Mundo Americano Crouser bate recorde mundial de arremesso de peso em pré-olímpico nos EUA

07:40  19 junho  2021
07:40  19 junho  2021 Fonte:   afp.com

Corinthians tem bom retrospecto como visitante contra o Atlético-GO

  Corinthians tem bom retrospecto como visitante contra o Atlético-GO Timão precisa tirar dois gols de desvantagem contra o Dragão, nesta quarta-feira (9), pelo jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil, em GoiâniaA partida de volta será nesta quarta-feira (9), às 21h30, no estádio Antônio Accioly, em Goiânia. O Castelo do Dragão, reinaugurado em 2018, receberá o duelo entre os donos da casa e o Timão pela primeira vez.

O americano Ryan Crouser , ouro nas Olimpíadas Rio 2016, alcançou a distância de 22,82 m em campeonato indoor. Por Redação do GE — Arkansas, EUA . 24/01/2021 18h12 Atualizado 2021-01-24T21:17:19.451Z. Um recorde que já durava mais de três décadas foi pulverizado na tarde deste Adversário do brasileiro Darlan Romani em campeonatos ao longo dos últimos anos, Crouser já era também dono do recorde olímpico do arremesso de peso , conquistado na Rio 2016, quando chegou à marca de 22,52 m. O recorde mundial outdoor ainda é de Randy Barnes, que arremessou a uma

O velocista americano Noah Lyles largou em Bradenton, na Flórida, enquanto seus rivais estavam na Holanda e na Suíça. Correu sozinho na pista, fez a curva com precisão e disparou na reta. Cruzou a linha de chegada, olhou no cronômetro e lá estava: 18s90. Novo recorde mundial dos 200 metros. O atleta de 22 anos derrubava, assim, uma marca histórica do astro Usain Bolt. Aquele 19s19 feito pelo jamaicano em 2009 parecia insuperável nos 200m. E continua sendo. Pois Lyles correu apenas 185 metros. Mas o erro só foi percebido depois da prova. O americano havia largado na raia errada.

O campeão olímpico Ryan Crouser quebrou o recorde mundial de arremesso do peso, que se mantinha havia 31 anos, nesta sexta-feira com um arremesso gigantesco de 23,37 metros nas provas pré-olímpicas nos Estados Unidos.

Ryan Crouser comemora seu recorde mundial de arremesso de 23,37 m no pré-olímpico em Eugene, Oregon © Patrick Smith Ryan Crouser comemora seu recorde mundial de arremesso de 23,37 m no pré-olímpico em Eugene, Oregon

Crouser, medalhista de ouro nos Jogos do Rio de Janeiro-2016, superou o recorde anterior de seu compatriota Randy Barnes, de 23,12 metros, estabelecido em 1990, com seu quarto lançamento em uma final emocionante no Hayward Field em Eugene (Oregon).

O arremessador, nascido há 28 anos em Portland, Oregon, a 90 minutos de carro de Eugene, garantiu uma vaga nas Olimpíadas de Tóquio, que começam em 23 de julho.

País de Gales x Suíça: saiba onde assistir e as prováveis escalações

  País de Gales x Suíça: saiba onde assistir e as prováveis escalações Equipes se enfrentam na cidade de Baku, no Azerbaijão, pelo segundo jogo do Grupo A, o mesmo de Itália e Turquia. Duelo acontece às 10h (de Brasília) deste sábado+ Veja a tabela e os jogos da Eurocopa

Ryan Crouser segue fazendo história na temporada. Neste sábado (29), ele registrou a 12ª melhor marca da história do arremesso de peso , ao vencer o Drake Blue Oval Showcase, etapa bronze do Continental Tour, com 22,72m. O mais impressionante é que ele, que é o atual campeão olímpico Crouser venceu uma competição em Marietta no último mês com 22,91m, a apenas 21 centímetros dessa marca. Derrubar o longo tabu que já dura 30 anos parece ser uma questão de tempo para o estadunidense. “Tentei me estabelecer para o recorde mundial hoje e fiz o melhor que pude, mas a

Americano Ryan Crouser se torna campeão Olímpico do arremesso de peso no Rio 2016. Fizemos parcerias com parceiros de mídia selecionados nos EUA para trazer conteúdo do Olympic As origens dos Jogos Olímpicos ganham vida através da vida de atletas Olímpicos que Lições inspiradoras de atletas de classe mundial sobre como superaram barreiras pessoais para viverem

Crouser já havia batido o recorde mundial da Barnes em ambientes fechados em janeiro, alcançando 22,82 metros em um evento no Arkansas.

Ultimamente, Crouser também estava perseguindo a marca de Barnes ao ar livre, da qual ele se aproximou com um lançamento de 23,01 metros no mês passado.

Nesta sexta-feira, nas rodadas anteriores, o americano mais uma vez demonstrou seu grande momento com um arremesso de 22,92 metros, a quinta melhor marca da história.

Na final da noite de sexta-feira, Crouser aproveitou para se aquecer com arremessos de 22,61m, 22,55m e 22,73m.

Mais tarde, na sua quarta sessao da final, surpreendeu o público com o espetacular lançamento em que bateu o recorde mundial.

Joe Kovacs, seu grande rival e campeão mundial em 2019, também se classificou para Tóquio ao terminar em segundo com um arremesso de 22,34 m. Payton Otterdahl foi o terceiro com 21,92 m.

rcw/gbv/ma/aam

Decretado o fim do pivô tradicional na NBA .
Sabe aquele pivô que só pega rebote, não defende e não espaça a quadra? Ele acabou na NBA O post Decretado o fim do pivô tradicional na NBA apareceu primeiro em Jumper Brasil.

usr: 2
Isto é interessante!