Mundo Brasileiro é suspeito de matar ex-cabeleireiro de CR7

16:21  04 novembro  2019
16:21  04 novembro  2019 Fonte:   ansabrasil.com.br

Suspeito de matar Marielle contradiz porteiro do condomínio de Bolsonaro

  Suspeito de matar Marielle contradiz porteiro do condomínio de Bolsonaro Suspeito de matar Marielle contradiz porteiro do condomínio de BolsonaroO advogado Henrique Telles, que defende o ex-PM, diz a questão já havia sido elucidada em depoimento. Segundo o advogado, Élcio foi encontrar-se com Ronnie Lessa, também suspeito do crime. O porteiro teria anotado incorretamente o número da casa informado por Élcio.

Um brasileiro de 39 anos foi detido por autoridades suíças no final de semana suspeito de matar o ex - cabeleireiro de Cristiano Ronaldo . O cabeleireiro e maquiador vivia em Zurique desde 2017 e deixa dois filhos. Além do jogador português, Ferreira trabalhou com diversas estrelas em Portugal

Corpo de Ricardo Marques Ferreira foi achado em hotel de Zurique.

Ricardo Marques Ferreira com Cristiano Ronaldo, em foto de arquivo.© Foto: Instagram Ricardo Marques Ferreira com Cristiano Ronaldo, em foto de arquivo.

O cabeleireiro português Ricardo Marques Ferreira, que já trabalhou para o craque Cristiano Ronaldo, foi encontrado morto em um quarto de hotel de Zurique, na Suíça, com múltiplas facadas em seu corpo.

Segundo o jornal português Diário de Notícias, o suspeito do crime é um brasileiro de 39 anos que já foi preso pela polícia suíça. O corpo de Ferreira foi achado por uma camareira na última sexta-feira (1º), envolto em poças de sangue.

O cabeleireiro e maquiador vivia em Zurique desde 2017 e deixa dois filhos maiores de idade. Ele trabalhou com diversas estrelas em Portugal, como o craque Cristiano Ronaldo, além de atrizes e modelos.

A identidade do suspeito do homicídio não foi divulgada. (ANSA)

_____________________

MP oferece denúncia contra acusado de estuprar e matar Aline em Alumínio .
MP oferece denúncia contra acusado de estuprar e matar Aline em Alumínio'Ligue 180' recebe denúncias sobre assédio e violência contra a mulher

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 3
Isto é interessante!