Mundo Ômicron representa desafio e é "corrida contra o tempo", diz chefe-executiva da UE

14:31  07 abril  2022
14:31  07 abril  2022 Fonte:   reuters.com

Três doses de Coronavac não protegem contra ômicron, diz estudo

  Três doses de Coronavac não protegem contra ômicron, diz estudo Duas doses e uma dose de reforço da vacina contra Covid-19 fabricada pela chinesa Sinovac Biotech, uma das mais usadas no mundo, não produzem níveis suficientes de anticorpos neutralizantes para proteger contra a variante ômicron, segundo um estudo científico. Most Read from BloombergOmicron May Double Risk of Getting Infected on Planes, IATA SaysOmicron Has 80% Lower Risk of Hospitalization in South AfricaThree Sinovac Doses Fail to Protect Against Omicron in StudySingapore's Travelers Face Omicron ChaosOmicron Hospitalization Risk Is Far Below Delta’s in Two StudiesA pesquisa sugere que as pessoas que receberam a injeção da Sinovac,

PARIS (Reuters) - A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, disse nesta quarta-feira que o desafio representado pela variante Ômicron do coronavírus é uma "corrida contra o tempo", pedindo a todos os envolvidos que "se preparem para o pior".

Presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, em Bruxelas © Reuters Presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, em Bruxelas

"Vocês leram sobre as múltiplas mutações (da cepa) e o que isso pode ser, e sabemos por experiência própria com os dados da variante Delta que isso é uma corrida contra o tempo", disse ela em coletiva de imprensa.

"Os cientistas nos dizem que temos que fazer tudo o possível para aproveitar ao máximo o tempo que temos disponível até termos certeza sobre as características de transmissibilidade e gravidade da Ômicron", disse a chefe-executiva da União Europeia.

"Se preparem para o pior, torçam pelo melhor", acrescentou von der Leyen, reforçando que, de acordo com cientistas, a vacinação completa e a dose de reforço contra Covid-19 garantem o mais forte nível de proteção possível.

(Por John Chalmers)

A subvariante BA.2 pode reinfectar quem já pegou a ômicron? .
A subvariante ômicron BA.1 infectou muitos brasileiros até janeiro. Agora, a BA.2 tem causado preocupação por ser mais contagiosa. Será que quem contraiu a primeira versão da cepa ômicron pode se reinfectar com a BA.2? © Diego Vara/REUTERS Estudo diz que proporção de casos da BA.2 subiu de 3,8% para 27,2% em apenas três semanas nos diagnósticos positivos Após a subvariante da ômicron BA.1 ter sido responsável pelo surto de covid-19 que ocorreu entre dezembro e janeiro e ainda ser predominante no Brasil, a BA.

usr: 0
Isto é interessante!