Mundo Juiz nomeado por Trump bloqueia vacinação obrigatória na saúde

22:06  07 abril  2022
22:06  07 abril  2022 Fonte:   ansabrasil.com.br

Comunidade antivax critica Trump por comentários a favor da vacinação contra Covid-19

  Comunidade antivax critica Trump por comentários a favor da vacinação contra Covid-19 Comunidade antivax critica Trump por comentários a favor da vacinação contra Covid-19(Reuters) - Os comentários recentes do ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump descrevendo as vacinas da Covid-19 como seguras e uma grande conquista de seu governo têm irritado membros radicais da comunidade antivax, o que inclui muitos de seus mais ferrenhos apoiadores.

(ANSA) - Um juiz federal dos Estados Unidos nomeado por Donald Trump concedeu nesta terça-feira (30) uma liminar que suspende a obrigatoriedade de vacinação anti-Covid para trabalhadores da saúde e funcionários de casas de repouso.

A medida havia sido determinada pelo governo do presidente Joe Biden e entraria em vigor na semana que vem, mas se tornou alvo de disputas judiciais em um país que concentra uma numerosa população antivax.

Na prática, o juiz Terry Doughty, da Louisiana, expandiu para todo o país uma decisão que havia sido tomada na segunda-feira (29) por um tribunal federal do Missouri relativa a 10 estados.

Como Brasil entrou em lista de 'alto risco' de volta da pólio

  Como Brasil entrou em lista de 'alto risco' de volta da pólio Cerca de um milhão de crianças brasileiras deixaram de ser vacinadas contra essa doença em 2020. O grande número de vulneráveis preocupa profissionais da saúde e autoridades nacionais e internacionais.De acordo com a entidade, a baixa taxa de vacinação nesses locais representa um perigo para todo o continente, que não registra um único caso da doença há exatos 30 anos.

A regra do governo Biden determinava que trabalhadores da saúde tomassem a primeira dose até 6 de dezembro e a segunda até 4 de janeiro, mas Doughty argumentou que essa medida precisaria ser decidida pelo Congresso, e não pelo governo.

"E também não está claro se uma lei do Congresso obrigando a vacinação seria constitucional", acrescentou o juiz federal, que foi nomeado pelo então presidente Trump em agosto de 2017 e aprovado de forma unânime pelo Senado.

Segundo o portal Our World in Data, apenas 58% da população dos EUA está completamente vacinada contra a Covid-19, embora o país tenha sido um dos primeiros a começar sua campanha de imunização.

O Brasil, que iniciou seu programa quase dois meses depois, tem 63% da população totalmente vacinada. Já o monitoramento da Universidade Johns Hopkins mostra que os Estados Unidos lideram o ranking de novos casos de Covid nos últimos 28 dias, com 2,36 milhões, quase o dobro da segunda colocada Alemanha (1,27 milhão). (ANSA).

Procuradora-geral de Nova York buscar declarar Trump em desacato por investigação de fraude .
A procuradora-geral do estado de Nova York, Letitia James, pediu nesta quinta-feira a um juiz que declare o ex-presidente Donald Trump em desacato por não ter entregue documentos relacionados à sua investigação sobre uma possível fraude nos negócios da família Trump. Desde 2019, Letitia conduz uma investigação civil sobre o ex-presidente e a Organização Trump, e tentou interrogar o ex-presidente durante meses. Em fevereiro, um juiz ordenou que Trump e seus filhos, Donald Jr. e Ivanka, fossem submetidos a um interrogatório sob juramento, ordem que está sob apelação.

usr: 0
Isto é interessante!