Mundo Criança fica ferida em protestos contra medidas anticovid na Alemanha

06:20  30 março  2022
06:20  30 março  2022 Fonte:   dw.com

OMS critica países europeus que suspenderam restrições anticovid rápido demais

  OMS critica países europeus que suspenderam restrições anticovid rápido demais Vários países europeus, como Alemanha, França, Itália e Reino Unido, levantaram suas restrições anticovid de forma muito brutal, e vivem agora um claro aumento dos casos devido à subvariante BA.2, lamentou a Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta terça-feira (22). A quinta onda observada na Europa ainda não acabou e os especialistas criticam a "flexibilização" das políticas (de saúde pública) na Europa. Em coletiva de imprensa na Moldávia, o diretor da OMS para Europa, Hans Kluge, afirmou que a situação epidemiológica do continente deve ser monitorada. O número de casos de Covid-19 está aumentando em 18 dos 53 países da área europeia coberta pela organização.

Polícia alemã afirma que vai indiciar mãe por levar criança para protesto não autorizado que terminou em confronto. Presidente de sindicato de policiais diz que alguns pais estão usando filhos como "escudos" em protestos

Provided by Deutsche Welle © Wedel/Kirchner-Media/picture alliance Provided by Deutsche Welle

Uma criança de quatro anos ficou ferida na noite deste domingo (26/12) na Alemanha em uma manifestação contra medidas do governo para controlar a disseminação do coronavírus.

De acordo com a polícia, cerca de 3 mil pessoas protestaram na cidade de Schweinfurt, no estado da Baviera, algumas delas de forma violenta.

Quarta dose da vacina anticovid é ‘menos’ eficaz contra ômicron, diz hospital israelense

  Quarta dose da vacina anticovid é ‘menos’ eficaz contra ômicron, diz hospital israelense A aplicação de uma quarta dose das vacinas contra a covid-19 da Pfizer e Moderna permite o aumento dos anticorpos, mas é "menos" eficaz no combate à variante ômicron do coronavírus, indicou nesta segunda-feira (17) um hospital israelense que realizou testes clínicos sobre o tema. "As vacinas da Pfizer e da Moderna, que foram as mais eficazes contra as outras variantes, oferecem menos proteção contra a ômicron", ressaltou o especialista emUma equipe do hospital Sheba, perto de Tel Aviv, iniciou um ensaio clínico no final de dezembro, vacinando 154 profissionais de saúde com uma quarta dose de Pfizer e outros 120 voluntários com uma quarta dose de Moderna.

Os policiais teriam tentado acalmar o clima de tensäao entre alguns manifestantes. No entanto, os agentes acabaram sendo feridos com "socos e chutes, em alguns casos moderadamente fortes", segundo a polícia.

Além disso, os agentes foram "insultados e alvos de cuspidas" por algumas pessoas presentes no protesto. Houve confronto entre a polícia e um grupo, e os agentes precisaram conter alguns manifestantes com o uso de cassetetes e spray de pimenta.

Uma nuvem de gás atingiu a criança, que, de acordo com a polícia, foi levada imediatamente pelas equipes de segurança para atendimento médico. Ela foi tratada para irritação ocular e passa bem.

A polícia informou também que foi feita uma queixa contra a mãe e apelou a todos os pais com filhos que "fiquem longe de agressores violentos".

Milhares protestam contra medidas anticovid na Europa

  Milhares protestam contra medidas anticovid na Europa Ômicron avança a protestos pedem não obrigatoriedade da vacinaNo momento, diversos governos da União Europeia estão adotando medidas de confinamento rigorosas e novas exigências, a fim de forçar um maior contingente de vacinações e de doses de reforço.

"Pedimos a todos os participantes que exerçam pacificamente seus direitos básicos e cumpram as regras", acrescentou a polícia da Baixa Francônia pelo Twitter, reforçando para que manifestante pacíficos ficassem afastados dos desordeiros.

A mãe foi também criticada pelo presidente do sindicato das polícias da Alemanha, Oliver Malchow, que acusou alguns pais de usarem seus filhos "como escudos" nos protestos de Covid.

"!Esses pais e mães aceitam que seus filhos participem de confrontos violentos°, disse Malchow ao jornal Rheinische Post.

Neonazista entre os participantes

Oito pessoas que tentaram romper as barreiras policiais à força foram presas – quatro com audiências marcadas já para esta segunda-feira pela manhã devido a agressões aos policiais.

Os agentes também identificaram quatro pessoas que teriam organizado a manifestação, que não foi informada previamente às autoridades. Eles serão julgados em uma data posterior.

"Só queria resolver"; oito meses após rescisão, Hernanes 'reabre a ferida' e explica motivação para deixar o São Paulo

  O meia Hernanes, também conhecido como Profeta, encerrou seu vínculo com o São Paulo em definitivo há oito meses. Insatisfeito com a falta de contribuição para a equipe, o ídolo Tricolor pediu sua rescisão em julho de 2021, para que pudesse voltar a atuar com regularidade em outra equipe. Com isso, fechou contrato com o Sport de Recife, para atuar, pela primeira vez como profissional, em sua cidade natal. �� Na #SPFCtv, nosso sábado de treino para o clássico deste domingo com o Corinthians, no Morumbi, pela semifinal do @Paulistao.#VamosSãoPaulo ���� pic.twitter.

De acordo com informações da rede BR, um neonazista que faz parte do partido extremista de direita "Terceira Via" esteve no protesto, assim como outros extremistas de direita. Posteriormente, a pequena sigla usou os incidentes da manifestação com fins políticos.

"A tropa do cassetete do sistema está atacando seus próprios cidadãos", postaram em seus canais na internet.

Após a manifestação, a polícia da Baixa Francônia apelou aos participantes, em um comunicado à imprensa, que "não deixe que extremistas de direita, cidadãos do Reich ou antissemitas se apoderem de vocês".

Ataques a polícia e ao governo

Grupos do movimento Querdenker (pensamento lateral) vêm usando os incidentes de domingo para incitar os integrantes contra a polícia e o governo.

Em grupos de bate-papo, por exemplo, os policiais são chamados de "mercenários de Södolf" (uma mistura do nome do governador da Baviera, Markus Söder, com Adolf Hitler) e "capangas". As mensagens, amplamente compartilhadas, também se referem a "terrorismo de Estado" e a "ditadura da Covid".

A criança com irritação nos olhos por causa do spray de pimenta está sendo usada para fins de propaganda política.

Israel avança na luta contra pandemia com 4ª dose de vacina e primeiras pílulas anticovid

  Israel avança na luta contra pandemia com 4ª dose de vacina e primeiras pílulas anticovid Israel, país pioneiro na vacinação contra a Covid-19, recebeu nesta quinta-feira (30) seu primeiro lote de pílulas da Pfizer contra o coronavírus. Os israelenses também aprovaram a administração de uma quarta dose de imunizante para imunossuprimidos. Os primeiros lotes do Paxlovid, nome comercial do tratamento do laboratório americano Pfizer, desembarcaram no aeroporto de Tel Aviv nesta quinta-feira. O remédio contra a Covid foi aprovado naOs primeiros lotes do Paxlovid, nome comercial do tratamento do laboratório americano Pfizer, desembarcaram no aeroporto de Tel Aviv nesta quinta-feira. O remédio contra a Covid foi aprovado na semana passada pela Administração de Alimentos e Medicamentos (FDA) dos Estados Unidos.

Não é incomum crianças estarem na linha de frente em manifestação Querdenker. É uma tática usada para que as as forças policiais relutem em agir diante de protesto

"É um fenômeno frequente que os pais levem seus filhos a manifestações antivacinas, muitas vezes em carrinhos de bebê, para usá-los como escudo contra medidas policiais", disse Oliver Malchow, presidente do Sindicato ddos Policiais ao jornal Rheinische Post.

Regras mais rígidas

A partir desta terça-feira, passam a valer na Alemanha restrições mais rígidascontra o coronavírus, inclusive para vacinados e recuperados da covid-19.

Reuniões, tanto em ambientes fechados quanto abertos, estarão limitadas a um máximo de 10 pessoas para vacinadas e recuperadas. Crianças com 14 anos ou menos estão isentas das regras.

Caso uma pessoa não vacinada participe de um encontro, as restrições se tornam mais rígidas, com membros de uma família limitados a se reunir com no máximo duas pessoas de uma outra casa.

Clubes e casas noturnas devem fechar temporariamente e grandes eventos culturais e esportivos devem ocorrer sem púbico. Possivelmente, os primeiros jogos da Bundesliga devem ser afetados pela decisão.

A entrada em locais públicos, como restaurantes e cinemas, permanecerá limitada àqueles que forem vacinados ou recuperados, conhecida na Alemanha como regra "2G" (geimpf oder genesen, ou seja, vacinado ou recuperado).

Há semanas, pessoas contra as regras anticovid e contra vacinas vem protestando na Alemanha. Algumas cidades onde houve atos foram Nuremberguee Hamburgo.

le (ots)

Leste alemão vive revolta dos antivacinas .
Extremistas de direita na Alemanha usam o Telegram como principal meio para incitar o ódio, ameaçar defensores da vacina da covid-19 e recrutar militantes para uma guerra contra as instituições democráticas. © Bodo Schackow/dpa/picture alliance Protestos negacionistas se radicalizam cada vez mais na Alemanha Quem quer que acompanhe os autoproclamados "Saxões Livres" no serviço de mensagem Telegram está seguindo uma Alemanha a caminho do abismo. As mensagens são sombrias, alertam que gangues de mercenários estariam à solta. Uma turba governa as ruas.

usr: 1
Isto é interessante!