Durante o período eleitoral, Torra se negou a retirar da Generalitat faixas que demonstravam apoio aos políticos catalães que defendem a independência e que estão presos por ordem da Justiça de Madri. O político ainda terá que pagar 30 mil euros de multa.

Southampton rejeita proposta do Tottenham por Danny Ings

  Southampton rejeita proposta do Tottenham por Danny Ings José Mourinho procura um atacante para substituir Harry Kane nos SpursIngs é uma das prioridades para os Spurs, mas uma negociação complicada. Sua grande temporada, com 25 gols marcados, fizeram dele um jogador muito valioso e o Southampton não deseja liberá-lo. Ele tem contrato até 2022 e a ideia do clube é estender ainda mais o vínculo.

Na sentença, os magistrados afirmaram que Torra "repetida e obstinadamente desobedeceu" as ordens do Conselho Eleitoral Central para retirar alguns símbolos dos edifícios públicos do Parlamento catalão durante as eleições gerais de 28 de abril de 2019. O Conselho informou, à época, que a neutralidade solicitada à administração pública foi violada.

Com a decisão, a região agora vive o fim antecipado da legislatura atual, com eleições que devem ser realizadas entre 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021. No entanto, enquanto o Tribunal Superior da Catalunha, que julgou em primeira instância, não executar a sentença, Torra continua no governo.

(ANSA).

Tribunal Supremo espanhol ratifica inabilitação do presidente catalão .
O Tribunal Supremo espanhol confirmou nesta segunda-feira (28) a inabilitação por desobediência do presidente catalão, o separatista Quim Torra, uma decisão que levará a sua destituição e pode provocar uma crise política nesta região em plena pandemia. O líder catalão, no cargo desde maio de 2018, recorreu ao tribunal após ser condenado em primeira instância em Barcelona a um ano e meio de inabilitação por resistir a retirar uma faixa com lemas separatistas da sede de seu governo, conforme ordenado pela Junta Eleitoral.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 1
Isto é interessante!