Mundo Bolsonaro diz que há “indícios” sobre ivermectina; Oxford ainda testa

14:36  16 setembro  2021
14:36  16 setembro  2021 Fonte:   poder360.com.br

CPI decide pedir indiciamento de Bolsonaro por curandeirismo

  CPI decide pedir indiciamento de Bolsonaro por curandeirismo Medida foi discutida por cúpula da comissão após depoimento de diretor de fabricante de ivermectina. Remédio comprovadamente ineficaz contra covid-19 foi promovido pelo presidente. © Carolina Antunes/PR Bolsonaro promoveu uso de remédios sem efeito comprovado para a covid-19 A cúpula da CPI da Pandemia decidiu nesta quarta-feira (11/08) que vai propor o indiciamento do presidente Jair Bolsonaro por curandeirismo e propaganda enganosa, entre outros crimes.

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta 4ª feira (23.jun.2021) que “Oxford encontrou fortes indícios de que a ivermectina funciona” contra a covid. Deu a declaração a apoiadores no Palácio da Alvorada.

O presidente Jair Bolsonaro em conversa com apoiadores, no Palácio da Alvorada. O trecho foi transmitido por canal bolsonarista no YouTube © Reprodução/Foco do Brasil O presidente Jair Bolsonaro em conversa com apoiadores, no Palácio da Alvorada. O trecho foi transmitido por canal bolsonarista no YouTube

Na manhã desta 4ª, a universidade britânica fez anúncio de que está realizando testes para verificar se o medicamento é eficiente no tratamento contra a covid. Não há ainda conclusões. Mais de 5.000 voluntários já foram recrutados.

Receba a newsletter do Poder360

Moradores do interior dos EUA estão tomando superdosagem de ivermectina

  Moradores do interior dos EUA estão tomando superdosagem de ivermectina Moradores do interior dos EUA estão tomando superdosagem de ivermectina“Há um motivo pelo qual você precisa de um médico para obter uma receita para esse produto, porque pode ser perigoso”, comenta o médico de família Jason McElyea, que atende na cidade de Sallisaw, à emissora.

Apoiado pelo governo britânico, o teste do medicamento é o 7º estudo realizado pelo projeto, que foi batizado de Principle (Princípio em inglês). O mesmo estudo clínico já mostrou que os antibióticos azitromicina e doxiciclina são ineficazes no tratamento da covid-19 em estágio inicial.

O investigador-chefe adjunto do projeto, professor Chris Butler, do Departamento de Ciências da Saúde de Atenção Primária de Nuffield da Universidade de Oxford, explicou a escolha do medicamento pelo fato da “ivermectina estar prontamente disponível no mundo todo e ter sido amplamente utilizada para muitas outras doenças infecciosas, por isso é um medicamento bem conhecido com um bom perfil de segurança”.

Bolsonaro não vai dar golpe no 7 de Setembro, mas atos são preparação para isso, diz Marcos Nobre

  Bolsonaro não vai dar golpe no 7 de Setembro, mas atos são preparação para isso, diz Marcos Nobre SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Marcos Nobre, professor de filosofia da Unicamp e presidente do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento, o Cebrap, não acredita que haverá um golpe neste 7 de setembro. Mas a mobilização bolsonarista no feriado é, segundo ele, preparação para uma ruptura. “O que Bolsonaro planeja é uma invasão do Capitólio organizada”, afirma Nobre em referência à multidão que ocupou o Congresso dos EUA em 6 de janeiro deste ano sob o estímulo de Donald Trump, presidente do país àquela altura.


Video: Bolsonaro diz que “não tem nada comprovado cientificamente” para combater a covid 19 (Poder360)

A ivermectina é um fármaco antiparasitário usado para o tratamento de sarna e piolho, por exemplo. Em fevereiro deste ano, a Merck, empresa farmacêutica que produz a substância, afirmou que não há base científica para comprovar a eficácia do medicamento no tratamento da covid.

Manifestações da oposição

O presidente falou sobre os protestos da oposição, contra o governo e a favor do impeachment e disse que os manifestantes recebem dinheiro para participarem dos atos.

Pessoal aí, a é maioria é paga. Se perguntar, não sabem o que estão fazendo. A gente vai recuperando esse pessoal devagar. A maioria dos que estão ali é tudo pobre coitado”, disse.

Manifestantes voltaram às ruas em 19 de junho para protestar contra o presidente. Movimentos de oposição, que convocaram os atos, afirmaram que houve concentração em 438 cidades.

Os manifestantes cobraram a aceleração da vacinação, a proteção dos povos indígenas, o combate ao racismo, defenderam o auxílio emergencial e pediram a valorização da saúde e educação no país.

Na ONU, Bolsonaro tenta vender imagem positiva do país, mas não abandona discurso ideológico .
Presidente elogiou código florestal, mas defendeu ‘tratamento precoce’ e criticou ‘passaporte de vacina’. Analistas mostram ceticismo em sucesso da mensagem para mudar imagem internacional do BrasilO mandatário brasileiro foi o primeiro chefe de Estado a discursar na 76a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) na manhã desta terça (21/09), na cidade de Nova York.

usr: 13
Isto é interessante!