Mundo Morre o ensaísta português Eduardo Lourenço aos 97 anos

15:00  01 dezembro  2020
15:00  01 dezembro  2020 Fonte:   estadao.com.br

Trio volta a testar positivo para Covid-19 e desfalcará Santos nas oitavas da Libertadores

  Trio volta a testar positivo para Covid-19 e desfalcará Santos nas oitavas da Libertadores João Paulo, Madson e Sandry, que haviam tido resultado negativo para o novo coronavírus, na última quarta-feira (18), foram positivados nos exames desta sexta-feira (20)> Veja a classificação do Brasileirão e simule os próximos jogos

Eduardo Lourenço , um dos mais distintos ensaístas portugueses e pensadores do século XX. – “ O que eu faria sem escrever,” Declarou-me, aos 93, na feira do

Eduardo Lourenço de Faria GO SE • GCSE • GCIH • GCL (São Pedro de Rio Seco, Almeida, 23 de maio de 1923) é um professor e filósofo português . Tem uma biblioteca com o seu nome na Guarda. Oriundo de uma pequena aldeia da Beira Interior, é o mais velho dos sete filhos de Abílio de Faria

Professor, filósofo, escritor e crítico literário, o português Eduardo Lourenço morreu aos 97 anos. Um dos maiores nomes da literatura portuguesa e um dos principais intelectuais de seu país, Eduardo Lourenço foi reconhecido com o Prêmio Camões, o mais prestigioso da língua portuguesa, em 1996, e também com os prêmios Vergílio Ferreira e Pessoa.

Crítico literário de formação pluralista, que navegava por territórios como a filosofia, a literatura e a história, ele é autor de uma série de livros. Mitologia da Saudade foi sua primeira obra publicada no Brasil. Saiu em 1999, pela Companhia das Letras, e é um convite para conhecer a alma portuguesa.

China protesta e diz ser inaceitável ataque de Eduardo Bolsonaro

  China protesta e diz ser inaceitável ataque de Eduardo Bolsonaro Deputado fez acusação de espionagem. Disputa pelo 5G é o pano de fundo. Brasil pode arcar “com consequências”Na 2ª feira (23.nov), Eduardo afirmou que o Brasil apoia projeto comandado pelos Estados Unidos e “se afasta” da tecnologia chinesa. Depois, o congressista excluiu o tweet.

Ela comemorou seus 97 anos com um show de jongo em uma casa de samba na região portuária do Rio, arrancando Tia Maria nasceu em 1920, dez anos depois de sua mãe ter migrado de Minas Gerais para o Rio e se estabelecido na Serrinha, na periferia do Rio, que na época era uma área rural.

O espólio do ensaísta português Eduardo Lourenço , que inclui milhares de documentos, como manuscritos inéditos e correspondência, foi adquirido pela Biblioteca Nacional, revelou hoje a Secretaria de Estado da Cultura (SEC). "Trata-se de um bem cultural fundamental para a

O ensaísta português Eduardo Lourenço em São Paulo, em 2000. © Kathia Tamanaha/Estadão O ensaísta português Eduardo Lourenço em São Paulo, em 2000.

Em 2001, a editora lançou A Nau de Ícaro, uma coletânea de 20 textos em que ele reflete sobre os complexos laços que unem e afastam brasileiros e portugueses - uma relação pautada pelo ressentimento e delírio.

Eduardo Lourenço foi professor de Filosofia na Universidade da Bahia por um ano, a partir de 1958. Em entrevista concedida a Rui Moreira Leite em 2009 e publicada em seu site, ele conta que foi aqui, nesta estadia, que começou a se interessar pelo tema do império e da colonização. “E no fundo foi aqui que nasceu a ideia de que não se podia ter uma leitura da história portuguesa, da cultura portuguesa, sem conhecer esta outra parte do que tinha sido o império português. Em última análise, portanto, todo o arrière plan do Labirinto da Saudade tem a ver com a minha estadia na Bahia.”

Felipão elogia o time e pretende manter o que deu certo em Chapecó

  Felipão elogia o time e pretende manter o que deu certo em Chapecó O treinador da Raposa também evitou euforia e foca em tirar a equipe do risco de quedaO comandante cruzeirense elogiou a atuação dos seus jogadores e espera manter esse nível de futebol nos próximos duelos.

Vídeos para quem gosta de papagaios vejam e conheçam meu papagaio Lourenço Obrigado não deixe de inscrever-se no canal.Gostou do papagaio Lourenço ?

Em três anos , quem mudou mais, o Presidente ou o país? A Camunda News apresenta um longo trabalho sobre os três anos de presidência de João Lourenço .

Labirinto da Saudade: Psicanálise Mítica do Destino Português foi lançado em 1978 pela D. Quixote e ganhou uma edição, em 2016, pela Tinta da China. Foi escrito no rescaldo da revolução portuguesa de 25 de abril de 1974, quando se depositavam sobre Portugal todas as esperanças de uma nova democracia. Em 2018, o livro serviu como base para um filme homônimo, sobre Lourenço.

Outro clássico de Eduardo Lourenço, Pessoa Revisitado, dos anos 1970, ganhou nova edição da Tinta da China em 2018.

Eduardo Lourenço Faria nasceu no dia 23 de maio de 1923, em São Pedro do Rio Seco, na região de Almeida. Estudou Ciências Histórico-Filosóficas, na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Ganhou uma bolsa de estágio da Fundação Fulbright para a Faculdade de Letras da Universidade de Bordeaux. Iniciou a carreira acadêmica em 1953 e foi professor em diversas universidades europeias e americanas, sobretudo nas de Hamburgo e Heidelberg, na Alemanha, Montpellier, Grenoble e Nice, na França, e em Salvador, entre outras.

"A Negrinha": Associação antirracista luta para mudar nome de bairro no sul da França .
O ensaísta e militante antirracista franco-senegalês Karfa Diallo foi julgado na semana passada na França por "rebelião". Seu crime? Tentar sensibilizar os habitantes do bairro La Négresse (A Negrinha, em tradução livre), de Biarritz, no sudoeste do país, sobre o racismo em pleno encontro dos dirigentes do G7, o grupo dos países mais ricos do mundo, que ocorreu na cidade em agosto de 2019. Ele tenta mudar o nome do bairro há anos e aproveitou o encontro internacional para se manifestar pacificamente. © Captura de tela Diallo diz que foi interpelado pela Polícia de maneira violenta e acabou detido para verificação.

usr: 6
Isto é interessante!