Mundo: Youtuber indeniza família de menina que morreu ao imitar vídeo viral - PressFrom - Brasil

Mundo Youtuber indeniza família de menina que morreu ao imitar vídeo viral

14:10  21 setembro  2019
14:10  21 setembro  2019 Fonte:   bbc.com

Após ataques, Felipe Neto reforça segurança para ele e família

Após ataques, Felipe Neto reforça segurança para ele e família Notável crítico à agenda conservadora do cenário político brasileiro, o youtuber Felipe Neto decidiu reforçar a própria segurança e de sua família. Em meio à enxurrada de críticas motivada por seu posicionamento político, Neto protagonizou uma contundente campanha da diversidade, em resposta à censura imposta por Crivella, ao distribuir 14 mil livros de temática LGBT […]

A youtuber chinesa Ms Yeah, que soma 7 milhões de inscritos em seu canal, pagará indenização às famílias de duas garotas depois que uma delas morreu e outra se feriu gravemente ao tentar imitar um de seus vídeos . A influencer ganhou projeção em 2017 preparando receitas de forma pouco

Youtuber chinesa Ms Yeah ficou famosa em 2017 por preparar receitas de forma pouco convencional — Foto: Reprodução. A youtuber chinesa Ms Yeah, que soma 7 milhões de inscritos em seu canal, pagará indenização às famílias de duas garotas depois que uma delas morreu e outra se feriu

A influencer ganhou projeção em 2017 preparando receitas de forma pouco convencional na internet - usando muitas vezes material de escritório© Youtube A influencer ganhou projeção em 2017 preparando receitas de forma pouco convencional na internet - usando muitas vezes material de escritório

A youtuber chinesa Ms Yeah, que soma 7 milhões de inscritos em seu canal, pagará indenização às famílias de duas garotas depois que uma delas morreu e outra se feriu gravemente ao tentar imitar um de seus vídeos.

A influencer ganhou projeção em 2017 preparando receitas de forma pouco convencional na internet — usando muitas vezes material de escritório.

A maioria dos vídeos é gravada no local em que ela trabalha com a ajuda de uma pequena equipe.

  • Morte de youtuber em Londres reforça proibição de patinete elétrico nas ruas do Reino Unido
  • A youtuber vegana que enfureceu fãs ao ser filmada comendo peixe

As garotas, de 14 e 12 anos, se acidentaram quando tentavam copiar um vídeo em que Ms Yeah faz pipoca em uma lata de refrigerante.

Criança atacada por cães em Pará de Minas morre no hospital João XXIII

Criança atacada por cães em Pará de Minas morre no hospital João XXIII Internada em estado grave desde terça-feira, a menina não resistiu aos ferimentos causados pelas mordidas e morreu na tarde deste sábado (14) na capital mineira

Apesar do acordo, a youtuber nega que as meninas estivessem tentando replicar seu vídeo — alegando que elas seguiam uma técnica diferente da Ainda de acordo com o Beijing News, Zhezhe sofreu queimaduras em 96% do corpo. Ela morreu em 5 de setembro. Imagens de Xiaoyu com

A youtuber chinesa Ms Yeah, que soma 7 milhões de inscritos em seu canal, pagará indenização às famílias de duas garotas depois que uma delas morreu e outra se feriu gravemente ao tentar imitar um de seus vídeos . A influencer ganhou projeção em 2017 preparando receitas de forma pouco

Elas deixaram álcool em contato com o fogo dentro de duas latas quando o material explodiu.

A mais velha, identificada apenas como Zhezhe, morreu em decorrência dos ferimentos. Xiaoyu, de 12 anos, vai precisar de cirurgias plásticas reparadoras.

Acordo prévio

Representantes de Ms Yeah, "nome artístico" de Zhou Xiaohui, encontraram as famílias de ambas as vítimas depois do acidente e a influencer concordou em pagar uma compensação de valor não revelado.

Sabe-se, por exemplo, que ela cobrirá as depesas médicas Xiaoyu.

Apesar do acordo, a youtuber nega que as meninas estivessem tentando replicar seu vídeo — alegando que elas seguiam uma técnica diferente da que ela usava e que o conteúdo do canal não é "educativo".

Frame do vídeo que supostamente teria inspirado as jovens - já retirado do ar© Weibo Frame do vídeo que supostamente teria inspirado as jovens - já retirado do ar

Um de seus porta-vozes, seu primo, afirmou que ela daria assistência financeira às famílias "independentemente de quem esteja certo ou errado" e disse que esperava que não houvesse "nenhum tipo de ressentimento" entre duas partes.

Após ataques, Felipe Neto reforça segurança para ele e família

Após ataques, Felipe Neto reforça segurança para ele e família Youtuber explicou o motivo da iniciativa Notável crítico à agenda conservadora do cenário político brasileiro, o youtuber Felipe Neto decidiu reforçar a própria segurança e de sua família. Em meio à enxurrada de críticas motivada por seu posicionamento político, Neto protagonizou uma contundente campanha da diversidade, em resposta à censura imposta por Crivella, ao distribuir 14 mil livros de temática LGBT na última Bienal, no Rio. A repercussão do caso, entretanto, expõs ele e sua família ao ataque de haters nas redes sociais. Ele comentou a iniciativa.

Zhezhe, de 14 anos, supostamente tentava imitar um vídeo em que a influencer faz pipoca em uma lata de refrigerante. Ela gravava com a amiga Xiaoyu, de 12 anos, que sofreu queimaduras graves.

A youtuber chinesa Ms Yeah, que soma 7 milhões de inscritos em seu canal, pagará indenização às famílias de duas garotas depois que uma delas morreu e outra se feriu gravemente ao tentar imitar um de seus vídeos . A influencer ganhou projeção em 2017 preparando receitas de forma pouco.

O pai de Xiaoyu declarou ao site de notícias Beijing News que a filha "não quer mais sair de casa" por causa das cicatrizes das queimaduras. O pai de Zhezhe, por sua vez, declarou emocionado que nenhuma quantia poderia trazer a filha de volta.

O acidente aconteceu em 22 de agosto. No vídeo que supostamente motivou as adolescentes, retirado posteriormente do ar, Ms Yeah coloca milho de pipoca em uma lata de refrigerante e acende o que parece ser uma lamparina a álcool.

As garotas supostamente estariam colocando o álcool diretamente dentro da lata quando sofreram o acidente.

Ainda de acordo com o Beijing News, Zhezhe sofreu queimaduras em 96% do corpo. Ela morreu em 5 de setembro.

Imagens de Xiaoyu com marcas profundas no rosto e nos braços foram amplamente compartilhadas na rede social Weibo — uma das mais populares na China. A reportagem não conseguiu verificar a veracidade das fotos.

PMs envolvidos em ação que matou Ágatha serão ouvidos no Rio

  PMs envolvidos em ação que matou Ágatha serão ouvidos no Rio PMs envolvidos em ação que matou Ágatha serão ouvidos no RioAlém de ouvir os depoimentos dos PM, os investigadores deverão recolher as armas utilizadas na ação e encaminhar para perícia.

A influencer ganhou projeção em 2017 preparando receitas de forma pouco convencional na internet - usando muitas vezes material de escritório. Youtube. A youtuber chinesa Ms Yeah, que soma 7 milhões de inscritos em seu canal

Outros - Não Categorizáveis Política e Economia Relacionamentos Saúde Shows e Eventos Sites Úteis Softwares Tirinhas Utilidade Pública e Ativismo Veículos e Meios de Transporte Viagem/Turismo WebGames Array. Descrição URL Descrição e URL. Itens de Capa Blogues/ Vídeos Busca Geral.

Ms Yeah, de 25 anos, manifestou-se pela primeira vez sobre o assunto no dia 10 de setembro no Weibo, plataforma em que a influencer contabiliza perto de 8,2 milhões de seguidores.

Em um post intitulado "O dia mais sombrio da minha vida", ela disse que as tragédias haviam lhe causado "dor imensa". Declarou ter desapontado seus fãs e pediu desculpas.

"Eu usei uma lata e uma lamparia a álcool, que é mais seguro", afirmou. "No vídeo delas, podemos ver claramente que elas usam duas latas e nenhuma lamparina."

Em um post na rede social chinesa Weibo, Ms Yeah usou uma imagem do acidente para argumentar que as garotas usavam uma técnica diferente da sua© Weibo Em um post na rede social chinesa Weibo, Ms Yeah usou uma imagem do acidente para argumentar que as garotas usavam uma técnica diferente da sua

Ela disse que o acidente aconteceu porque as adolescentes puseram álcool nas latas enquanto acendiam a chama — e uma faísca acabou caindo perto de um recipiente de álcool industrial que estava ao lado.

A youtuber ressalva que todos os seus vídeos contêm avisos recomendando os espectadores a não tentarem reproduzir o conteúdo em casa e enfatizando que o canal não é uma espécie de "faça você mesmo".

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Kombi onde morreu Ágatha foi lavada e chegou a rodar antes de passar por perícia .
Kombi onde morreu Ágatha foi lavada e chegou a rodar antes de passar por períciaRIO DE JANEIRO - A kombi onde foi baleada Ágatha Felix, de oito anos, no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro, foi lavada e chegou a rodar com passageiros antes que a polícia fizesse a perícia. O advogado que acompanha a família, Rodrigo Mondego, disse que a estudante morreu no dia 21 de madrugada e apenas no fim do dia o carro foi apreendido pela Delegacia de Homicídio (DH), que só entrou no caso com a morte da menina.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 60
Isto é interessante!