Mundo Facebook remove rede de contas antivacinas na Itália

11:11  07 abril  2022
11:11  07 abril  2022 Fonte:   ansabrasil.com.br

Expresso do Oriente volta aos trilhos da Itália depois de quase 50 anos

  Expresso do Oriente volta aos trilhos da Itália depois de quase 50 anos Os últimos anos provaram que viajar é um privilégio, não um direito, mas ainda temos muito a agradecer em nosso pequeno planeta bem conectado. Quando o Covid não estava nos The post Expresso do Oriente volta aos trilhos da Itália depois de quase 50 anos appeared first on Desejo Luxo | Consumo, grifes, moda, veículos, imóveis, viagens e experiências de luxo.

(ANSA) - A Meta anunciou nesta quarta-feira (1º) que removeu do Facebook uma rede de contas vinculadas ao movimento antivacina chamado "V_V", que se originou na Itália e na França com o objetivo de atacar e "assediar em massa" médicos, jornalistas e políticos.

"As pessoas por trás dessa atividade contam com uma combinação de contas autênticas, duplicadas e falsas para fazer comentários em massa nas páginas, realidades editoriais e postagens individuais para intimidá-los e silenciá-los", explicou a empresa de Mark Zuckerberg, acrescentando que tomará medidas se encontrar mais violações.

A ação realizada na Itália faz parte de uma série de intervenções de segurança que a Meta lançou em seis diferentes países. Na Itália, em particular, a operação "removeu uma rede que realizou atividades de 'squadrismo' e coordenação para comentar em massa para assediar ou silenciar outras pessoas".

China proíbe tatuagens na seleção nacional e convida jogadores a removê-las

  China proíbe tatuagens na seleção nacional e convida jogadores a removê-las Medida do Ministério do Esporte chinês visa conter avanço da cultura exterior e impor valores patrióticos à populaçãoQuer se manter informado, ter acesso a mais de 60 colunistas e reportagens exclusivas?Assine o Estadão aqui!

Além disso, foi identificada a prática de "brigading", que pode envolver ambas as ações de alta sofisticação para intimidação para abafar a dissidência e campanhas de assédio brutal para silenciar diferentes pontos de vista.

"Embora essa rede tenha assediado massivamente as pessoas nas redes sociais, incluindo Facebook, YouTube, Twitter e Vkontakte, o Telegram é a plataforma que é mais usada para coordenar ataques na tentativa de escapar dos controles", relataram Nathaniel Gleicher, chefe de política de segurança, e David Agranovich, diretor de ameaça de interrupção da Meta.

Segundo Gleicher e Agranovich, nos comentários dos perfis antivacinas foram usados o mesmo texto ou imagens manipuladas como seus alvos, sobrepondo suásticas e outros símbolos. "Eles frequentemente se referiam a médicos, jornalistas e editores como 'apoiadores dos nazistas' por promoverem vacinas anti-Covid, alegando que a vacinação obrigatória vai levar à 'ditadura da saúde'".

Os especialistas explicaram ainda que, durante a atividade desta rede, os sistemas automáticos e de revisão do Facebook tomaram medidas contra seus comentários e contas, por várias violações dos padrões da comunidade, incluindo discurso de ódio, desinformação, incitamento à violência, bullying e assédio.

"Embora não estejamos banindo todo o conteúdo de V_V, continuamos monitorando a situação e tomaremos medidas se detectarmos novas violações, para evitar abusos em nossa plataforma e proteger as pessoas que usam nossos serviços", concluíram. (ANSA)

Telecom Italia recusa termos de oferta da KKR .
Telecom Italia recusa termos de oferta da KKRMILÃO, Itália (Reuters) - A Telecom Italia deu as costas para a oferta de aquisição da empresa pela KKR nesta quinta-feira, ao se recusar a conceder acesso a seus números, uma condição para que a companhia norte-americana avançasse em sua proposta.

usr: 1
Isto é interessante!