Mundo Evergrande evita calote milionário com pagamento de juros na última hora

12:05  23 outubro  2021
12:05  23 outubro  2021 Fonte:   estadao.com.br

China diz que riscos relacionados à Evergrande são controláveis

  China diz que riscos relacionados à Evergrande são controláveis O banco central da China rompeu o silêncio sobre a crise da China Evergrande ao dizer que os riscos para o sistema financeiro decorrentes dos problemas da incorporadora são “controláveis” e improváveis de se espalharem. Most Read from BloombergOut-of-Practice Airline Pilots Are Making Errors Back in the AirThe World’s Rich and Powerful Are Stashing $500 Billion in This Tax HavenWhat Comes After GE’s 129 Years of Greenhouse GasWhat the Front Line of the U.S.

90 horas después. En México, la institución responsable de coordinar el examen nacional de aspirantes a residencias médicas (ENARM) es la Comisión Interinstitucional para la Formación de Recursos Humanos para la Salud (CIFRHS).

O pagamento do cupom pela Evergrande , efetuado ao final de um período de carência de 30 dias, é a última reviravolta em uma saga que abalou o mercado de crédito offshore da China, que movimenta US$ 860 bilhões, e azedou o humor em relação ao setor imobiliário do país, que A carência de 30 dias para o próximo pagamento de cupom em dólar termina em 29 de outubro. A Evergrande precisa pagar juros sobre outras quatro emissões de títulos em dólar este ano e tem uma quantia enorme de dívidas com vencimento em 2022 — cerca de US$ 7,4 bilhões em obrigações onshore e offshore.

Quer se manter informado, ter acesso a mais de 60 colunistas e reportagens exclusivas?Assine o Estadão aqui!

Os investidores podem respirar aliviados. Pelo menos por enquanto, a Evergrande evitou o calote depois de fazer um importante pagamento de juros de última hora. A crise de caixa da incorporadora imobiliária chinesa provocou temores sobre as consequências financeiras globais de seu colapso.

O jornal Securities Times, controlado pelo governo chinês, publicou ontem que a Evergrande transferiu um pagamento de US$ 83,5 milhões para os detentores de títulos, na véspera do fim de um período de carência de 30 dias, retirando a empresa da iminência de um dos maiores calotes da história.

Biden promulga lei que eleva limite da dívida dos EUA e evita calote

  Biden promulga lei que eleva limite da dívida dos EUA e evita calote Biden promulga lei que eleva limite da dívida dos EUA e evita calote Sem o aumento do teto da dívida, o Tesouro dos EUA havia estimado que ficaria sem dinheiro para pagar as contas do país em 18 de outubro. O aumento de 480 bilhões de dólares no limite de empréstimo aprovado por Biden deve acabar até 3 de dezembro. Após semanas de disputa partidária, o Senado aprovou na semana pssada o aumento e a Câmara fez o mesmo na terça-feira.

A construtora chinesa Evergrande reembolsou o pagamento de juros sob um título emitido em dólares à última hora , antes de entrar formalmente em incumprimento, informou esta sexta-feira a imprensa estatal. O fracasso da Evergrande em pagar o cupão até ao prazo de 23 de setembro gerou volatilidade no mercado de capitais internacional e avaliações negativas sobre o setor imobiliário da China, que está sob pressão do governo para reduzir a alavancagem. A falta de pagamento desencadeou um período de carência de 30 dias, que devia expirar à meia-noite em Nova Iorque, no

HONG KONG/XANGAI (Reuters) - O China Evergrande Group parece ter evitado a inadimplência com um pagamento de cupom de bônus de última hora , disse uma fonte nesta sexta-feira, "comprando" mais uma semana para lidar com uma crise de dívida que paira sobre a segunda maior economia do mundo. A segunda maior incorporadora imobiliária da China enviou 83,5 milhões de dólares para uma conta fiduciária do Citibank na quinta-feira, disse à Reuters uma pessoa com conhecimento do assunto, permitindo à empresa pagar juros sobre um título denominado em dólares

A notícia foi recebida com otimismo cauteloso pelo mercado, com as perspectivas de longo prazo da Evergrande pouco claras. A empresa ainda tem dívidas de US$ 300 bilhões, cerca de 2% do produto interno bruto da China. As ações da Evergrande fecharam em alta de 4,3% em Hong Kong.

“Embora seja obviamente um passo positivo, as pessoas querem ver um plano viável para o próximo pagamento”, disse Scott Mollen, sócio da Herrick Feinstein, escritório de advocacia com sede em Nova York que representa algumas empresas imobiliárias chinesas. “As questões fundamentais permanecem e precisam ser resolvidas.”

Intervenção

Pequim tem tentado tranquilizar o público nesta semana, com autoridades seniores vindo a público para dizer que o risco de contágio era controlável. O vice-primeiro-ministro chinês, Liu He, e o governador do banco central do país, Yi Gang, estavam entre aqueles que se dirigiram a Evergrande, em um raro caso em que vários líderes chineses discutiram publicamente a situação difícil de uma única empresa.

BC chinês trabalha para evitar os riscos da Evergrande

  BC chinês trabalha para evitar os riscos da Evergrande Durante o seminário anual do G-30, o presidente do Banco do Povo da China disse que apenas um terço das dívidas da Evergrande são com instituições financeiras, uma situação que minimizaria o risco . No total, a empresa chinesa acumula mais de US$ 300 bilhões em dívidas. “Causa preocupação e uma ampla discussão”, disse o dirigente, em resposta a uma pergunta sobre a crise da Evergrande. Video: Central 98 13/10/21 (Dailymotion) Em seu discurso de abertura, Yi Gang afirmou, sem mencionar diretamente a incorporadora, que o risco de calote de “certas empresas” era um dos desafios para o crescimento econômico da China.

O comunicado não menciona o pagamento dos juros de outro título que também vencem na quinta-feira. O acordo significa um breve alívio para a incorporadora imobiliária, que tem 200 mil funcionários, presença em mais de 280 cidades e afirma ser responsável por gerar 3,8 milhões de trabalhos indiretos na China. A empresa contratou especialistas para tentar evitar o colapso e, segundo informações da Bloomberg, as agências reguladoras do governo também enviaram funcionários para ajudar o grupo. Os temores de falência da Evergrande e de um contágio à economia chinesa e mundial afetaram as

HONG KONG/XANGAI (Reuters) - O China Evergrande Group parece ter evitado a inadimplência com um pagamento de cupom de bônus de última hora , disse uma fonte nesta sexta-feira, "comprando" mais uma semana para lidar com uma crise de O pagamento reforça as garantias das autoridades chinesas de que os credores estarão protegidos. Ainda assim, a mais endividada companhia do setor imobiliário do mundo --com mais de 300 bilhões de dólares em passivos-- precisará fazer pagamentos de uma série de outros títulos, com o próximo prazo crucial para evitar o calote em 29 de outubro e

“Acho que, no geral, o risco da Evergrande é um caso isolado”, disse Yi, na quarta-feira, no anual Seminário Bancário Internacional do G30. “Primeiro, vamos tentar impedir o contágio de outras empresas do setor imobiliário. Depois, evitaremos o contágio de outras partes do setor financeiro.”

A Evergrande, fundada em 1996, teve seu auge durante o boom imobiliário da China, ao mesmo tempo em que acumulava uma montanha de dívidas. Seu fundador, Xu Jiayin, tornou-se o empresário mais rico da China em 2017, e a Evergrande, a empresa imobiliária mais valiosa do mundo em 2018.

A reportagem do Securities Times de ontem não disse como a Evergrande financiou o pagamento dos juros ou se houve intervenção do governo. A incorporadora chinesa não respondeu às solicitações de comentário. Os analistas já haviam minimizado a ideia de que Pequim interviria, dizendo que o colapso da Evergrande serviria como um aviso para outras empresas endividadas. /TRADUÇÃO DE ROMINA CÁCIA

China afirma que fundador da Evergrande de pagar as dívidas da empresa com seus recursos .
As autoridades chinesas afirmaram ao fundador do grupo imobiliário Evergrande, Xu Jiayin, que ele deve usar sua fortuna pessoal para ajudar a enfrentar a grande dívida da empresa, informou a imprensa. A Bloomberg informou que sua fortuna pessoal é de menos de US$ 8 bilhões. Xu, de 63 anos, já foi a pessoa mais rica da China, com uma fortuna de mais de 40 bilhões de dólares há alguns anos, antes do início dos problemas na empresa.

usr: 2
Isto é interessante!