Mundo Conheça o compacto elétrico chinês que está tirando o sono de Elon Musk

19:25  26 fevereiro  2021
19:25  26 fevereiro  2021 Fonte:   istoedinheiro.com.br

Ford investe US$ 1 bilhão na Alemanha para migrar para a eletricidade na Europa

  Ford investe US$ 1 bilhão na Alemanha para migrar para a eletricidade na Europa A gigante automobilística americana Ford anunciou, nesta quarta-feira (17), um investimento de US$ 1 bilhão na Alemanha com o objetivo de que seus modelos vendidos na Europa passem a ser totalmente elétricos em 2030. Também explicou que destinará US$ 1 bilhão (cerca de 830 milhões de euros) para "a modernização da fábrica de Colônia na Alemanha"."A Ford se compromete a garantir que, em meados de 2026, 100% da oferta de carros europeu da Ford será eletrificada - híbrida ou totalmente elétrica - e totalmente elétrica para 2030", disse a fabricante de automóveis em um comunicado.

Um carro elétrico chinês, vendido na China por R$ 24 mil, está fazendo com que a Tesla, gigante no setor, perca espaço no mercado. O veículo compacto é a grande aposta e sucesso da estatal SAIC Motor, a maior montadora da China.

O Hong Guang Mini EV está sendo construído como parte de uma joint venture com a General Motors (GM). No mês passado, as vendas do modelo na China foram cerca do dobro das vendas da Tesla. A empresa tem enfrentado questionamentos por questões de segurança.

+ Empreendedorismo: Microsoft lança serviço gratuito de criação de sites

A montadora vendeu 25.778 modelos do carro elétrico em janeiro, segundo dados da China Passenger Car Association (CPCA). Enquanto a Tesla comercializou 13.843 unidades do Modelo 3, que é feito em sua fábrica em Xangai, por R$ 212 mil.

De acordo com especialistas escutados pela BBC, embora o carro seja inferior aos modelos da Tesla no que diz respeito à bateria, alcance e desempenho, sua conveniência e baixo preço o tornaram um dos veículos elétricos mais promissores do País.

Lançado no ano passado, o modelo básico atinge uma velocidade máxima de 100 km/h e pode acomodar quatro pessoas. O modelo também tem ganhado espaço pelo incentivo do governo chinês para a redução da poluição.

China reforçará controle sobre candidatos em Hong Kong .
Pequim reforçará os controles sobre os candidatos nas eleições legislativas de Hong Kong, anunciou nesta sexta-feira um deputado chinês. Para as eleições legislativas de Hong Kong em setembro, Pequim já deu a entender que atuará para que os "patriotas" governem a região autônoma. burs/dan/bar/ehl/plh/af/gm/fpO Parlamento chinês, reunido a partir desta sexta-feira em sua sessão plenária anual, iniciou uma reforma do sistema eleitoral na ex-colônia britânica, que representará a marginalização da oposição pró-democracia.

usr: 9
Isto é interessante!