Mundo Black Friday 2021: brasileiro se rende a sites chineses e produtos ‘baratinhos’

21:06  25 novembro  2021
21:06  25 novembro  2021 Fonte:   estadao.com.br

Black Friday da NBA: os maiores descontos já vistos

  Black Friday da NBA: os maiores descontos já vistos Um show de ofertas com tudo pela metade do dobro do preço O post Black Friday da NBA: os maiores descontos já vistos apareceu primeiro em Jumper Brasil.

Quer se manter informado, ter acesso a mais de 60 colunistas e reportagens exclusivas?Assine o Estadão aqui!

Em tempos de dinheiro curto, como participar da Black Friday? A resposta que muitos brasileiros estão encontrando para essas perguntas está na China - ou, mais especificamente, nos sites asiáticos que vendem produtos baratinhos, partindo de R$ 1,99. É de olho nesse grande contingente de pessoas que não podem gastar muito que sites como Shopee, Shein e AliExpress ganham força no Brasil.

Esses gigantes chineses, que têm ampliado sua estrutura no País e garantido frete grátis para uma parcela maior de suas compras, já são rivais de peso para as gigantes nacionais que sempre dominaram a Black Friday, como Magazine Luiza, Via (dona de Casas Bahia e Ponto) e Americanas. Nas buscas da internet, essas forças asiáticas chamam mais a atenção do que as tradicionais varejistas locais.

Vendas da Black Friday desaceleram no Brasil e EUA, dizem dados preliminares

  Vendas da Black Friday desaceleram no Brasil e EUA, dizem dados preliminares Comércio digital brasileiro faturou R$ 4,2 bi, mas nº de pedidos caiu 9%. Nos EUA, lojas físicas tiveram mais tráfego, só que vendas on-line sofreram queda.A alta nas vendas deste ano representam uma desaceleração quando consideram-se valores reais, atualizados pela inflação. Em termos nominais, se os números forem confirmados, a movimentação de 2021 será a maior desde que a data foi incorporada ao calendário nacional, em 2010.

De acordo com um levantamento de menções à Black Friday na internet, feito pela plataforma Wiz&Watcher entre 11 e 23 de novembro, das cinco marcas mais lembradas em relação à data de compras na rede, apenas uma era brasileira. Ao todo, foram analisadas 52 mil publicações que citam a data de descontos. Nomes como Shopee, AliExpress, Shein, Amazon e Lojas Americanas saíram na frente.

A empreendedora Fernanda Magalhães se rendeu aos sites estrangeiros para as compras da Black Friday; Shopee, Shein e AliExpress ganham força no Brasil.   © Wilton Junior/ Estadão A empreendedora Fernanda Magalhães se rendeu aos sites estrangeiros para as compras da Black Friday; Shopee, Shein e AliExpress ganham força no Brasil.

As varejistas Magalu e Mercado Livre também apareceram nas publicações da internet, mas em menor quantidade. “Existe uma desconfiança do brasileiro em relação a efetividade das promoções da Black Friday no País. Com essa super digitalização do processo de compra, é mais fácil comparar e ver os preços que são praticados lá fora”, afirma a fundadora da Wiz&Watcher, Cíntia Gonçalves.

Hype Games, loja da Level Up, traz até 90% de desconto em jogos de PC e assinaturas na Black Friday

  Hype Games, loja da Level Up, traz até 90% de desconto em jogos de PC e assinaturas na Black Friday A Hype Games, loja da Level Up Games criada em 2016, anunciou as promoções de Black Friday de games e assinaturas com até 90% de desconto. São mais de 2 mil títulos em promoção, além de desconto na assinatura do PlayStation Plus e Xbox Game Pass para PC. A assinatura do Xbox Game Pass PC de 3 meses está com 33% de desconto, de R$ 89,99 por R$ 59,99; enquanto a do PlayStation Plus de 12 meses também está com 33% de desconto, de R$ 199,90 por R$ 133,20.

Nem o dólar alto ou o tempo mais longo para a entrega tem sido um empecilho para as compras além das fronteiras. Para a empreendedora Fernanda Magalhães, de 30 anos, o foco das compras na China são as decorações de Natal. "Fui a lojas físicas atrás de promoções, mas o preço estava muito mais alto”, afirma. “Meu carrinho de compras na Shopee está cheio, vou esperar até sexta-feira para ver se diminui ainda mais o valor."

Black Friday das ‘quinquilharias’

Segundo um levantamento da plataforma Buzzmonitor sobre intenção de compras para a Black Friday - que analisou dados do Twitter entre agosto e outubro deste ano -, as principais categorias de desejo dos brasileiros para a data de descontos serão itens de vestuários (46,7%), entretenimento (23,9%), livros (21,3%) e tecnologia (8,2%).

Com a grana mais curta em 2021, portanto, uma parcela dos consumidores deixou de lado a busca por itens mais caros, como os eletrônicos, e acabou migrando para as superficialidades. Uma compra focada não na necessidade, mas no prazer de gastar.

FIFA 22 realiza evento especial de Black Friday

  FIFA 22 realiza evento especial de Black Friday Os jogadores de FIFA 22 também poderão aproveitar o Black Friday, mas com eventos dentro do jogo para melhorar o time no Ultimate Team. Entre os eventos estão Flash Squad Building Challenge (SBC), que dura apenas 3 horas, cartas Signature Signings e melhores do Time da Semana. O Flash SBC acontecerá ao longo da Black Friday, no qual os jogadores terão até 3 horas para completar as missões especiais e resgatar um pacote do evento, com três cartas de overall 80+. As Signature Signings celebram as transferências marcantes na história atual do futebol, incluindo jogadores como Kevin De Bruyne (Manchester City) e o brasileiro Diego Carlos (Sevilla).

Para o estudante Tainan Toldo, de 24 anos, a expectativa é angariar produtos que não sejam tão afetados pela variação cambial e ainda ofereçam o frete grátis. "Nas lojas gringas, agora na Black Friday, vou focar mais em coisas mais superficiais como capinha para celular, fones de ouvido e fita led", conta.

Promoções ‘tropicalizadas’

Diante o crescimento do consumo brasileiro de produtos importados, algumas plataformas já trazem opções de pagamento convertidas para a moeda local, como explica o fundador da Vixtra, Guilherme Rosenthal. “Nós temos sites chineses hoje que nacionalizaram a forma de pagamento, o que facilita para os clientes e evita que eles sejam tarifados pela autoridade alfandegária do País”, conta.

Para atender ao público que está em busca das promoções e quer comprar online nos sites estrangeiros, a gigante do e-commerce AliExpress decidiu aumentar sua frota para voos no País. A partir da Black Friday, a companhia passa de cinco para seis voos semanais com as cargas dos clientes.

A ação ocorre diante do aumento de compras no mercado brasileiro, que atualmente é o quinto país em vendas para a empresa chinesa. “Nós tentamos oferecer um preço de fábrica nos produtos para os consumidores no Brasil. Somos até 39% mais baratos do que os concorrentes”, afirma o executivo da companhia no Brasil, Yan Di.

Dados da empresa de inteligência e análise de dados App Annie mostram que o AliExpress ultrapassou seus concorrentes Magazine Luiza e Americanas no número de usuários cadastrados.

Segundo divulgado, atualmente a companhia do conglomerado chinês Alibaba tem mais de 4,7 milhões de consumidores ligados à plataforma no Brasil. Desde agosto, a empresa decidiu aceitar no seu marketplace vendedores brasileiros que podem comercializar os produtos em solo nacional, ou para o mercado internacional. / COLABORARAM RAFAEL NASCIMENTO E SOFIA HERMOSO, ESPECIAL PARA O ESTADÃO

Patrocinadora do Flamengo lança 'Black Friday do Mengão' para a final da Libertadores .
Site de apostas Sportsbet.io paga até R$ 100 em caso de título do Fla para quem apostar R$ 10 no título Rubro NegroE um dos maiores clássicos do futebol brasileiro ganhou um tempero a mais com a volta da “Black Friday do Mengão”. A campanha realizada pelo site de apostas Sportsbet.io, patrocinador do Rubro-Negro, chega a sua terceira edição e pagará 10 vezes a aposta em caso de título do clube carioca - aposta máxima de R$10.

usr: 21
Isto é interessante!