Mundo Escassez de vacinas na Índia, que bate recorde de contágios

17:26  08 abril  2021
17:26  08 abril  2021 Fonte:   afp.com

Brasil já aplicou 25 milhões de doses de vacinas contra a covid-19

  Brasil já aplicou 25 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 Cerca de 80% das doses aplicadas são da Coronavac, imunizante promovido pelo Instituto Butantan, de São Paulo, e que foi inicialmente rejeitado pelo governo Bolsonaro. © Sandro Pereira/Fotoarena/imago images Imunização lenta no Brasil se deve, sobretudo, à escassez de vacinas O Brasil ultrapassou a marca de 25 milhões de doses aplicadas de vacinas contra a covid-19. Até esta segunda-feira (05/04), haviam sido administradas 25.293.644 doses. Do total, 19.762.485 pessoas receberam a primeira dose, o equivalente a 9,4% da população brasileira, e 5.531.159 a segunda, cerca de 2,6%.

A Índia, que já vacinou 87 milhões de seus 1,3 bilhão de habitantes contra a covid-19, enfrenta uma escassez de vacinas, segundo a imprensa local, em um momento em que o número de infecções diárias bateu novo recorde.

Um médico sai de um centro de vacinação contra a covid-19 em Mumbai. A capital financeira da Índia está passando por um surto de coronavírus © INDRANIL MUKHERJEE Um médico sai de um centro de vacinação contra a covid-19 em Mumbai. A capital financeira da Índia está passando por um surto de coronavírus

Nas últimas 24 horas, mais de 126.000 novas infecções foram registradas, levando várias regiões a aumentar as restrições de atividades.

O estado de Maharashtra, o epicentro da nova onda da pandemia e onde está localizada a megalópole de Bombaim, deve instituir um confinamento neste fim de semana.

Depois de bater recorde de infecções, Índia enfrenta desabastecimento de vacina

  Depois de bater recorde de infecções, Índia enfrenta desabastecimento de vacina 3ª nação mais atingida pelo vírus. Maior produtor de imunizantes. Doses exportadas a 71 paísesO total de infecções no país chegou a 13 milhões. É a 3ª nação mais atingida pelo coronavírus, atrás apenas dos Estados Unidos e do Brasil.

O primeiro-ministro indiano Narendra Modi, que recebeu sua segunda injeção nesta quinta-feira, tuitou que as vacinas são "uma das poucas maneiras de combater o vírus" e pediu às pessoas que sigam o exemplo.

No entanto, de acordo com o jornal Times of India, dez estados têm estoques de vacinas para apenas três ou quatro dias, incluindo Uttar Pradesh, onde vivem cerca de 200 milhões de pessoas, Bihar e Bengala Ocidental.

Em Maharashtra, o ministro regional da saúde alertou na quarta-feira que os estoques acabarão em três dias.

"Temos que dizer às pessoas que, como as vacinas não chegaram, elas precisam ir para casa", disse Rajesh Tope aos repórteres.

Os principais centros de vacinação de Bombaim ficaram sem doses nesta quinta, e o enorme Hospital Geral Municipal de Lokmanya Tilak interrompeu completamente a vacinação.

Em um centro de vacinação administrado pelo governo em Dharavi, a maior favela de Mumbai, longas filas se formaram para a vacinação.

"Estamos tentando ver o que podemos fazer para conseguir alguns suprimentos para amanhã", disse Afrin Sultana Khan, diretor do centro, acrescentando que não tinha ideia de quando as doses chegariam.

A Índia registrou quase 13 milhões de casos de covid-19 até o momento, 170.000 deles fatais.

str-amu-stu/axn/oaa/pz/zm/mb

Exclusivo: Brasil deve considerar seriamente fazer lockdown, diz Anthony Fauci .
Líder no combate à covid-19 nos EUA, médico americano diz que situação do Brasil é 'muito grave', está se espalhando pela América do Sul, e que país precisa de medidas sanitárias severas e aceleração do ritmo de vacinação"Todos reconhecem que há uma situação muito grave no Brasil", afirmou o médico americano Anthony Fauci em entrevista exclusiva à BBC News Brasil.

usr: 0
Isto é interessante!