Mundo Empresas de cruzeiros fazem lobby nos EUA para retomar navegação

21:20  29 outubro  2020
21:20  29 outubro  2020 Fonte:   bloomberg.com

Fórum dos Leitores

  Fórum dos Leitores Cartas de leitores selecionadas pelo jornal O Estado de S. PauloMesmice

(Bloomberg) -- As maiores empresas de cruzeiros do mundo praticamente dobraram o número de lobistas enviados aos gabinetes do Congresso dos Estados Unidos e várias agências federais neste ano. Mas, na tentativa de retomar a navegação a partir de portos dos EUA, um de seus alvos mais eficazes tem sido a Casa Branca.

Uma ex-assessora da Força-Tarefa para o Coronavírus da Casa Branca disse que ela e outros assessores receberam uma série de ligações e e-mails de executivos de cruzeiros, como do lobista da Carnival. A mensagem era a seguinte: ajudem a suspender uma ordem de “proibição de navegação” dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA, que proibiu cruzeiros de passageiros nos portos dos EUA desde março.

O (quase) consenso da maconha

  O (quase) consenso da maconha Parlamentares de esquerda e direita se unem a militantes e pesquisadores pela aprovação do uso medicinal da cannabisO evento foi organizado pela Green Hub, uma consultoria e aceleradora de startups que atua no mercado da cannabis. Entre os palestrantes, além do ex-presidente, estavam o cientista Stevens Rehen, referência na pesquisa com cannabis, o advogado Emílio Figueiredo, responsável por importantes conquistas jurídicas para os defensores do uso medicinal da planta, o deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP), entre outros.

“Sempre que a ordem de proibição de navegação começava a surgir, as empresas de cruzeiros se envolviam”, disse Olivia Troye, que esteve envolvida nas discussões da força-tarefa sobre linhas de cruzeiro antes de deixar o governo em agosto. “As ligações começavam. Eles ligavam para todo mundo.”

Desde sua saída, Troye passou a endossar o candidato democrata à presidência Joe Biden e criticou a gestão do presidente Donald Trump para a pandemia de Covid-19 em um anúncio no mês passado para o grupo Republican Voters Against Trump. A secretária de imprensa da Casa Branca, Kayleigh McEnany, respondeu dizendo que Troye estava “descontente” porque foi demitida. Troye contesta isso.

Sua descrição do lobby do setor de cruzeiros, que é amplamente respaldada por divulgações federais e por outras pessoas que observaram a atividade, reflete o grau de influência que as empresas procuraram exercer desde que a Covid-19 paralisou suas operações nos Estados Unidos.

INEA divulga parecer técnico que breca licença ambiental de autódromo do Rio

  INEA divulga parecer técnico que breca licença ambiental de autódromo do Rio Em 192 páginas e com 47 pontos levantados nas considerações finais, o INEA não viu garantias na preservação da floresta do Camboatá e, assim, mantém o impedimento para que o autódromo na região de Deodoro tenha licença para realizar suas obrasA conclusão do parecer é assinada por cinco representantes do INEA — um engenheiro ambiental, uma arquiteta e urbanista, uma geógrafa, uma bióloga e uma engenheira florestal — e, na prática, barra o avanço do projeto.

No mês passado, o setor recebeu notícias animadoras: o vice-presidente Mike Pence vetou um plano do CDC de estender a ordem de proibição de navegação até fevereiro, de acordo com duas pessoas a par do assunto. Essa decisão foi informada anteriormente pelo site Axios.

A ordem deve expirar no sábado, e a força-tarefa, presidida por Pence, revisa os planos das empresas de cruzeiros para combater o coronavírus antes de decidir se permitirá a retomada do setor.

Carnival cruise ship © Photographer: Patrick T. Fallon/Bloomberg Carnival cruise ship

O cruzeiro Panorama da Carnival atracou em Long Beach, Califórnia, no início deste ano.

Fotógrafo: Patrick T. Fallon / Bloomberg

O gabinete de Pence não quis comentar para este artigo - inclusive sobre quando a força-tarefa poderia tomar uma decisão. Representantes de três das maiores empresas de cruzeiros - Carnival, Royal Caribbean Cruises e Norwegian Cruise Line - não quiseram comentar sobre suas atividades específicas de lobby.

Eleição Vasco 2020: 'Compromisso da minha administração. Não teremos salários atrasados', diz Julio Brant

  Eleição Vasco 2020: 'Compromisso da minha administração. Não teremos salários atrasados', diz Julio Brant Candidato da chapa 'Sempre Vasco' é o terceiro personagem da série de entrevistas do LANCE! com os postulantes a presidente do Vasco na eleição do próximo dia 7Por que ser presidente do Vasco?

“Terei uma conversa com qualquer pessoa que fale conosco sobre este assunto”, disse na quinta-feira Richard Fain, presidente do conselho e CEO da Royal Caribbean, quando questionado durante teleconferência com analistas se havia falado com a Casa Branca. “As conversas que tive são privadas e respeito a privacidade delas.”

A Cruise Lines International Association, ou Clia, também não quis discutir detalhes, mas o presidente da associação, Adam Goldstein, disse que o grupo tem “relações com muitos senadores, congressistas, governadores, prefeitos e outros”.

O CDC deixou claro na atualização mais recente da ordem que os cruzeiros estão longe de estarem protegidos da Covid. Até 28 de setembro, 124 navios de cruzeiro, ou 82% da frota dos EUA, haviam registrado surtos de Covid, com a morte de pelo menos 41 pessoas e 3.689 casos, segundo a ordem.

Recentemente, surtos de Covid ocorreram a bordo de navios que foram autorizados a navegar em outros países, apesar da “implementação de medidas para controlar a doença”, disse o CDC. Essas medidas incluíram a eliminação de buffets, limitação da capacidade dos navios a 50% e exigência de distanciamento social, segundo o relatório.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

©2020 Bloomberg L.P.

Sem Trump os EUA voltam a ser os EUA .
Sem Trump os EUA voltam a ser os EUA

usr: 0
Isto é interessante!