Mundo Protesto no Líbano termina em um morto e oito feridos

15:17  14 outubro  2021
15:17  14 outubro  2021 Fonte:   afp.com

Líbano: Um morto e oito feridos em manifestação em Beirute

  Líbano: Um morto e oito feridos em manifestação em Beirute Protesto contra o juiz que decidiu suspender investigação à explosão no porto de Beirute, em agosto de 2020, resultou esta quinta-feira (14.10) em violência armada, causando pelo menos uma vítima mortal e oito feridos. © Hussein Malla/AP Photo/picture alliance Provided by Deutsche Welle Uma manifestação contra o juiz que decidiu, na terça-feira (12.10), suspender a investigação à explosão no porto de Beirute, no Líbano, resultou esta quinta-feira em violência armada, causando pelo menos um morto e oito feridos.

Uma pessoa morreu, e outras oito ficaram feridas nesta quinta-feira (14) durante tiroteios em uma manifestação dos movimentos xiitas Hezbollah e Amal em Beirute - disse uma médica à AFP.

Soldados libaneses na área de Tayouneh, na capital do país, Beirute, em 14 de outubro de 2021 © JOSEPH EID Soldados libaneses na área de Tayouneh, na capital do país, Beirute, em 14 de outubro de 2021

A vítima foi baleada na cabeça, e três dos feridos se encontram em estado crítico, disse a médica Mariam Hassan, do hospital Sahel, nos arredores de Beirute.

A manifestação exigia a destituição do juiz encarregado da investigação da explosão no porto da cidade, ocorrida em 4 de agosto de 2020. A tragédia causou a morte de pelo menos 214 pessoas e feriu mais de 6.000, além de destruir vários edifícios na capital libanesa.

Em grave crise política, Líbano aprova antecipação de eleições

  Em grave crise política, Líbano aprova antecipação de eleições Pleito foi marcado para 27 de março de 2022A razão oficial para a antecipação é o Ramadã. A celebração islâmica está programada ente os dias 2 de abril e 2 de maio do ano que vem.

O Hezbollah e seus aliados acreditam que o juiz está politizando a investigação.

Na terça-feira (12), o juiz Tareq Bitar emitiu um mandado de prisão para o deputado e ex-ministro das Finanças Ali Hassan Khalil, membro do Amal e aliado do Hezbollah.

Na sequência, viu-se obrigado a suspender a investigação. Dois ex-ministros apresentaram uma denúncia contra o magistrado, a qual foi indeferida nesta quinta-feira. Com isso, ele retomará seu trabalho.

Esta questão está prestes a implodir o recém-formado governo libanês, após um ano de bloqueio político.

rh-ho/vg/hj/bl/es/tt

Ao menos 20 mortos e centenas de feridos em terremoto no Paquistão .
Ao menos 20 pessoas morreram e mais de 200 ficaram feridas em um terremoto de 5,9 graus que abalou o sul do Paquistão durante a madrugada desta quinta-feira (7), provocando o desabamento de vários imóveis. O Serviço Geológico dos Estados Unidos informou inicialmente que o terremoto registrou 5,7 graus e profundidade de 20 quilômetros, mas poucas horas depois revisou o a magnitude para 5,9. O tremor foi sentido em toda a região do Baluchistão, na fronteira com Afeganistão e Irã, assim como na capital provincial Quetta, 170 quilômetros ao oeste de Harnai.

usr: 1
Isto é interessante!