Mundo Alguns moradores retornam ao último vilarejo deserto de Fukushima

14:03  20 janeiro  2022
14:03  20 janeiro  2022 Fonte:   afp.com

Quebec planeja cobrar imposto adicional de não vacinados contra Covid-19

  Quebec planeja cobrar imposto adicional de não vacinados contra Covid-19 Quebec planeja cobrar imposto adicional de não vacinados contra Covid-19(Reuters) - A província canadense de Quebec, a segunda mais populosa do país, planeja forçar os adultos que se recusam a tomar vacina contra a Covid-19 a pagar uma "contribuição de saúde", em medida que provavelmente estimulará um debate sobre direitos individuais e responsabilidade social.

Cinco ex-moradores da última localidade despovoada perto da usina nuclear de Fukushima, no Japão, voltaram nesta quinta-feira (20) a viver no local, pela primeira vez desde o desastre de 2011.

Um portão impedia o acesso à zona de exclusão de Futaba na província de Fukushima, no Japão, após o desastre nuclear de 2011, nesta foto de 5 de março de 2018 © Behrouz MEHRI Um portão impedia o acesso à zona de exclusão de Futaba na província de Fukushima, no Japão, após o desastre nuclear de 2011, nesta foto de 5 de março de 2018

A televisão japonesa exibiu imagens mostrando os retornados inspecionando edifícios em Futaba e um deles testando o cano de água na frente de sua casa.

"Está saindo! É a primeira vez em 10 anos e 11 meses que sai água", exclamou.

Após uma extensa campanha de descontaminação, várias áreas ao redor da usina localizada no nordeste do Japão foram declaradas seguras depois que um grande terremoto e tsunami provocaram um vazamento nuclear.

Meteoro é visto por moradores do Alto Parnaíba e Triângulo Mineiro; rastro de luz foi deixado no céu seguido de um estrondo

  Meteoro é visto por moradores do Alto Parnaíba e Triângulo Mineiro; rastro de luz foi deixado no céu seguido de um estrondo Um meteoro entrando na atmosfera foi visto por moradores do Triângulo Mineiro e do Alto Parnaíba. O fenômeno teria acontecido na noite da última sexta-feira (14). Os estudos, que buscam analisar qual o local exato da queda, já foram iniciados. Assim, através das redes sociais, a população contou como teria acontecido. O meteoro surpreendeu a todos da região. Com isso, os moradores de Nova Pontes, Patos de Minas, Pedrinópolis, Perdizes, Santa Juliana e Uberlândia relataram o que aconteceu nas redes sociais. Dessa forma, de acordo com alguns depoimentos, um rastro de luz teria sido deixado no céu, que foi seguido por um estrondo alto.

O abandono era evidente na localidade japonesa de Futaba, perto da usina nuclear de Fukushima, foto de 5 de março de 2018 © Behrouz MEHRI O abandono era evidente na localidade japonesa de Futaba, perto da usina nuclear de Fukushima, foto de 5 de março de 2018

Futaba, cuja população de cerca de 5.600 habitantes teve que fugir por medo da radiação, era o único município ainda deserto na região de Fukushima.

As restrições foram suspensas em uma pequena parte da cidade em março de 2020, e o governo abrirá outras áreas nos próximos meses.

Uma autoridade local disse à AFP que cinco pessoas de quatro casas voltaram a viver em Futaba em caráter experimental, de um grupo de 15 pessoas que se candidataram ao plano de repovoamento permanente da cidade.

Una casa con señales de abandono en Futaba, Japón, cerca de la accidentada planta nuclear de Fukushima, el 5 de marzo de 2018 © Behrouz MEHRI Una casa con señales de abandono en Futaba, Japón, cerca de la accidentada planta nuclear de Fukushima, el 5 de marzo de 2018

O grupo já havia visitado Futuba, mas nesta quinta-feira foi a primeira vez que o fizeram com a intenção de passar a noite.

O retrocesso do Brasil industrial

  O retrocesso do Brasil industrial Anos de esforço de industrialização vêm sendo perdidos por erros políticos agravados desde 2020 pela pandemiaMais que uma crise conjuntural, a economia brasileira vive um recuo histórico, perdendo posições no mercado global e décadas de industrialização. Iniciado há mais de um século e acelerado a partir do fim da 2.ª Guerra Mundial, o esforço de implantação de um grande setor industrial vem sendo anulado por um acúmulo de erros políticos. A produção da indústria em novembro deste ano foi cerca de 20% menor que em maio de 2011, pico da série estatística.

Eles poderão viver em suas casas em caráter experimental pelo menos até junho, quando outras áreas serão abertas e sua residência se tornará permanente, explicou o funcionário.

O plano "procura garantir que os moradores possam viver sem problemas, por exemplo, verificando se os esgotos funcionam bem e se há instalações para apoiar a vida cotidiana", disse à AFP um funcionário de apoio aos moradores de Fukushima.

Mais de 18.400 pessoas morreram ou estão desaparecidas após o terremoto de magnitude 9, seguido por um tsunami em 11 de março de 2011, que causou o desastre nuclear na usina de Fukushima Daiichi.

Alguns moradores evacuados não quiseram retornar apesar da descontaminação, com medo de que alguma radiação permaneça ou porque se estabeleceram em outros lugares.

kh/kaf/leg/mas/an/mr

Mais de dois milhões de migrantes foram presos na fronteira sul dos EUA em 2021 .
Mais de dois milhões de migrantes que entraram ilegalmente nos Estados Unidos foram detidos na fronteira com o México em 2021, segundo estatísticas oficiais, um número recorde. O recorde de chegadas neste verão, com cerca de 200.000 prisões em julho e agosto, quando as travessias do deserto são mais perigosas, provou que o presidente estava errado. Essas chegadas representam um desafio humano, logístico e financeiro considerável para o governo democrata, principalmente porque este prometeu não expulsar menores desacompanhados.

usr: 1
Isto é interessante!