Mundo Empresa francesa suspende venda de aquários redondos: “Eles deixam os peixes loucos”

22:35  22 janeiro  2022
22:35  22 janeiro  2022 Fonte:   reuters.com

Abricó-de-macaco e cambuci: novos conhecimentos sobre cultivo ajudam a preservar árvores da extinção

  Abricó-de-macaco e cambuci: novos conhecimentos sobre cultivo ajudam a preservar árvores da extinção Por Guilherme Gama em Jornal da USP -- Abricó-de-macaco e cambuci são espécies de árvores nativas que apresentam valor econômico e cultural, seja pela extração da madeira para fabricação de utensílios, pela confecção de doces ou pelo uso medicinal das plantas. Entretanto, por se tratarem de vegetais lenhosos, têm uma recuperação baixa e não acompanham o ritmo de consumo humano — o que as coloca em risco de extinção. Para entender sobre seus desenvolvimentos, pesquisadores da USP buscaram métodos de criação in vitro (em laboratório) para favorecer a proliferação de mudas.

Por Geert De Clercq

PARIS (Reuters) - Uma empresa líder no mercado de aquários da França decidiu parar de vender aquários redondos porque eles enlouquecem os peixes e os matam rapidamente.

A líder francesa no mercado de produtos para animais de estimação, a AgroBiothers Laboratoire, não venderá mais qualquer aquário com capacidade para menos de 15 litros, e venderá apenas os que forem retangulares, porque colocar peixes em pequenos repositórios, sem filtragem e oxigenação, é abuso de animais, disse.

“As pessoas compram um peixinho dourado para os filhos por impulso, mas se soubessem a tortura que é, não o fariam. Girar em círculos em uma aquário pequeno deixa os peixes loucos e os mata rapidamente”, disse o CEO da AgroBiothers, Matthieu Lambeaux, à Reuters.

John Textor vibra com festa do Botafogo: 'Estou cada dia mais apaixonado pela torcida'

  John Textor vibra com festa do Botafogo: 'Estou cada dia mais apaixonado pela torcida' No Twitter, novo comprador do Botafogo vibrou com festa dos torcedores na sede de General Severiano após aprovação dos torcedores pela compra da SAF+ Sinalizadores, entrada no salão nobre e canto do alívio: a festa da torcida do Botafogo pela venda da SAF

Os peixes dourados podem viver até 30 anos e crescem a cerca de 25 cm em grandes aquários ou lagoas ao ar livre, mas, em pequenos aquários, muitas vezes morrem em semanas ou meses.

Ele disse que o peixe dourado é um animal social que precisa da companhia de outros peixes, espaço amplo e água limpa, e que ter um aquário exige um mínimo de equipamentos e conhecimento.

A França é o maior mercado da Europa para peixes vermelhos de aquário, com cerca de 2,3 milhões de peixes, disse Lambeaux.

A Alemanha e vários outros países europeus baniram aquários há muito tempo, mas a França não tem legislação sobre o assunto.

“É um anacronismo francês, por isso decidimos tomar medidas. Não podemos educar todos os nossos consumidores para explicar que manter um peixe em um aquário é cruel. Consideramos nossa responsabilidade não dar mais essa opção aos consumidores”, disse Lambeaux.

A AgroBiothers, que tem uma parcela de 27% do mercado francês de produtos para animais de estimação, vendeu cerca de 50 mil aquários por ano, a cerca de 20 euros cada, nos últimos anos.

“Há demanda por aquários, mas a realidade é que damos às crianças a possibilidade de ver o peixe dourado morrer vagarosamente”, disse.

OCDE impõe redução no desmate como condição em convite ao Brasil .
NOVA YORK, EUA, E BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - A OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico) incluiu nos documentos que formalizam o início das negociações para o ingresso do Brasil na entidade obrigações de redução de desmatamento e medidas de mitigação de mudanças climáticas previstas no acordo de Paris. Nesta terça-feira (25), os membros do conselho da entidade aprovaram que o Brasil inicie formalmente as negociações para ingresso, solicitado formalmente pelo país em 2017.

usr: 1
Isto é interessante!