Mundo Itália negocia distribuição de migrantes com Alemanha e França

05:20  14 maio  2021
05:20  14 maio  2021 Fonte:   ansabrasil.com.br

Alemanha cancela Oktoberfest 2021

  Alemanha cancela Oktoberfest 2021 Alemanha cancela Oktoberfest 2021 - 1/13 SLIDES © Divulgação/J. Wildgruber Todos os anos, a largada é dada quando prefeito de Munique, na Alemanha, solta a célebre frase "O'zapft is!", que significa "o barril está aberto". Depois disso é só alegria! - Divulgação/J. Wildgruber 2/13 SLIDES © Divulgação/Robert Hetz Os visitantes que moram na região da Bavária costumam ir com trajes de época chamados Trachten.

Italia negocia con Alemania y Francia un mecanismo temporal que permita reubicar a los migrantes que lleguen a sus costas por el Mediterráneo, sobre todo ante la inminencia del verano, dijo hoy el primer ministro italiano , Mario Draghi. La idea es "revitalizar" el acuerdo de 2019 con el que Italia , Malta El primer ministro italiano explicó que ha "insistido" a su homólogo libio, Abdelhamid Dbeibah, en la "necesidad" de garantizar la seguridad y estabilizar el país magrebí. En este sentido abogó por una política migratoria "equilibrada, eficaz y humana" y aseguró que "la prioridad" en el plazo breve

Presidente alemão foi recebido em Roma, com vista a criar uma política migratória comum na União Europeia.… LEIA MAIS

(ANSA) - O primeiro-ministro da Itália, Mario Draghi, afirmou que está negociando com os governos da Alemanha e da França um mecanismo temporário que permitirá a realocação de migrantes que chegam no país.

Segundo o premiê italiano, a iniciativa tem como objetivo "revitalizar" o acordo feito em 2019 entre Itália, Malta, Alemanha e França, que previa a distribuição dos requerentes de asilo que vieram do norte da África pelo Mediterrâneo, em vigor até fevereiro de 2020, no início da pandemia de Covid-19.

"O objetivo é ativar um mecanismo de emergência temporário para a relocação de imigrantes resgatados no mar com base nos princípios de solidariedade do Acordo de Malta", disse Draghi ao responder um questionamento da Liga, partido ultranacionalista liderado por Matteo Salvini, na quarta-feira (12).

Aston Villa x Manchester United: onde assistir e prováveis escalações

  Aston Villa x Manchester United: onde assistir e prováveis escalações Vitória da equipe do Manchester United pode ajudar a garantir a classificação para a Champions League . Os Red Devills estão na final da Europa League, mas ainda seguem focados no Inglês.- Não é como se nós apenas jogássemos os brinquedos do carrinho e sentíssemos pena de nós mesmos. Não é assim que somos. Mas eu tive que expressar o quão infeliz estou com a forma como eles podem arriscar lesões para os jogadores. É disso que eu tenho que cuidar. Eu tenho que cuidar deles - disse Solskjaer.

A ministra do Interior da Itália , Luciana Lamorgese, pediu "intervenções estruturais para a gestão do fenômeno dentro da União Européia", afirmou em nota. Em videoconferência com os seus homólogos europeus, a ministra apelou "à ativação de mecanismos de solidariedade concretos e sólidos, incluindo os de emergência", afirma a nota. Mais de 2.000 migrantes chegaram durante o fim de semana a Lampedusa, que fica mais perto da África do que do território italiano . Os centros de hospedagem estão lotados e alguns migrantes dormem no asfalto em estacionamentos da ilha.

Os ministros francês e alemão do Interior encontraram-se, no domingo, com o seu homólogo italiano , em Paris, para discutir uma "resposta coordenada e

O premiê italiano fez referência à chegada de cerca de dois mil imigrantes à ilha de Lampedusa, no sul da Itália, no que foi considerado o maior pico de desembarques até agora desde o início do ano.

Draghi ainda explicou que "insistiu" para que o seu homólogo líbio, Abdelhamid Dbeibah, percebesse a "necessidade" de garantir a segurança e estabilizar o país. Além disso, defendeu uma política migratória "equilibrada, eficaz e humana" e garantiu que "a prioridade" no curto prazo é "conter a pressão migratória" durante o verão europeu.

O período é quando é registrado normalmente um fluxo mais intenso em decorrência das boas condições climáticas.

Durante reunião, a ministra do Interior da Itália, Luciana Lamorgese, também pediu à União Europeia (UE) "mecanismos concretos e sólidos de solidariedade" para relocar os imigrantes que recebe para outros países do continente.

Gündogan 'agradece' a zagueiro do Leicester por título inglês do Manchester City

  Gündogan 'agradece' a zagueiro do Leicester por título inglês do Manchester City Meio-campista alemão posta foto com Söyüncü, autor do gol da vitória do Leicester sobre o Manchester United. Resultado garantiu mais um título inglês ao time de Guardiola+ Veja a tabela da Premier League

A Alemanha e a França propuseram à União Europeia dotar a Frontex, a Agência Europeia de Gestão da Cooperação Operacional nas Fronteiras Externas dos

Bruxelas, Bélgica (PANA) – Os 88 migrantes africanos resgatados da Líbia pelo navio de Alan Kurdi serão repartidos entre a Alemanha , França e Itália , declarou à imprensa o capitão do navio, Barbel Beuse. Por outro lado, indicou que o porto italiano de Taranto foi designado como porto seguro para atracar o navio. Alan Kurdi estava no Mediterrâneo há 10 dias, e o capitão do navio soou o alarme de que a situação a bordo estava a ficar tensa devido à falta de água e comida.

Conforme dados do Ministério do Interior, a Itália já recebeu quase 13 mil pessoas - mais de três vezes o valor registrado no mesmo período em 2020, quando foram 4.184 migrantes. A maior parte dos estrangeiros vem da Tunísia, Costa do Marfim e Bangladesh.

MSF - Hoje, a ONG Médicos Sem Fronteiras (MSF) anunciou a retomada de suas atividades de busca e resgate no Mediterrâneo Central com seu próprio navio, o Geo Barents, para ajudar "as pessoas que continuam morrendo no mar, enquanto os europeus os governos continuam indiferentes".

"No Mediterrâneo central continuam morrendo pessoas incessantemente, somos obrigados a voltar ao mar para continuar fazendo nossa parte e ajudar a deter essas tragédias evitáveis", disse a presidente do MSF na Itália, Claudia Lodesani. (ANSA)

Setenta migrantes irregulares entram no enclave espanhol de Melilla vindos do Marrocos .
Setenta marroquinos conseguiram entrar, nesta sexta-feira (21), no enclave norte-africano espanhol de Melilla, pulando a cerca dupla que protege a fronteira com o Marrocos, anunciaram as autoridades espanholas. Na terça-feira passada, outros 86 migrantes conseguiram pular a cerca dupla deste enclave. Durante a semana, houve outras tentativas similares.Diante desta situação, as autoridades locais implementaram "uma vigilância mais reforçada", que incluirá "um envio das Forças Armadas para apoiar com caráter imediato" a polícia na fronteira, enquanto aguardam mais agentes da península, informou a delegação do governo.

usr: 5
Isto é interessante!