Mundo Opas destaca impacto da crise na Índia em entrega de vacinas do Covax

01:01  29 abril  2021
01:01  29 abril  2021 Fonte:   afp.com

O que acontece com as doses das vacinas AstraZeneca e Janssen que países europeus decidiram não usar?

  O que acontece com as doses das vacinas AstraZeneca e Janssen que países europeus decidiram não usar? A Dinamarca e a África do Sul descartaram o uso da vacina AstraZeneca, e outros países a limitaram a certas faixas etárias, despertando o interesse de outros governos pelas doses que não serão utilizadas.Vários países restringiram o uso das vacinas Oxford-AstraZeneca e da Janssen (Johnson & Johnson) devido a um risco muito pequeno de coágulos sanguíneos.

A Opas comentou que há dúvidas até agora sobre quantas pessoas imunizadas seriam necessárias para conter a pandemia, com estimativas que variam de 70% a 90% do total da população. Etienne disse que os países que fazem parte do mecanismo Covax devem ser informados nos próximos Ela pediu que todos se preparem, com estrutura e pessoal, para esse processo. Em todo o primeiro semestre, a Opas estima que serão distribuídas 160 milhões de vacinas por meio dessa iniciativa, com aumento gradual das entregas . A diretora da Opas ainda mencionou a região fronteiriça entre

A diretoria da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou hoje, por unanimidade, a resolução que dispensa o registro e a autorização temporária de uso emergencial de vacinas contra a covid-19 no âmbito do Covax Facility, consórcio para a . A relatora do caso, diretora Meiruze Freitas, foi a primeira a votar favoravelmente pela aprovação do regulamento para importação de vacinas pelo Covax . O voto dela foi seguido pelo diretor-presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres, e pelos diretores Rômison Rodrigues Mota, Alex Machado Campos e Cristiane Rose Jourdan Gomes.

A Opas, escritório da Organização Mundial da Saúde (OMS) nas Américas, destacou nesta quarta-feira (28) o impacto da nova onda de covid na Índia frente à entrega de vacinas do mecanismo Covax, que fornece doses para a América Latina e Caribe.

Uma idosa espera para receber dose da Covishield, vacina contra o coronavírus, da AstraZeneca-Oxford, em centro de vacinação em Mumbai, em 27 de abril de 2021 © Punit PARANJPE Uma idosa espera para receber dose da Covishield, vacina contra o coronavírus, da AstraZeneca-Oxford, em centro de vacinação em Mumbai, em 27 de abril de 2021

"É um impacto bastante importante", informou Jarbas Barbosa, vice-diretor da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), em entrevista coletiva, apontando a Bolívia, Haiti e Nicarágua como diretamente afetados.

Covid-19: Vacinação decorre em diferentes ritmos nos PALOP

  Covid-19: Vacinação decorre em diferentes ritmos nos PALOP Moçambique já iniciou a segunda fase do plano de vacinação. Na Guiné-Bissau, apesar das desconfianças quanto à eficácia da vacina da Astrazeneca, a adesão à vacinação tem sido grande, mas faltam vacinas. © Osvaldo Silva/AFP Provided by Deutsche Welle Um pouco por todo o mundo os processos de vacinação contra a Covid-19 têm tido percursos conturbados entre suspensões, efeitos colaterais, falta de vacinas suficientes e atrasos na produção. Se no Reino Unido ou nos EUA a vacinação segue a todo o vapor, há países, nomeadamente em África, que ainda não receberam nenhuma dose do imunizante.

A Opas comentou que há dúvidas até agora sobre quantas pessoas imunizadas seriam necessárias para conter a pandemia, com estimativas que variam de 70% a 90% do total da população. Etienne disse que os países que fazem parte do mecanismo Covax devem ser informados nos próximos dias e semanas sobre prazos para os primeiros embarques do imunizante. Ela pediu que todos se preparem, com estrutura e pessoal, para esse processo. Em todo o primeiro semestre, a Opas estima que serão distribuídas 160 milhões de vacinas por meio dessa iniciativa, com aumento gradual das entregas .

A diretora da Organização Pan-Americana de Saúde ( Opas ), Carissa F. Etienne afirmou que as primeiras entregas de vacinas contra a covid-19 pela Iniciativa Covax devem ser “pequenas”, já que a oferta global do imunizante “permanece limitada”. Durante entrevista coletiva virtual, Etienne notou nesta Apesar de elevados, os números representam uma desaceleração da crise de saúde na região, apontou ela. Etienne disse que quase 63 milhões de pessoas foram vacinadas para a covid-19 até agora nas Américas e no Caribe, “majoritariamente nos países do Norte”, número “encorajador

A Índia, com 1,3 bilhão de habitantes, é atualmente o principal foco da pandemia de covid-19, que matou mais de três milhões de pessoas em todo o mundo desde que o vírus foi reportado pela primeira vez na China, no final de 2019.

Diante desse forte aumento no número de casos e mortes, a Índia, maior produtora mundial de vacinas, exportava por meio da Covax dezenas de milhões de doses anticovid do laboratório anglo-sueco AstraZeneca, fabricadas no país pelo Serum Institute.

A pandemia de covid-19 avança nas Américas, com diversos países precisando de imunizantes para reforçar suas campanhas de vacinação. Nesta quarta-feira, a diretora da Opas, Carissa Etienne, sugeriu que nações com doses excedentes deveriam repassar parte do estoque para países do continente 'onde são desesperadamente necessárias e serão prontamente usadas'. © Lauren OWENS LAMBERT A pandemia de covid-19 avança nas Américas, com diversos países precisando de imunizantes para reforçar suas campanhas de vacinação. Nesta quarta-feira, a diretora da Opas, Carissa Etienne, sugeriu que nações com doses excedentes deveriam repassar parte do estoque para países do continente 'onde são desesperadamente necessárias e serão prontamente usadas'.

Mas com a crescente emergência na saúde, Nova Délhi congelou as exportações de vacinas, incluindo as da Covax, para priorizar o abastecimento doméstico.

Crise na Índia mostra a países ricos efeito de acumular vacinas

  Crise na Índia mostra a países ricos efeito de acumular vacinas Durante meses, países desenvolvidos acumularam vacinas contra a Covid-19 e as matérias-primas necessárias para produzi-las. Agora, são obrigados a agir diante da disparada de casos na Índia, o que aumenta o risco de novas variantes do coronavírus que podem ameaçar o resto do mundo. Sob crescentes críticas por dominar os recursos para vacinas, os Estados Unidos disseram esta semana que vão ajudar a Índia com itens necessários para a fabricação de imunizantes. Países europeus também prometeram ajuda quando os novos casos no país do sul da Ásia batem recordes mundiais.

Doses só seriam entregues em junho, mas, segundo o Ministério da Saúde, foram antecipadas. Ainda com um ritmo considerado lento de vacinação contra a covid-19, o Ministério da Saúde corre atrás de mais vacinas para tentar dar celeridade à imunização dos brasileiros. Nesta quarta-feira (28/4), a pasta anunciou a antecipação do recebimento de 2 milhões de doses de vacinas do consórcio internacional Covax Facility de junho para maio.

Para vacinar esses grupos, o equivalente a 20% da população, Cabo Verde conta receber no âmbito da Plataforma COVAX , um total de 267.293 mil doses de vacinas contra COVID-19. “Hoje é um momento de esperança renovada e um testemunho da solidariedade que o mundo precisa para A OMS tem múltiplas funções dentro do Mecanismo do COVAX : Disponibiliza orientações normativas sobre política, regulamentação, segurança, R&D, alocação e prontidão e entrega de vacinas . O Grupo Consultivo Estratégico de Especialistas (SAGE) em Imunização desenvolve recomendações de

A OMS e a Gavi Vaccine Alliance informaram que isso deixou a Covax sem 90 milhões de doses destinadas a 60 países de baixa renda em março e abril.

A OPAS, que facilita a aquisição de vacinas da Covax nas Américas, expressou sua preocupação sobre isso.

"Temos três países na região que recebem vacinas AstraZeca da Índia, que são Bolívia, Haiti e Nicarágua", disse Barbosa.

"Porém, com a interrupção da Índia, que até agora não está com uma decisão de reenviar as vacinas, todos os outros países também podem sofrer uma redução significativa, porque as vacinas AstraZeneca de outros produtores vão ser compartilhadas por todos", explicou.

"Portanto, estamos todos muito preocupados com esta situação e, por parte da OMS, por parte da Covax, em permanente negociação com o governo da Índia para chegar a um acordo que permita ao Serum Institute of India cumprir os contratos assinados com o mecanismo da Covax", acrescentou.

A aliança Covax, co-organizada pela OMS, Gavi e a coalizão para preparação diante das epidemias, Cepi, é uma aliança global de atores públicos e privados lançada em junho de 2020, para a aquisição e distribuição equitativas das vacinas da covid-19.

A meta é fornecer vacinas para pelo menos 20% da população de cada país participante.

Na América Latina e no Caribe, 31 países já receberam mais de 6,8 milhões de doses por meio da Covax. A grande maioria é da AstraZeneca, fabricada pelo laboratório SK Bioscience na Coreia do Sul.

bur-ad/lda/bn/mvv

Índia se aproxima de 4.000 mortes por dia; EUA apoia suspensão de patentes de vacinas anticovid .
o governo dos Estados Unidos anunciou que é favorável à suspensão das patentes das vacinas contra a covid-19 e a Europa respondeu que aceita conversar sobre a ideia, que seria um fato excepcional no momento em que os países pobres precisam desesperadamente de doses, como por exemplo a Índia, que registrou um recorde de quase 4.000 mortes em 24 horas nesta quinta-feira (6). Os números do ministério da Saúde indiano contabilizam 3.980 óbitos e 412.262 novos casos em apenas um dia, o que eleva a 230.168 o número de vítimas fatais e a 21,1 milhões as infecções registradas na Índia desde o início da pandemia.

usr: 1
Isto é interessante!