Mundo A Crônica Francesa tem referências ao jornalismo e ao cinema francês; veja 5 curiosidades sobre o filme de Wes Anderson

21:56  18 novembro  2021
21:56  18 novembro  2021 Fonte:   adorocinema.com

Intocáveis na Sessão da Tarde (09/11): Emocionante filme de drama é baseado em uma história real

  Intocáveis na Sessão da Tarde (09/11): Emocionante filme de drama é baseado em uma história real Esta terça-feira é dia de chorar com a Sessão da Tarde da TV Globo. Nome certo para quem gosta de filmes emocionantes baseados em fatos reais, Intocáveis, filme de drama francês, apresenta uma bonita história de superação e amizade, explorando a relação entre dois homens vindos de cenários bastante distintos.Na trama, Philippe é um aristocrata rico que, após sofrer um grave acidente, fica tetraplégico. Precisando de um assistente, ele decide contratar Driss, um jovem problemático que não tem a menor experiência em cuidar de pessoas no seu estado. Aos poucos, Driss aprende a função, apesar das diversas gafes que comete.

A Crônica Francesa tem referências ao jornalismo e ao cinema francês; veja 5 curiosidades sobre o filme de Wes Anderson © AdoroCinema A Crônica Francesa tem referências ao jornalismo e ao cinema francês; veja 5 curiosidades sobre o filme de Wes Anderson

A Crônica Francesa, novo filme de Wes Anderson, chega aos cinemas brasileiros nesta quinta-feira (18). O longa traz todas as características que os fãs esperam de uma obra criada pelo aclamado diretor: elenco renomado formado por colaboradores frequentes, personagens peculiares, uma estética visual única, roteiro espirituoso e boas doses de humor sarcástico.

The French Dispatch (no original) acompanha um grupo de jornalistas que trabalha em uma revista americana conhecida como A Crônica Francesa, cuja sede está localizada em uma pequena cidade da França. Quando o adorado editor morre, a equipe da redação se reúne para escrever seu obituário, e as lembranças que surgem disso mergulham o público em quatro crônicas diferentes produzidas pelos funcionários do veículo. Assim, somos apresentados tanto aos autores dos contos quanto às pessoas que os protagonizam.

Filmes online: “Shang-Chi” é destaque de semana de grandes estreias em streaming

  Filmes online: “Shang-Chi” é destaque de semana de grandes estreias em streaming Tem estreia de filme da Marvel no streaming. “Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis” chega com exclusividade ao Disney+ nesta sexta (12/11), em que a plataforma celebra dois anos de seu lançamento original (nos EUA) com várias novidades e preço promocional de assinatura. O filme mais bem-sucedido da pandemia na América do Norte gira […]O filme mais bem-sucedido da pandemia na América do Norte gira em torno de um conflito entre pai e filho. Na versão do cinema, Shang-Chi é filho de ninguém menos que o Mandarim, vilão mencionado na franquia do Homem de Ferro e que ainda não tinha aparecido de verdade no MCU (Universo Cinematográfico da Marvel).

Ficou curioso? Então vem que o AdoroCinema te conta 5 curiosidades sobre A Crônica Francesa!

ELENCO ESTRELADO VAI DE TIMOTHÉE CHALAMET A ELISABETH MOSS   A Crônica Francesa tem referências ao jornalismo e ao cinema francês; veja 5 curiosidades sobre o filme de Wes Anderson © Fornecido por Adorocinema

Assim como os demais filmes de Anderson, A Crônica Francesa conta com um elenco gigantesco e ilustríssimo. Aos renomados atores e atrizes que costumam trabalhar com o cineasta – entre eles Bill Murray, Adrien Brody, Owen Wilson, Jason Schwartzman e Tilda Swinton –, acrescentam-se outros nomes famosos que fazem sua estreia no “universo Anderson”, como Benicio Del Toro, Léa Seydoux e Timothée Chalamet. Mas a lista não para por aí, incluindo também Frances McDormand, Willem Dafoe, Elisabeth Moss, Christoph Waltz, Saoirse Ronan, Jeffrey Wright, Edward Norton e Liev Schreiber.

Como foi encontro com 'honrarias' entre Lula e Macron em Paris

  Como foi encontro com 'honrarias' entre Lula e Macron em Paris Ex-presidente foi recebido com tratamento de chefe de Estado por presidente francês, que é um desafeto do atual líder brasileiro, Jair Bolsonaro.A chegada de Lula à sede da Presidência francesa contou com a presença da guarda republicana, que marchou e se posicionou na escadaria onde Macron recebe os convidados.

FILME HOMENAGEIA A REVISTA THE NEW YORKER   A Crônica Francesa tem referências ao jornalismo e ao cinema francês; veja 5 curiosidades sobre o filme de Wes Anderson © Fornecido por Adorocinema

Como o próprio Anderson explica em comunicado oficial, A Crônica Francesa resulta da junção de três ideias diferentes: "O filme é uma coleção de contos, algo que sempre quis fazer; um filme inspirado na The New Yorker e o tipo de repórter que sempre foi conhecido por suas publicações; e, tendo passado muito tempo na França ao longo dos anos, sempre quis fazer um filme francês, que fosse relacionado ao cinema francês”.

O diretor é fã da prestigiosa publicação americana desde sua adolescência – fato confirmado por Owen Wilson, companheiro de quarto de Anderson na faculdade e colaborador recorrente de suas produções. O ator conta que, na época, o aspirante a cineasta lia a The New Yorker o tempo todo, o que ele considerava bastante incomum. "Acredito que Anderson não era assinante, porque isso estaria fora do seu alcance financeiro, mas ele ficava completamente absorvido por aquela revista. Que presente atencioso a todos aqueles escritores”, diz Wilson.

Uma cena de um filme italiano de 1962 circula como se fosse uma foto da Guerra Fria

  Uma cena de um filme italiano de 1962 circula como se fosse uma foto da Guerra Fria Uma imagem em preto e branco na qual se vê uma jovem ajoelhada próximo a dois grupos de soldados recebeu mais de 15 mil interações nas redes sociais desde, pelo menos, 8 de novembro de 2021. Segundo as publicações, o registro seria uma foto de 1955 que mostraria uma jovem fugindo do comunismo na Alemanha Oriental, antes da construção do Muro de Berlim. Mas isso é falso. A imagem, na realidade, é uma cena do filme italiano “Oggi a Berlino”, de 1962.“Uma das fotos mais impactantes da Guerra Fria foi tirada em 1955 quando uma jovem alemã fugiu do lado comunista em direção à liberdade.

Anderson reforça que a grande estrela da trama é a palavra escrita, que acontece em muitos níveis diferentes. “Tem o que você vê na tela, tem as legendas, tem a textura da revista e tem a importância do relacionamento dos editores da revista com a forma de escrever. O herói de toda história é um escritor”, observa o diretor.

7 filmes sobre jornalismo imperdíveis para quem procura saber mais sobre a profissãoWES ANDERSON FAZ REFERÊNCIAS AO CINEMA FRANCÊS   A Crônica Francesa tem referências ao jornalismo e ao cinema francês; veja 5 curiosidades sobre o filme de Wes Anderson © Fornecido por Adorocinema

O filme funciona como uma espécie de antologia ao conectar quatro histórias distintas, criando uma espécie de Mil e uma Noites. Mas, para além disso, A Crônica Francesa demonstra o amor de Anderson pelo cinema como um todo e, principalmente, pela produção artística da França – país que adotou o diretor nos últimos anos.

Ele faz, portanto, referências a grandes cineastas franceses como Jean-Luc Godard, François Truffaut, Jean Renoir, Louis Malle e Jacques Tati. Italianos como Vittorio De Sica e Luchino Visconti também serviram de inspiração para Anderson, ao lado dos aclamados Alfred Hitchcock, Billy Wilder, Francis Ford Coppola e Roman Polanski.

Como aprender francês on-line e tirar o certificado de fluência

  Como aprender francês on-line e tirar o certificado de fluência Para quem pensa em estudar fora do Brasil, aprender o idioma abre portas em vários países. Além disso, é o idioma oficial em 30 países. Além da França, é falado no Canadá, Bélgica, Suíça,  Mônaco e Luxemburgo.Na África, devido aos séculos de colonização francesa no continente, é um idioma presente em diversos países: Benin, Burquina Fasso, Costa do Marfim, Guiné, Mali, Níger, Senegal, Togo,  Camarões, República Centro-Africana, República do Congo, Gabão, Guiné Equatorial, Chade, Djibuti, Comores e Madagascar.

5 filmes franceses que devem ser vistos pelo menos uma vez na vidaCOM UMA FOTOGRAFIA INCRÍVEL, FILME FOI GRAVADO NO SUDOESTE DA FRANÇA   A Crônica Francesa tem referências ao jornalismo e ao cinema francês; veja 5 curiosidades sobre o filme de Wes Anderson © Fornecido por Adorocinema

Outra característica facilmente associada às obras de Anderson é a estética diferenciada e impecável, mais especificamente no que diz respeito à fotografia. Dono de uma das identidades visuais mais brilhantes do cinema atual, ele ficou conhecido por seus enquadramentos simétricos e por sua paleta de cores em tons pastéis – traços que se repetem em A Crônica Francesa.

Para criar a fictícia cidade de Ennui-sur-Blasé (um jogo de palavras que significa algo como "tédio-sobre-desinteresse"), o diretor cogitou, inicialmente, usar várias locações e juntá-las na sala de edição. Mas acabou optando por rodar o filme na cidade de Angoulême, na região da Nova-Aquitânia (sudoeste da França).

Fãs identificam lugares ao redor do mundo que poderiam estar em um filme do Wes Anderson

“Angoulême tinha a antiguidade e a arquitetura adequadas. Tinha todas as curvas, esquinas, escadas e pequenos viadutos; todo esse empilhamento vertical único de marcos históricos", diz o designer de produção Adam Stockhausen.

"Isso produzia belos quadros e também lembrava certas áreas de Paris, Lyon e outras cidades francesas”. Em Angoulême, Anderson e sua equipe encontraram uma antiga fábrica de feltro e a transformaram em um estúdio de cinema em miniatura, montando uma oficina de construção, uma oficina de criação de maquetes e dois cenários.

TVs públicas são um recurso inexplorado para a construção do jornalismo local

  TVs públicas são um recurso inexplorado para a construção do jornalismo local Em vez de deixar os canais definharem devido às flutuações do mercado comercial, devemos financiá-los publicamente .Em 20 de outubro, Dia da Mídia Comunitária, o Public Media Network (PMN, Rede de Mídia Pública) celebrou 40 anos de operação dos canais a cabo de acesso público, educacional e governamental (PEG) de Kalamazoo, Michigan. Diferente da radiodifusão pública local, o legado do PMN se baseia em ensinar moradores como produzir programas de televisão a cabo locais.

A CRÔNICA FRANCESA É 10º FILME DE WES ANDERSON   A Crônica Francesa tem referências ao jornalismo e ao cinema francês; veja 5 curiosidades sobre o filme de Wes Anderson © Fornecido por Adorocinema

Escrito, dirigido e produzido por Anderson, A Crônica Francesa é o 10º filme de sua carreira, que começou em 1996 com Pura Adrenalina. Nesse meio-tempo, ele lançou sucessos como Os Excêntricos Tenenbaums, Moonrise Kingdom e O Grande Hotel Budapeste, além das animações O Fantástico Sr. Raposo e Ilha dos Cachorros.

Ilha dos Cachorros: Wes Anderson fala sobre o processo de criação do filme em novo vídeo (Exclusivo)

Festival Varilux de Cinema Francês: Ator de Sex Education e filme sobre negacionismo marcam abertura do evento (Entrevista) .
Consolidado como o maior evento de filmes franceses fora da França e somando mais de um milhão de espectadores em todo país desde sua criação, o Festival Varilux de Cinema Francês chega a sua 12ª edição, que acontece entre 25 de novembro e 8 de dezembro. Drama, romance, comédia, animação e documentário integram a programação composta por dois clássicos e 17 longas inéditos, entre premiados e participantes de festivais internacionais. Rio de Janeiro e São Paulo recebem ainda uma mostra com quatro filmes em homenagem a Jean-Paul Belmondo, ícone do cinema francês que morreu em setembro.

usr: 1
Isto é interessante!