Mundo Traders chineses apostam que estímulo superará surto de Covid

17:31  07 abril  2022
17:31  07 abril  2022 Fonte:   bloomberg.com

A idade das trevas da informação da China pode ser o futuro da Rússia

  A idade das trevas da informação da China pode ser o futuro da Rússia Quando a Rússia bloqueou o Facebook e limitou o Twitter este mês, muitos internautas chineses ficaram surpresos. Espera aí, disseram eles, os russos podiam usar o Facebook e o Twitter? Ambas as plataformas de mídia social estão banidas na China desde 2009. Ao bloquear as plataformas on-line, fechar o último vestígio da mídia independente da Rússia e criminalizar a referência aos combates na Ucrânia como uma guerra, o Kremlin tornou quase impossível para o povo russo obter notícias independentes ou internacionais depois da invasão. A maioria está vivendo em uma realidade alternativa. É exatamente isso que a China tem feito com seus 1,4 bilhão de habitantes há anos.

(Bloomberg) -- As crescentes infecções por Covid na China estão provocando pouco pânico no mercado de ações, com investidores locais apostando que as autoridades liberarão estímulos para sustentar o crescimento.

O índice de referência CSI 300 teve alta de mais de 1% desde que o centro financeiro de Xangai introduziu um confinamento no início da semana passada. Um índice imobiliário de Xangai e um indicador da Bloomberg para as empresas do setor na China ganharam mais de 8% no período, impulsionados por promessa de apoio e estímulo econômico.

As apostas estão aumentando de que os formuladores de políticas da China implantarão mais estímulos para sustentar o crescimento, já que o presidente Xi Jinping procura garantir um terceiro mandato este ano.

‘O Brasil precisa de um pacificador’, diz pré-candidato do Novo à Presidência

  ‘O Brasil precisa de um pacificador’, diz pré-candidato do Novo à Presidência Luiz Felipe d’Avila afirma que sua candidatura vai até o fim e defende enquadrar a Petrobras e todas as estatais no programa de desestatização que já existe. Precisa vender tudo. Olha a Petrobras, que absurdo. O Brasil tem uma empresa que produz petróleo, uma commodity que cada vez menos o mundo quer usar, cada vez taxa mais e perde valor e o mundo está indo para a energia renovável. Ter uma empresa petrolífera é como ter um carro que vai sair de linha de uma montadora. Cada ano ele vai valer menos, pois ninguém quer comprar aquele carro. Enquanto tem um valor de mercado percebido, o melhor é vender.

Um relatório sobre setor de serviços fraco divulgado na quarta-feira destacou os riscos para a segunda maior economia do mundo, com os números para gastos durante as recentes festividades apontando para mais danos à frente em meio a amplas restrições por conta da pandemia.

China stocks look forward to relaxed polices amid Shanghai infections © Bloomberg China stocks look forward to relaxed polices amid Shanghai infections

“Já vimos e reprimimos esses surtos tantas vezes antes e temos muita experiência”, disse Chen Shi, gerente de fundos da Shanghai Jade Stone Investment Management. “Olhando em retrospecto para 2020, os maiores retornos das ações vieram junto com o período de maiores incertezas sobre o vírus nos dois primeiros trimestres.”

Chen, que está confinado em seu complexo há mais de 20 dias, espera que o afrouxamento da política se traduza em melhores valuations, mesmo que os lucros sejam afetados. A ampla gama de opções de tratamento, testes mais extensos e uma taxa de mortalidade mais baixa indicam que o surto pode ser contido, disse ele.

"Brasil vive cenário de gripe previsto para outono-inverno de 2022"

  Vacina aplicada neste ano não protege contra a cepa Darwin do vírus H3N2 em circulação, e gravidade é similar à das gripes de anos anteriores, diz especialista. Antecipação do surto pegou população desprotegida. © Vanderlei Almeida/AFP Cepa causadora do atual surto será considerada na vacina de 2022 Algumas regiões do Brasil estão enfrentando um surto de influenza, a gripe comum, provocado por uma nova cepa do vírus H3N2.

Os investidores parecem ter se livrado de alguns riscos na quinta-feira após ganhos recentes, com o índice CSI 300 recuando 1,3%. O Shanghai Stock Exchange Property Index caiu 3,2%.

Estrangeiros vendem

O otimismo doméstico contrasta com as crescentes preocupações em outros lugares com o agravamento do surto na China. Analistas do Morgan Stanley cortaram sua meta para o índice CSI 300 em 16% na semana passada, citando fatores de risco como inadimplência de financiamento imobiliário e lockdows.

O banco também baixou estimativa para a expansão econômica da China em 2022 de 5,1% para 4,6% devido à “estrita adesão” do país à sua política de combate à Covid. Os economistas do Citigroup disseram que o crescimento do PIB pode sofrer um impacto de até 0,9 ponto percentual no segundo trimestre.

Investidores estrangeiros venderam 5,3 bilhões de yuans (US$ 833 milhões) líquidos de ações chinesas na quarta-feira, o maior número desde 21 de março, e também venderam na sessão de quinta-feira, segundo dados compilados pela Bloomberg.

More stories like this are available on bloomberg.com

©2022 Bloomberg L.P.

Entenda lockdown e situação de moradores em Xangai .
Cidade chinesa está em confinamento oficial desde 28 de março; 26,3 milhões de pessoas entraram em isolamentoNo domingo (10.abr.2022), o município registrou o número recorde de 25.000 novos casos assintomáticos. Desde o início do atual surto, em razão da variante ômicron, foram detectados mais de 179.000 infectados.

usr: 2
Isto é interessante!