Mundo Italianos protestam contra restrições impostas devido ao coronavírus

02:20  27 outubro  2020
02:20  27 outubro  2020 Fonte:   reuters.com

Chile pode ter a primeira Constituição construída de maneira igualitária

  Chile pode ter a primeira Constituição construída de maneira igualitária As mulheres chilenas terão pela primeira vez a possibilidade de redigir uma nova Constituição com igualdade numérica, caso uma "Convenção Constituinte" seja aprovada com a vitória da opção "Aprovo" no referendo do próximo domingo no Chile. Os chilenos também podem escolher, caso vença a opção de redigir a nova Constituição, uma Convenção Mista, composta em partes iguais por parlamentares em atividade e constituintes eleitos para a ocasião. Esse órgão, no entanto, não garante a paridade.

Os casamentos só podem ser realizados com poucos convidados, sem buffet e todos devem usar máscaras.

Os casamentos só podem ser realizados com poucos convidados, sem buffet e todos devem usar máscaras.

Por Crispian Balmer

Manifestantes protestam em Turim contra restrições impostas pelo governo devido ao coronavírus © Reuters/MASSIMO PINCA Manifestantes protestam em Turim contra restrições impostas pelo governo devido ao coronavírus

TURIM, Itália (Reuters) - Italianos protestaram por diversas cidades do país nesta segunda-feira contra uma nova rodada de restrições impostas pelo governo com o objetivo de conter a segunda onda de infecções pelo coronavírus, e episódios de violência foram registrados nas duas maiores cidades da região norte, Milão e Turim.

Testemunhas disseram que algumas lojas de luxo, incluindo uma da grife Gucci, foram saqueadas no centro de Turim após multidões de jovens tomarem as ruas depois do anoitecer, disparando fogos de artifício e acendendo sinalizadores coloridos.

Mais restrições em um mundo de joelhos diante do coronavírus

  Mais restrições em um mundo de joelhos diante do coronavírus O coronavírus continua colocando o mundo de joelhos, forçando a Europa a aumentar as restrições para conter infecções, enquanto a Argentina ultrapassa um milhão de casos apesar do confinamento. Com pelo menos 40,5 milhões de infecções e 1,1 milhão de mortes no mundo, a pandemia de covid-19 não mostra sinais de remissão, apesar das crescentes restrições que buscam conter sua propagação com alto custo econômico e social. Entre os países mais atingidos, o Peru apresenta a maior taxa de mortalidade, com 103 mortes por 100.000 habitantes, seguido de Bélgica (90), Bolívia (73) e Espanha (73).

Os casamentos só podem ser realizados com poucos convidados, sem buffet e todos devem usar máscaras. Inventor argentino cria tubo contra o coronavirus .

Os casamentos só podem ser realizados com poucos convidados, sem buffet e todos devem usar máscaras.

A polícia respondeu arremessando bombas de gás lacrimogêneo para tentar restaurar a ordem na cidade, que é capital da rica região de Piemonte.

Também houve conflitos em Milão, capital da região vizinha da Lombardia, uma área que sofreu grande parte do fardo da primeira onda da epidemia de Covid-19 na Itália.

"Liberdade, liberdade, liberdade", cantavam os manifestantes ao confrontarem a polícia no centro da cidade.

O governo italiano decretou o fechamento de bares e restaurantes às 18h e fechou academias, cinemas e piscinas públicas para tentar desacelerar a segunda onda de infecções do vírus que afeta grande parte do país.

Sanções internacionais aumentaram a pobreza na Venezuela, diz estudo .
Relatório aponta que sanções impostas ao país foram mais sentidas pela população, que ficou ainda mais pobre e desigual, e não cumpriram objetivo de derrubar Maduro. © Juan Carlos Hernandez/Zuma/picture-alliance Oito em cada dez venezuelanos vivem em profunda miséria Sanções internacionais impostas à Venezuela agravaram a pobreza e pioraram a qualidade de vida da população do país, sem atingir seu objetivo principal de derrubar o governo de Nicolás Maduro.

usr: 0
Isto é interessante!