Mundo Exército da Etiópia toma Lalibela dos rebeldes, patrimônio mundial da Unesco

12:21  07 abril  2022
12:21  07 abril  2022 Fonte:   afp.com

Rebeldes iemenitas capturam barco no mar Vermelho

  Rebeldes iemenitas capturam barco no mar Vermelho Os rebeldes do Iêmen capturaram um navio no mar Vermelho nesta segunda-feira (3), alegando que transportava "material militar", enquanto a Arábia Saudita denunciou um ato de "pirataria" contra um navio que, de acordo com Riad, continha equipamento civil. "O navio chamado 'Rawabi', com bandeira dos Emirados Árabes Unidos [] foi sequestrado às 23h57 (17h57, horário de Brasília) de domingo, quando navegava ao largo da costa da província de Hodeida", no oeste do Iêmen, declarou o porta-voz saudita da coalizão, Turki al Maliki.

As forças pró-governo da Etiópia recuperaram a cidade de Lalibela, classificada pela Unesco em sua lista de patrimônio mundial, que foi conquistada pelos rebeldes da região etíope do Tigré e está imersa em conflitos, anunciou o governo nesta quarta-feira (1º).

Lalibela é uma cidade conhecida pelas suas igrejas talhadas na rocha e classificada pela Unesco como patrimônio mundial © CARL DE SOUZA Lalibela é uma cidade conhecida pelas suas igrejas talhadas na rocha e classificada pela Unesco como patrimônio mundial

Paralelamente, os voos humanitários da ONU entre a capital Adis Abeba e Mekele, no Tigré, "foram restabelecidos", anunciou o secretário-geral das Nações Unidas, Antonio Guterres, mencionando um "pequeno raio de esperança" nesse conflito.

Etiópia: Governo ordena às tropas que suspendam avanço sobre Tigray

  Etiópia: Governo ordena às tropas que suspendam avanço sobre Tigray O governo etíope ordenou às suas forças armadas para interromperem o avanço na província do Tigray, norte do país, depois de retomar aos rebeldes o controlo das províncias vizinhas de Amhara e Afar. © Minasse Wondimu Hailu/AA/picture alliance Provided by Deutsche Welle O anúncio foi feito em conferência de imprensa em Adis Abeba pelo ministro dos Serviços de Comunicação do Governo, Legesse Tulu. O governante disse que a operação do exército e das suas forças aliadas para expulsar os rebeldes da Frente Popular de Libertação do Tigray (TPLF, na sigla em inglês) foi suspensa.

Os voos estavam suspensos desde 22 de outubro após os ataques aéreos.

As forças pró-governo "tomaram a cidade histórica de Lalibela e o aeroporto internacional de Lalibela", anunciou o serviço de imprensa do governo em um comunicado.

Lalibela é uma cidade conhecida pelas suas igrejas talhadas na rocha e classificada pela Unesco como patrimônio mundial, na região vizinha de Amhara.

O comunicado afirma que as forças pró-governo "também caminham para a cidade de Sekota" na região de Amhara, no norte da Etiópia.

Mais cedo nesta quarta-feira, as autoridades etíopes afirmaram que as forças pró-governo recuperaram a cidade de Shewa Robit, a cerca de 220 quilômetros da capital Addis Abeba, uma semana após os rebeldes do Tigré reivindicarem o controle.

Patrimônio mundial está em risco com guerra na Ucrânia, diz Unesco

  Patrimônio mundial está em risco com guerra na Ucrânia, diz Unesco Patrimônio mundial está em risco com guerra na Ucrânia, diz UnescoNo mês passado, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) disse que reforçou medidas de proteção para o patrimônio cultural ameaçado da Ucrânia à luz da invasão da Rússia, como o uso de um emblema "Escudo Azul" para marcar seus locais e monumentos culturais.

Forças pró-governo e rebeldes da Frente de Libertação do Povo do Tigré (TPLF) se enfrentam há mais de um ano no norte da Etiópia.


Video: Funcionários da ONU são presos na Etiópia (AFP)

Em junho, os rebeldes tomaram a maior parte do Tigré, depois avançaram para as regiões vizinhas de Afar e Amhara, onde afirmaram no início de novembro terem tomado as cidades de Dessie e Kombolcha, ponto de cruzamento estratégico que leva à capital.

Os combates ocorrem atualmente em três frentes, incluindo uma perto de Debre Sina.

Os temores de uma marcha de rebeldes para Addis Abeba levaram vários países - entre eles Estados Unidos, França e Reino Unido - a pedirem aos seus cidadãos para abandonarem a Etiópia.

O conflito começou em novembro de 2020 depois que o primeiro-ministro Abiy Ahmed enviou o exército para a região do Tigré para destituir as autoridades locais, surgidas da TPLF, que desafiavam sua autoridade e a quem acusava de ter atacado bases militares.

Rebeldes etíopes reconquistam Lalibela, inscrita no patrimônio da Unesco

  Rebeldes etíopes reconquistam Lalibela, inscrita no patrimônio da Unesco Os rebeldes do Tigré recuperaram neste domingo (12) Lalibela, cidade ao norte da Etiópia que abriga um sítio inscrito no patrimônio da Unesco, onze dias depois de o governo etíope ter anunciado que a tinha tomado dos milicianos, informaram moradores à AFP. O anúncio representa uma nova reviravolta dramática neste conflito que se estende há mais de um ano, deixou milhares de mortos e que gerou uma profunda crise humanitária. Lalibela é famosa porO anúncio representa uma nova reviravolta dramática neste conflito que se estende há mais de um ano, deixou milhares de mortos e que gerou uma profunda crise humanitária.

Em cerca de 13 meses, a guerra deixa vários milhares de mortos, mais de dois milhões de deslocados e levou centenas de milhares de pessoas a condições que beiram a fome, segundo a ONU.

Em um comunicado divulgado nesta quarta-feira à noite, o comando militar da TPLF negou as conquistas do governo e afirmou que, pelo contrário, os rebeldes estão realizando "alguns ajustes territoriais" antes de lançarem "ofensivas estratégicas".

Nesta quarta-feira, o ministério das Relações Exteriores etíope publicou no Twitter imagens de uma entrevista coletiva do alto diplomata chinês Wang Yi durante sua visita ao país, citando suas declarações: "a China se opõe a qualquer interferência nos assuntos internos da Etiópia".

O enviado especial da União Africana para o Chifre da África, Olusegun Obasanjo, está realizando intensos esforços diplomáticos para alcançar um cessar-fogo, mas poucos avanços foram registrados até agora.

bur-amu/ri/jvb/eg/mb/aa

Brasil ganha dois geoparques reconhecidos pela Unesco .
Em meio à crise do meio ambiente e da preservação cultural, o Brasil acaba de receber uma boa notícia. Uma, não. Duas. Nesta semana, a Unesco aprovou a nomeação de [SAIBA MAIS] O post Brasil ganha dois geoparques reconhecidos pela Unesco apareceu primeiro em Viagem em Pauta.

usr: 0
Isto é interessante!