Mundo G7 cogita alocar US$100 bilhões do FMI para nações atingidas pela Covid

16:42  11 junho  2021
16:42  11 junho  2021 Fonte:   reuters.com

Após aporte, Nubank é a sétima startup mais valiosa do mundo

  Após aporte, Nubank é a sétima startup mais valiosa do mundo Fintech supera é superada apenas por nomes como ByteDance, SpaceX e DidiApós o aporte de US$ 1,15 bilhão, que teve a participação de US$ 500 milhões, do megainvestidor Warren Buffett, o Nubank não tornou-se apenas a principal startup da América Latina, assustando os bancos tradicionais brasileiros. A empresa fundada por David Vélez tornou-se uma das 10 startups mais valiosas do mundo.

CARBIS BAY, Inglaterra (Reuters) - Os Estados Unidos e outras nações do G7 estão cogitando realocar 100 bilhões de dólares das reservas do Fundo Monetário Internacional (FMI) para ajudar os países que enfrentam mais dificuldades com a crise da Covid-19, disse a Casa Branca.

Logo do G7 perto de hotel onde acontece a cúpula dos líderes do grupo na Inglaterra © Reuters Logo do G7 perto de hotel onde acontece a cúpula dos líderes do grupo na Inglaterra

A questão estará em pauta quando os líderes do G7 debaterem como ajudar a direcionar a recuperação mundial para longe da pandemia de coronavírus durante uma cúpula de três dias na Cornualha, no sudoeste da Inglaterra, que começa nesta sexta-feira.

O preço que o presidente de El Salvador está disposto a pagar para ‘bitcoinizar’ o país

  O preço que o presidente de El Salvador está disposto a pagar para ‘bitcoinizar’ o país Um anúncio em inglês em uma conferência em Miami e a aprovação expressa da criptomoeda transformaram Bukele em herói ‘geek’. Mas a volatilidade e o crime cibernético preocupam os especialistas“Isto criará postos de trabalho e ajudará a proporcionar inclusão financeira a milhares de pessoas que estão fora da economia formal”, disse Bukele sob aplausos no sábado passado ao anunciar sua proposta, em um vídeo apresentado em uma conferência sobre a criptomoeda realizada em Miami. A mensagem, em inglês, era destinada a um público de fãs de tecnologia e criptomoedas.

"Os Estados Unidos e nossos parceiros do G7 estão cogitando um esforço global para multiplicar o impacto da alocação proposta dos Direitos Especiais de Retirada (SDR) para os países mais necessitados", disse o gabinete do presidente norte-americano, Joe Biden.

"Com um tamanho potencial de até 100 bilhões de dólares, o esforço proposto apoiaria mais as necessidades de saúde – incluindo vacinações – e ajudaria a permitir recuperações econômicas mais verdes e robustas em países vulneráveis, além de promover uma recuperação global equilibrada, contínua e inclusiva."

Na quinta-feira, o presidente da França, Emmanuel Macron, pediu que as nações do G7 entrem em acordo para realocar 100 bilhões de dólares em SDRs para Estados africanos.

Em abril, chefes de finanças de todo o mundo concordaram em reforçar os SDRs em 650 bilhões de dólares e prorrogar um congelamento nos serviços de dívida para ajudar países em desenvolvimento a lidarem com a pandemia, mas somente 34 bilhões seriam destinados à África.

((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447759)) REUTERS ES

Cúpula garante U$2,4 bi para vacinas contra Covid-19 para países pobres .
Cúpula garante U$2,4 bi para vacinas contra Covid-19 para países pobresGENEBRA/ZURIQUE (Reuters) - Dezenas de países prometeram nesta quarta-feira quase 2,4 bilhões de dólares para o Covax, esquema de compartilhamento de vacinas contra Covid-19, para ampliar a disponibilidade das vacinas a pessoas de nações mais pobres que até agora não tem dado conta da demanda.

usr: 1
Isto é interessante!