Mundo Wall St recua com aumento de casos de coronavírus e esperanças menores de estímulo nos eua

17:11  26 outubro  2020
17:11  26 outubro  2020 Fonte:   reuters.com

Dow Jones e S&P avançam conforme cronograma sobre vacina entra em foco

  Dow Jones e S&P avançam conforme cronograma sobre vacina entra em foco Dow Jones e S&P avançam conforme cronograma sobre vacina entra em focoNOVA YORK (Reuters) - O S&P 500 avançou nesta sexta-feira, à medida que uma maior clareza em relação ao cronograma para o desenvolvimento de uma vacina contra o coronavírus e dados de vendas no varejo muito melhores do que o esperado trouxeram os compradores de volta aos mercados acionários.

Por Medha Singh e Shivani Kumaresan

. © Reuters/Brendan McDermid .

(Reuters) - As ações dos Estados Unidos caíam acentuadamente nesta segunda-feira, com o aumento de casos de coronavírus e um impasse em Washington sobre o próximo projeto de ajuda fiscal obscurecendo as perspectivas econômicas em meio à corrida até as eleições presidenciais de 3 de novembro.

As novas infecções atingiram níveis recordes nos Estados Unidos, com a cidade de El Paso, no Texas, pedindo aos cidadãos que permaneçam em casa nas próximas duas semanas. Na Europa, Itália e Espanha impuseram novas restrições.

Ações relacionadas a viagens, que são vulneráveis às restrições relacionadas à Covid-19, incluindo American Airlines, United Airlines Holdings e Booking Holdings, caíam entre 3% e 4,5%.

Restrições pandêmicas pressionam mercados

  Restrições pandêmicas pressionam mercados Restrições pandêmicas pressionam mercados(Reuters) - As ações europeias fecharam em queda nesta segunda-feira, com os casos crescentes de Covid-19 levantando a possibilidade de novas restrições econômicas, o que compensava o otimismo fornecido por sinais de progresso nas negociações de um acordo comercial do Brexit e esperanças de estímulo fiscal nos Estados Unidos.

Todos os principais setores do S&P eram negociados em baixa, com ações economicamente sensíveis, como as de energia, industriais e financeiras, registrando as maiores quedas percentuais.

A presidente da Câmara dos EUA, Nancy Pelosi, disse no domingo que o governo Trump estava analisando a última proposta de alívio em resposta à Covid-19 e que espera uma resposta nesta segunda-feira.

Às 11:18 (horário de Brasília), o índice Dow Jones caía 1,31%, a 27.965 pontos, enquanto o S&P 500 perdia 0,893983%, a 3.434 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuava 0,06%, a 11.542 pontos.

Wall Street se recupera, impulsionada por tecnologia e PIB americano .
A bolsa de Nova York recuperou terreno nesta quinta-feira (29) com a alta das grandes empresas no setor tecnológico e dados do crescimento do PIB nos Estados Unidos, após um dia difícil na véspera. O índice principal, Dow Jones, fechou em alta de 0,52%, a 26.659,11 pontos, e o tecnológico Nasdaq, 1,64%, a 11.185,59 pontos. Enquanto isso, o índice ampliado S&P 500 subiu 1,19%, a 3.310,11 pontos. Na quarta-feira, Wall Street teve seu pior dia desde junho, com o Dow Jones fechando em queda de 3,43% e o Nasdaq, em baixa de 3,73%. O crescimento dos Estados Unidos no terceiro trimestre motivou os investidores.

usr: 5
Isto é interessante!