Mundo Descontrolado, ministro Queiroga mostra dedo do meio a brasileiros em NY

16:52  21 setembro  2021
16:52  21 setembro  2021 Fonte:   catracalivre.com.br

“Reclamadores crônicos”, diz Queiroga sobre Estados que não seguem PNI

  “Reclamadores crônicos”, diz Queiroga sobre Estados que não seguem PNI Ministro atribuiu a falta de doses em alguns Estados ao descumprimento do plano nacional nesses locaisQueiroga criticou o Estado de São Paulo, governado por João Doria (PSDB), opositor do governo Bolsonaro. Ele esteve no Amazonas nos últimos dias e disse que lá, diferente de São Paulo, havia doses de todos os laboratórios.

Quem fala que gay é escandaloso, é porque nunca viu um hétero branco rico acuado. Em Nova York, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, absolutamente descontrolado, mostrou os dedos do meio das duas mãos para manifestantes brasileiros contrários ao governo de Jair Bolsonaro (sem partido).

  Descontrolado, ministro Queiroga mostra dedo do meio a brasileiros em NY © reprodução/Twitter

De dentro de um micro-ônibus que transportava a comitiva de Bolsonaro para participar da 76ª Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Queiroga levanta-se de seu assento, aproxima-se da janela, e começa a mostrar os dois dedos do meio a manifestantes. Ele estava muito exaltado.

Os brasileiros que protestavam contra o governo gritavam palavras de ordem. “Vermes”, “entreguistas”, “estão vendendo o Brasil”, diziam os manifestantes.

Queiroga diz que partiu de Bolsonaro orientação para rever vacina de adolescentes

  Queiroga diz que partiu de Bolsonaro orientação para rever vacina de adolescentes Em transmissão nas redes sociais, ministro da Saúde contou sobre apelo do presidente; governo federal orientou suspender imunização de jovens sem comorbidades, o que contrariou especialistas e gestores locaisO ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou nesta quinta-feira, 16, que partiu do presidente Jair Bolsonaro a orientação para rever a vacinação de adolescentes. Mais cedo, a pasta recomendou a interrupção da aplicação de doses em pessoas de 12 a 17 anos sem comorbidades, como diabete, problema cardíaco ou deficiência física. A Anvisa, porém, manteve a autorização do imunizante da Pfizer para essa faixa etária.

A atitude do ministro da Saúde viralizou nas redes sociais. Muitos internautas debocharam do descontrole de Queiroga.

Bolsonaro em NY

Em Nova York, nos EUA, para participar da 76ª Assembleia-Geral da ONU, que começa na próxima terça-feira, 21, Bolsonaro não pode entrar nos restaurantes nova-iorquinos porque ainda não se vacinou contra a covid-19 (sendo que ele já poderia ter se vacinado há meses).

Por conta dessa proibição muito sensata, o presidente foi flagrado comendo pizza na mão, fora do restaurante, nas ruas de Nova York com sua comitiva. Um vexame!

Na foto, aparecem o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga; do Turismo, Gilson Machado; da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres; da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos; e o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães.

Veja também: Bolsonaro leva coice de prefeito de Nova York por não tomar vacina

Diagnosticado com covid, Queiroga se encontrou com pelo menos 30 pessoas em NY .
Ministro da Saúde esteve em evento com o britânico Boris Johnson, ministros brasileiros e outras lideranças mundiais; agenda do chanceler brasileiro Carlos França foi afetadaNa segunda-feira, no hotel onde estão hospedados, Queiroga tomou o café da manhã com ministros e integrantes da comitiva presidencial. No mesmo dia, esteve com o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, e jantou na área externa do restaurante Fogo de Chão. Por determinação da prefeitura de Nova York, pessoas não vacinadas como o presidente não podem fazer consumo interno de alimentos.

usr: 4
Isto é interessante!