Mundo Quatro médicos russos são condenados por ato pró-Navalny

13:46  08 abril  2021
13:46  08 abril  2021 Fonte:   afp.com

Reino Unido apoia Itália após expulsão de diplomatas russos por acusações de espionagem

  Reino Unido apoia Itália após expulsão de diplomatas russos por acusações de espionagem O Reino Unido denunciou nesta quarta-feira (31) as ações que considera “desestabilizantes” da Rússia, após a expulsão pela Itália de dois funcionários da embaixada russa em Roma acusados de envolvimento em um caso de espionagem entre os dois países. “O Reino Unido apoia a Itália e as medidas tomadas hoje para expôr e agir contra as atividades “mal-intencionadas e desestabilizadoras da Rússia com o objetivo de minar nossa aliada na Otan”, declarou o chefe da diplomacia britânica Dominc Raab no Twitter.A expulsão dos diplomatas russos foi informada por meio de um comunicado divulgado em redes sociais.

Quatro médicos simpatizantes do opositor russo Alexei Navalny foram condenados a breves penas de prisão por se manifestarem na frente da colônia onde ele se está preso e em greve de fome desde 31 de março - informou a ONG russa Agora nesta quinta-feira (8).

Agentes da polícia em frente à colônia penitenciária onde Alexei Navalny está preso, em Pokrov, em 6 de abril de 2021 © Kirill Kudryavtsev Agentes da polícia em frente à colônia penitenciária onde Alexei Navalny está preso, em Pokrov, em 6 de abril de 2021

Na terça (6), um grupo de pessoas se reuniu diante do acampamento de Pokrov (100 km de Moscou) - sobretudo, membros do sindicato Aliança de Médicos, ligado à oposição - para exigir informações sobre o estado de saúde de Navalny.

Opositor russo Alexei Navalny anuncia greve de fome

  Opositor russo Alexei Navalny anuncia greve de fome Opositor russo Alexei Navalny anuncia greve de fome “Eu declarei uma greve de fome com o pedido de que a lei seja cumprida e que eu possa ser visitado por um médico. E assim, eu estou desidratado e com fome, mas ao menos, com as duas pernas”, disse na mensagem divulgada por sua defesa.

Quatro dos manifestantes detidos - os médicos Alexander Gueneralov, Valeria Merkulova, Artiom Boriskin e Ksenia Pakhomova - foram condenados a penas de detenção administrativa por até oito dias, relatou a Agora.

Navalny tem duas hérnias de disco, apresenta febre e tosse, perdeu a sensibilidade das mãos e sofre de dores nas pernas e nas costas, segundo sua advogada, Olga Mikhailova.

Mikhailova acusou a administração penitenciária de negar a Navalny o acesso a um médico de sua escolha e à medicação adequada para seu tratamento, assim como de "torturar" seu cliente, com privação do sono.

Em quase uma semana de greve de fome, Navalny perdeu cinco quilos, acrescentou Mikhailova.

Aliados e familiares exigem que Navalny seja transferido para um hospital e lembram que ele sobreviveu a um envenenamento no ano passado que o deixou em coma.

Detido em janeiro deste ano, ao voltar para a Rússia, foi condenado a dois anos e meio de prisão em um antigo caso de fraude. Navalny denuncia a motivação política de todo processo.

pop/alf/mba/zm/mis/tt

Sonego vence batalha com Fritz e decide título em Cagliari contra Djere .
Italiano conquistou título de duplas ao lado de compatriotaCabeça de chave 3 do torneio, Sonego precisou de 2h38 para superar o segundo favorito com placar de 6/4 5/7 6/1 tendo convertido um ace contra 3 do americano, que venceu 56% dos pontos jogados com seu primeiro serviço contra 70% de aproveitamento do italiano, que chegou a abrir 6/4 3/0 na partida e viu o rival correr atrás do prejuízo e forçar o set final.

usr: 1
Isto é interessante!