Mundo China rejeita plano da OMS para estudar origem da Covid-19

18:38  22 julho  2021
18:38  22 julho  2021 Fonte:   msn.com

OMS critica “egoísmo” de países ricos que recomendam 3ª dose da vacina

  OMS critica “egoísmo” de países ricos que recomendam 3ª dose da vacina Uma terceira dose da vacina para prolongar a imunidade contra a Covid ganha adeptos em vários países, principalmente ricos, mas a recomendação não tem unanimidade. Entre seus opositores, está a Organização Mundial da Saúde (OMS) que taxa os governos das nações mais desenvolvidas do planeta de “egoístas”. Com informações do correspondente da RFI em Genebra, Jérémie Lanche Os laboratórios Pfizer e BioNTech defendem uma terceira dose para aumentar a eficácia de sua vacina anticovid contra novas variantes, e Israel já começou a aplicar um reforço nos pacientes mais vulneráveis.

Por Gabriel Crossley

Vice-ministro da Comissão Nacional de Saúde da China, Zeng Yixin © Reuters/SHUBING WANG Vice-ministro da Comissão Nacional de Saúde da China, Zeng Yixin

PEQUIM (Reuters) - A China rejeitou nesta quinta-feira um plano da Organização Mundial de Saúde para uma segunda fase da investigação da origem do coronavírus, que inclui a hipótese de que ele teria escapado de um laboratório chinês, afirmou uma importante autoridade sanitária.

A OMS este mês propôs uma segunda fase de estudos sobre as origens do coronavírus na China, incluindo auditorias de laboratórios e mercados na cidade de Wuhan, pedindo transparência das autoridades.

"Não aceitaremos tal plano de rastreamento de origens como esse porque, em alguns aspectos, ignora o bom senso e desafia a ciência", disse o vice-ministro da Comissão Nacional de Saúde, Zeng Yixin, a repórteres.

Quem foi 'Madame Mao', a temida esposa de Mao Tsé-Tung que se tornou a mulher mais poderosa da China comunista

  Quem foi 'Madame Mao', a temida esposa de Mao Tsé-Tung que se tornou a mulher mais poderosa da China comunista Jiang Qing sonhava em ser uma atriz de sucesso do cinema, mas destino a tornaria a mulher mais poderosa — e também temida — da China até cair em desgraça e virar bode expiatório do Partido Comunista.No entanto, o destino a tornaria a mulher mais poderosa — e também a mais temida — da China.

Zeng disse que ficou surpreso ao ler pela primeira vez o plano da OMS porque ele lista a hipótese de que uma violação de protocolo em um laboratório chinês teria causado o vazamento do vírus durante pesquisas.

O líder da OMS disse neste mês que as investigações sobre a origem da pandemia de Covid-19 na China estavam sendo prejudicadas pela falta de dados brutos dos primeiros dias da disseminação naquele país.

Zeng reiterou a posição da China de que alguns dados não podem ser completamente compartilhados por questões de privacidade.

(Por Gabriel Crossley e Stella Qiu)

China registra maior número diário de casos de Covid-19 desde janeiro .
A China registrou 76 novos casos positivos de Covid-19 nesta segunda-feira (26), um número recorde desde janeiro. A maioria das contaminações foram detectadas em Nanjing, capital da província de Jiangsu, segunda maior cidade da região leste do país, a 305 km de Xangai. Primeiro país a enfrentar o coronavírus no final de 2019, o gigante asiático quase erradicou a doença em seu solo no segundo trimestre do ano passado. Dezenas de milhares deDezenas de milhares de pessoas estão confinadas em Nanjing. As autoridades determinaram que os 9,2 milhões de habitantes da cidade devem passar por testes, após a descoberta de um surto detectado no aeroporto. Os primeiros casos foram diagnosticados na semana passada.

usr: 1
Isto é interessante!