Mundo Canadá recomenda vacina da Johnson & Johnson apenas para maiores de 30 anos

01:40  04 maio  2021
01:40  04 maio  2021 Fonte:   afp.com

O que explica internações e casos raros de morte por covid-19 mesmo após vacina?

  O que explica internações e casos raros de morte por covid-19 mesmo após vacina? Nenhuma vacina oferece proteção de 100% contra doenças, mas elas reduzem — e muito — as chances de infecção, hospitalização e mortes, principalmente depois da segunda dose.O caso do cantor Agnaldo Timóteo, por exemplo, foi um dos mais recentes — e notórios. Ele já havia tomado a segunda dose do imunizante quando começou a apresentar sintomas do novo coronavírus e veio a falecer semanas depois.

The Johnson & Johnson vaccine is now recommended for all Canadians 30 years of age and older, but officials say to weigh the risk of rare but potentially serious blood clots that can occur from the vaccine with COVID-19 levels in the community — or hold out for another shot altogether. The National Advisory Committee on Immunization (NACI) said Monday that while the Johnson & Johnson vaccine will soon be distributed across Canada , it's up to Canadians in that age group to decide whether they should take it or wait for an mRNA vaccine such as Pfizer-BioNTech or Moderna.

A vacina contra a covid-19 da Johnson & Johnson vai passar a ser recomendada apenas para pessoas com mais de 50 anos . A nova norma foi publicada na quinta-feira e revelada esta sexta-feira pelo Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales. A Direção-Geral de Saúde já tinha decidido limitar a vacina em questão aos mais velhos. A decisão da comissão técnica de vacinação aguardava pela validação do Ministério da Saúde. Veja também

O comitê científico que assessora o governo do Canadá sobre a vacinação contra a covid-19 recomendou nesta segunda-feira (3) que o uso da vacina da Johnson & Johnson (J&J) seja reservada a pessoas de 30 anos ou mais.

Segundo contagem da AFP, a vacina da Johnson & Johnson é usada em 17 países © DIRK WAEM Segundo contagem da AFP, a vacina da Johnson & Johnson é usada em 17 países

O anúncio do Comitê Assessor Nacional de Imunização canadense (CCNI) ocorre horas depois de a Dinamarca descartar a vacina da J&J devido a possíveis efeitos colaterais graves, apesar da luz verde da agência reguladora europeia e da Organização Mundial da Saúde (OMS) para usá-la.

Em abril, a FDA, órgão regulador americano, suspendeu temporariamente o uso desta vacina depois de casos raros de trombose. A França decidiu administrá-la a pessoas de 55 anos ou mais, assim como no caso do imunizante produzido pela AstraZeneca.

Anvisa aponta dúvidas sobre segurança e eficácia da Sputnik V; entenda as razões

  Anvisa aponta dúvidas sobre segurança e eficácia da Sputnik V; entenda as razões Técnicos da agência recomendaram que pedidos de importação da vacina russa sejam negados, porque não há como garantir que imunizante não gera danos à saúde ou protege de fato contra a covid-19. Também foram identificados problemas no controle de qualidade na fabricação.Os responsáveis pelas três áreas técnicas da Anvisa recomendaram de forma unânime que a importação não fosse autorizada por conta de problemas identificados pela agência, mas até as 22h30, o grupo ainda não tinha chegado a uma decisão final.

A vacina da Johnson & Johnson está licenciada para utilização de emergência nos Estados Unidos desde o final de Fevereiro. Está também aprovada no Canadá desde o início de Março e, na União Europeia, desde 11 de Março. Antes, a África do Sul começou igualmente a administrá-la. Em contraste, o medicamento da Johnson & Johnson pode ser mantido num frigorífico convencional durante três meses a uma temperatura de 2 a 8 graus centígrados e tem um prazo de validade de três anos , a uma temperatura de 20 graus Celsius. O grupo farmacêutico comprometeu-se a vender a

A shipment of the Johnson & Johnson Covid-19 vaccine arriving at Toronto's Pearson International Airport on Wednesday.Carlos Osorio/Reuters. Canadian officials say they are halting distribution of the first batch of Johnson & Johnson ’s Covid-19 vaccines to arrive in the country over concerns about an ingredient produced at a Emergent BioSolutions Inc. plant in Baltimore. Health Canada issued a statement late Friday saying it had learned that a drug substance produced at the Emergent plant was shipped outside the U.S. to an undisclosed site and used in manufacturing 300,000 Johnson & Johnson

"Em vista dos dados atuais, a CCNI recomenda oferecer a vacina da Janssen (subsidiária da Johnson & Johnson), assim como a da AstraZeneca, a pessoas de 30 anos ou mais", disse Caroline Quach, presidente da CCNI, durante coletiva de imprensa.

Esta vacina da Johnson & Johnson pode ser aplicada a quem não tiver contraindicações, "se a pessoa preferir se vacinar mais rápido do que esperar uma vacina de RNA mensageiro se os benefícios superarem os riscos", esclareceu.

"Nos ensaios clínicos, descobriu-se que a vacina de dose única da Janssen tinha uma eficácia de 67%", disse.

Em 5 de março, o Canadá autorizou a vacina de dose única da Johnson & Johnson para pessoas maiores de 18 anos, mas ainda não foi distribuída em todo o país.

As províncias e territórios canadenses podem adaptar o limite de idade para a aplicação do antiviral, dependendo em particular de sua disponibilidade da vacina.

ast/et/rle/llu/gma/mvv

Turismo da vacina: agências fazem viagens em que o objetivo é a imunização. Veja preço! .
O que você faz se não conseguir tomar a vacina em seu país? Aqueles que podem pagar estão viajando milhares de quilômetros para receber a imunização contra Covid-19. Enquanto a The post Turismo da vacina: agências fazem viagens em que o objetivo é a imunização. Veja preço! appeared first on Desejo Luxo | Consumo, grifes, moda, veículos, imóveis, viagens e experiências de luxo.

usr: 1
Isto é interessante!