Mundo: China diz que manifestantes de Hong Kong são como "terroristas"; aeroporto reabre - PressFrom - Brasil

MundoChina diz que manifestantes de Hong Kong são como "terroristas"; aeroporto reabre

17:08  14 agosto  2019
17:08  14 agosto  2019 Fonte:   reuters.com

Polícia invade aeroporto de Hong Kong e se choca com manifestantes

Polícia invade aeroporto de Hong Kong e se choca com manifestantes Polícia invade aeroporto de Hong Kong e se choca com manifestantes

A polícia de Hong Kong foi acionada nesta terça-feira (13) para agir contra os manifestantes que A líder de Hong Kong , Carrie Lam, divulgou mais cedo uma advertência aos manifestantes ao dizer Até agora, a Representação da China em Hong Kong disse que tem plena confiança na polícia para

A polícia de Hong Kong foi acionada nesta terça-feira (13) para agir contra os manifestantes que transformaram o aeroporto internacional desta Região A China pode intervir politicamente? A China já fez uma série de intervenções políticas em Hong Kong , e isso tem sido um fator determinante por

China diz que manifestantes de Hong Kong são como "terroristas"; aeroporto reabre© Reuters Polícia patrulha aeroporto de Hong Kong após protestos

O escritório de ligação da China com Hong Kong disse nesta quarta-feira que os manifestantes antigoverno não são diferentes de "terroristas", enquanto o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que tropas chinesas estão rumando para a fronteira com Hong Kong e pediu calma.

Sediado em Pequim, o Escritório para Assuntos de Hong Kong e Macau disse nesta quarta-feira que crimes extremamente violentos precisam ser punidos com severidade, conforme a lei.

Voos no aeroporto de Hong Kong são cancelados nesta 2ª feira após protestos

Voos no aeroporto de Hong Kong são cancelados nesta 2ª feira após protestos Voos no aeroporto de Hong Kong são cancelados nesta 2ª feira após protestos

O aeroporto de Hong Kong é um dos mais movimentados do mundo, e os manifestantes tentam sensibilizar os visitantes As manifestações pelas ruas de Hong Kong começaram em junho como forma de repúdio a uma possível lei que permitia a extradição de condenados à China continental.

Os manifestantes que desde sexta-feira ocupam o aeroporto de Hong Kong invadiram esta segunda-feira a área de partidas, forçando o cancelamento de todos os 160 voos com partida agendada para a parte final da tarde. O caos gerado pela escalada dos protestos levou a China a

Os comunicados com palavreado contundente do governo central da China acontecem após confrontos violentos entre manifestantes vestidos de preto e batalhões de choque no aeroporto internacional de Hong Kong, um dos maiores polos de transporte do mundo, onde centenas de voos foram suspensos pelo segundo dia.

Algumas dúzias de manifestantes permaneceram no aeroporto nesta quarta-feira enquanto funcionários limpavam sangue e destroços. Os balcões de check-in reabriram diante de filas de centenas de viajantes cansados, que passaram a noite esperando seus voos.

Dez semanas de protestos cada vez mais violentos entre a polícia e manifestantes pró-democracia, ressentidos com o que veem como uma erosão das liberdades, mergulharam o polo financeiro asiático em sua pior crise desde que a China o recebeu de volta do Reino Unido em 1997.

Aeroporto de Hong Kong suspende voos pelo segundo dia após protestos

Aeroporto de Hong Kong suspende voos pelo segundo dia após protestos Aeroporto de Hong Kong suspende voos pelo segundo dia após protestos

O aeroporto de Hong Kong é um entroncamento crucial no tráfego aéreo mundial O aeroporto internacional de Hong Kong , inaugurado em 1998, fica num aterro conquistado do mar no domingo –, nesta segunda ele se referiu aos manifestantes como “ terroristas ”, o que prenuncia ainda mais

A polícia de Hong Kong foi acionada nesta terça-feira (13) para agir contra os manifestantes que transformaram o aeroporto internacional desta Região A China pode intervir politicamente? A China já fez uma série de intervenções políticas em Hong Kong , e isso tem sido um fator determinante por

O Escritório para Assuntos de Hong Kong e Macau disse condenar fortemente as "ações criminosas quase terroristas" em Hong Kong, incluindo o que classificou como um ataque violento a um jornalista e um turista da China continental no aeroporto.

A polícia repudiou os atos violentos de manifestantes de madrugada e disse que um grupo grande "assediou e agrediu um visitante e um jornalista". Alguns manifestantes disseram ter acreditado que um dos homens era um agente chinês infiltrado, e se confirmou que outro era um repórter do jornal chinês Global Times.

Cinco pessoas foram detidas nos distúrbios mais recentes, disse a polícia, o que elevou a mais de 600 o número de pessoas presas desde o início dos protestos, em junho.

As manifestações começaram como uma oposição a um projeto de lei hoje suspenso que teria permitido que suspeitos fossem extraditados para a China continental, mas se tornaram um clamor mais abrangente por democracia.

Aeroporto de Hong Kong volta a operar após ocupação em protesto

Aeroporto de Hong Kong volta a operar após ocupação em protesto Aeroporto de Hong Kong volta a operar após ocupação em protesto

As interrupções nos serviços do aeroporto de Hong Kong fazem parte da escalada das manifestações por mais liberdade social, entre outros pontos. A movimentação começou há mais de dez semanas em protesto contra uma lei que permitiria deportar cidadãos locais para serem julgados na China

O governo chinês condenou nesta segunda-feira (12) como terroristas os últimos atos violentos cometidos por manifestantes em Hong Kong Yang disse que nenhum governo do mundo tolerará tais atrocidades extremistas e acrescentou que as autoridades responderão com "punho de ferro".

A líder de Hong Kong, Carrie Lam, disse que a cidade foi colocada em um estado de "pânico e caos".

Os manifestantes afirmam estar combatendo a erosão da fórmula "um país, dois sistemas", que garante alguma autonomia a Hong Kong desde que a China a recebeu de volta do Reino Unido em 1997.

China volta a classificar protestos em Hong Kong como “terrorista”

China volta a classificar protestos em Hong Kong como “terrorista” China volta a classificar protestos em Hong Kong como “terrorista”

HONG KONG .- Cinco días con la misma modalidad. Hoy, como ayer y antes, miles de manifestantes atestaron la zona de salidas del aeropuerto de Hong Kong , que había sido reabierto apenas unas horas antes

VÍDEO: Manifestantes provocam segundo dia seguido de caos no aeroporto de Hong Kong . Os protestos em Hong Kong recentemente tomaram uma forma tal que alguns criminosos estão deliberadamente a perpetuar a violência", indica a nota oficial enviada a partir da missão da China

Os protestos representam um dos maiores desafios ao presidente chinês, Xi Jinping, desde que ele tomou posse, em 2012.

_____

Vídeo: Misteriosa vila não tem nascimento de meninos (Reuters)


Satélite flagra tropas chinesas na fronteira de Hong Kong.
Satélite flagra tropas chinesas na fronteira de Hong Kong

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 2
Isto é interessante!