Mundo Entenda a importância do agronegócio

07:40  19 junho  2021
07:40  19 junho  2021 Fonte:   msn.com

Pará de Minas inicia programa de conservação do Ribeirão Paciência

  Pará de Minas inicia programa de conservação do Ribeirão Paciência A microbacia foi a única fonte de abastecimento da cidade até 2015. Atualmente, ela fornece 80% da água, no período chuvoso.

Um estudo recente publicado pelo pesquisador brasileiro Paulo Morceiro, da Universidade de Johannesburgo, África do Sul, mostrou que o setor agropecuário e extrativista superou pela primeira vez desde 1996, início da série histórica, a indústria de transformação na participação do PIB brasileiro. Enquanto esta corresponde hoje a 10,3% do PIB – quase a metade do percentual de 2008, pico da série – os outros dois setores somados correspondem a 16,2%.

Agronegócio © Pinterest/Divulgação Agronegócio

Outro estudo lançado pelo IEDI mostrou ainda que os 10 produtos mais exportados pelo país são da agropecuária ou setor extrativista. A soja, o minério de ferro, o petróleo e os açúcares e melaços lideram a lista. Mesmo estados mais industrializados, como São Paulo, tem nas commodities o seu principal produto de exportação.

‘Governo não aprendeu nada com a pandemia’: pesquisador alerta sobre efeitos da penúria na ciência brasileira

  ‘Governo não aprendeu nada com a pandemia’: pesquisador alerta sobre efeitos da penúria na ciência brasileira Presidente da Associação Brasileira de Ciência, Luiz Davidovich diz que Brasil vive seu pior momento no financiamento da pesquisa científica."O êxodo na minha área, a física, está sendo muito maior agora do que anos atrás. Conheço ao menos cinco pesquisadores muito bons que saíram do país nos últimos dois ou três anos", relata Davidovich à BBC News Brasil.

Você deve estar se perguntando o que isso tudo significa. Calma, nós vamos responder isso agora.

É ruim ter um agronegócio forte?

Não. O agronegócio brasileiro é bastante produtivo e moderno e traz muitas divisas para o país. Foi o que permitiu, por exemplo, que o país criasse seu colchão de reservas em dólar, que ajudam a proteger o país de uma eventual fuga de dólares - não fosse isso o real estaria muito mais desvalorizado e a inflação muito mais alta, como acontece na Argentina.

Além disso, a prosperidade do agronegócio leva também prosperidade econômica à sua própria região.

Mas não há impacto ambiental?

Sim, como há em outras atividades econômicas. Esta é uma questão que não deve ser desprezada jamais e faz parte das políticas de países como os Estados Unidos e mesmo a China. Não se deve, no entanto, colocar todo o agronegócio dentro da mesma cesta. A modernidade tecnológica e as regras internacionais fizeram com que parte do setor adotasse ações mais sustentáveis do ponto de vista ambiental.

'O dentista passou a ter certa importância na saúde geral do ser humano', diz dr. Sergio Giorgi

  'O dentista passou a ter certa importância na saúde geral do ser humano', diz dr. Sergio Giorgi Ex-professor da Faculdade de Odontologia da USP, ele alerta para a importância da higiene oral na prevenção de outras doenças e comenta a descoberta de Sars-CoV-2 no tecido gengival de vítimas fatais da covid-19Em março, um estudo realizado por pesquisadores da USP descobriram pela primeira vez a presença do Sars-CoV-2 na gengiva de pacientes que vieram a óbito por causa do coronavírus. A descoberta foi publicada no Journal of Oral Microbiology e abre caminho para ligar a saúde bucal à presença da covid-19 na saliva de pessoas infectadas pelo vírus.

Por que o agronegócio brasileiro se tornou tão importante?

São vários fatores. Um deles é o próprio território brasileiro, formado por grandes fronteiras agrícolas que seguem em expansão. O outro – é preciso dizer – foi o desmatamento verificado ao longo dos anos 90 até meados do início dos anos 2000. A ascensão da China, que demandava muitas commodities, foi fundamental para este avanço, sobretudo entre o início dos anos 2000 e meados da década passada, quando houve o chamado “boom” de commodities. Assim como os investimentos do Estado brasileiro em pesquisa para o setor, por meio da Empresa Brasileira de Agropecuária (EMBRAPA).

O que é a indústria de transformação?

É o setor da indústria que transforma um elemento em outro, seja ele qual for. Fazem parte deste meio desde as fábricas de calçados, bebidas, automóveis, produtos domésticos.

Por que a indústria de transformação perdeu participação no PIB brasileiro?

O Brasil é um país de industrialização “tardia”. O que isso quer dizer? Significa que nós nos industrializamos relativamente tarde em comparação aos Estados Unidos e à Europa Ocidental – e mesmo em relação à nossa vizinha, Argentina. O processo de formação da nossa indústria ocorreu entre 1930 e 1980 e foi baseado na chamada “substituição de importações”, ou seja, a troca de produtos importados por produtos nacionais. O forte crescimento econômico do país durante a maior parte do século 20 permitiu a criação de um mercado de consumo que sustentasse essa indústria.

Fórum dos Leitores

  Fórum dos Leitores Cartas de leitores selecionadas pelo jornal O Estado de S. PauloO mitômano

A partir dos anos 1980, o setor começa a entrar em crise, sobretudo por razões externas. Essa crise se aprofunda ao longo da década de 1990, com a abertura do país para produtos importados – boa parte deles era proibida – e a criação do Plano Real, que tornou a nossa moeda equivalente ao dólar. Esses dois fatores tornaram produtos importados mais baratos que os nacionais, prejudicando a indústria.

Mas por que prejudicou a indústria se o real hoje vale muito menos que o dólar?

Apesar de o real ter se desvalorizado muito a partir de 2015, ele se manteve muito valorizado por um longo período. A atual desvalorização pode ter reduzido os danos da indústria, mas não reverteu o processo.

O Brasil é o único país do mundo que se desindustrializou?

Não. O processo de desindustrialização faz parte da realidade de diversos países. Mas há diferenças. Para um país de renda alta, como os Estados Unidos e a Inglaterra, os impactos são menores do que para os países de renda média, como o Brasil e a Argentina. Ainda assim, a desindustrialização tem causado problemas para quase todos os países ocidentais.

Vereador chama médica para defender tratamento precoce e prefeitura repudia

  Vereador chama médica para defender tratamento precoce e prefeitura repudia Médica, que participou de live da Câmara de Itaúna, chegou a dizer que vacinas têm menos evidências científicas que remédios. Especialista lamenta

Por que é um problema não ter uma indústria de transformação forte?

Nós não podemos pensar a indústria nos moldes do século 20. O que significa isso? Com exceção da China, nenhum país produz tudo aquilo que consome – como era mais ou menos a regra no século 20. No entanto, é importante ter uma indústria sólida em determinados setores, como faz a Alemanha, por exemplo, com o setor automobilístico. E por quê? Porque a indústria gera muitos empregos qualificados, inovação e é um motor de desenvolvimento para diversas regiões. Os seus ganhos são, digamos, mais democráticos que os ganhos obtidos pelo agronegócio e setor extrativista.

A necessidade de indústrias de transformação se verificou neste ano, por exemplo, com a dependência da China para a obtenção de máscaras e insumos para vacinas.

Plano Safra mira na agricultura familiar e em práticas sustentáveis .
Plano Safra mira na agricultura familiar e em práticas sustentáveisHá um foco importante na agricultura sustentável. O programa ABC (Agricultura de Baixo Carbono) de fomento a práticas que reduzem a emissão de gases, dobrou de tamanho, saltando de R$ 2,5 bilhões da safra anterior para R$ 5 bilhões. Por meio dele é possível financiar a produção de bioinsumos e reconstruir áreas de preservação permanente. O reforço ajuda a valorizar e incentivas as boas práticas em um momento em que o mundo inteiro pressiona o agro brasileiro (às vezes de forma equivocada) por uma produção mais sustentável.

usr: 2
Isto é interessante!