Mundo CEO da Brookfield Asset aposta em reocupação de escritórios

21:20  29 outubro  2020
21:20  29 outubro  2020 Fonte:   bloomberg.com

Digitalização do trabalho durante pandemia pede reforço na segurança da informação

  Digitalização do trabalho durante pandemia pede reforço na segurança da informação Empresas que já tinham políticas sobre o tema por causa da transformação digital em curso desde antes da covid-19 investiram ainda mais"Quem ainda não tinha programas de compliance provavelmente está correndo atrás para implementá-los. Porque as empresas acabaram ficando mais expostas. É preciso intensificar as ações de compliance, aprimorar os processos de controle interno e fortalecer a comunicação, para que os colaboradores consigam receber essas informações", orienta.

(Bloomberg) -- A onda trabalhar em casa é exagerada e todos estarão de volta aos escritórios antes do imaginado. No clima de hoje, com a eleição presidencial nos EUA daqui a alguns dias, isso poderia ser uma declaração política.

Mas essa é a visão de Bruce Flatt, diretor-presidente da Brookfield Asset Management, que vai na contramão sobre a pandemia e uma justificativa de por que está pronto para gastar bilhões de dólares em imóveis nos próximos 18 meses.

O executivo descreve a fuga de famílias jovens para distritos longe dos centros urbanos como uma “anomalia” e as políticas de trabalho em casa permanentes, populares no Vale do Silício, como impraticáveis porque “as eficiências não estão nem perto” das oferecidas em um local de trabalho compartilhado. Na verdade, disse, empresas de tecnologia estão alugando ou comprando mais espaço no centro das cidades, não menos.

CEO da Roche alerta para expectativas muito altas por vacinas

  CEO da Roche alerta para expectativas muito altas por vacinas As esperanças de muitas pessoas em uma vacina rápida contra o coronavírus ainda são muito altas, alertou o diretor-presidente da Roche, Severin Schwan, que faz coro a líderes da indústria farmacêutica que tentam moderar as expectativas. É “completamente irreal” esperar que uma vacina contra a Covid-19 esteja amplamente disponível até o fim deste ano, e a maioria das pessoas provavelmente não terá acesso a uma injeção até o segundo semestre de 2021, disse Schwan em entrevista à Bloomberg TV.

Flatt - que administra cerca de US$ 200 bilhões em propriedades comerciais, incluindo dezenas de torres de escritórios - argumenta que as grandes cidades são resilientes: Londres sobreviveu à Blitz durante a Segunda Guerra Mundial, e Nova York se recuperou da gripe espanhola de 1918, dos ataques terroristas em 2001 e do furacão Sandy em 2012.

“As pessoas gostam de se associar com outras pessoas, gostam de estar na moda, onde há empregos, podem ir a pé para o trabalho, podem fazer todas as coisas que vêm junto com isso, e isso não vai parar”, disse Flatt em entrevista à Bloomberg. “Essas cidades não vão desaparecer.”

Flatt disse que inquilinos corporativos, em sua maioria, querem os funcionários em suas mesas. A Brookfield, como outras empresas com participação no setor imobiliário, foi um dos primeiros empregadores a reocupar escritórios em Manhattan ao trazer centenas de trabalhadores de volta a partir de junho.

Maquiagem de Marília Mendonça: saiba como copiar o visual da cantora!

  Maquiagem de Marília Mendonça: saiba como copiar o visual da cantora! Caixas contendo dezenas de papagaios contrabandeados foram apreendidas de um veículo a caminho de São Paulo, no domingo. Desde então, as aves foram levados para um abrigo de animais, onde agora estão sendo cuidadas por veterinários.

Planos de expansão

Com os casos Covid-19 em novo recordes nos EUA e aumentando no mundo todo, a confiança de Flatt em um retorno às normas pré-pandemia se destaca, e pode ser ilusória. Mas a Brookfield - que administra US$ 550 bilhões em imóveis, infraestrutura, energia renovável, private equity e crédito - historicamente ganhou dinheiro comprando o que outros precisam vender a preços de pechincha.

Brookfield Now Second in AUM to Blackstone © Bloomberg Brookfield Now Second in AUM to Blackstone

Cm cerca de US$ 80 bilhões de capital de balanço e reservas em fundos levantados com clientes da Brookfield, Flatt disse que espera que empresas e investidores se desfaçam de ativos que não podem mais pagar depois dos altos empréstimos para sobreviver às paralisações devido ao coronavírus. Os governos com déficits sem precedentes por causa dos gastos com estímulos irão acelerar as privatizações de ativos estatais.

Por enquanto, os mercados refletem uma visão mais pessimista. As ações da Brookfield caíram 30% desde o final de fevereiro, enquanto um índice de fundos de investimento imobiliário com propriedades nos EUA se desvalorizou quase 20%.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

©2020 Bloomberg L.P.

Fundador do Facebook teme onda de violência após eleições nos Estados Unidos .
O fundador e CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, expressou na quinta-feira sua preocupação com a possibilidade de uma onda de violência nos Estados Unidos após as eleições de 3 de novembro. No centro de Washington, vários edifícios e lojas começaram na quarta-feira a proteger portas e vitrines com a previsão de eventuais manifestações após a eleição de 3 de novembro. juj/ob/dg/rsr/fp"Eu estou preocupado que, com nossa nação tão dividida e os resultados das eleições potencialmente levando dias ou semanas para serem finalizados, exista o risco de distúrbios civis", disse Zuckerberg durante uma conferência com analistas sobre os resultados trimestrais de sua empresa.

usr: 2
Isto é interessante!