Mundo: Bélgica prende separatistas catalães a pedido da Espanha - - PressFrom - Brasil

Mundo Bélgica prende separatistas catalães a pedido da Espanha

20:16  08 novembro  2019
20:16  08 novembro  2019 Fonte:   reuters.com

Milhares de separatistas repudiam visita do rei da Espanha a Barcelona

  Milhares de separatistas repudiam visita do rei da Espanha a Barcelona Milhares de manifestantes separatistas catalães repudiaram nesta segunda-feira (4) a presença em Barcelona do rei Felipe VI, que apelou a uma Catalunha sem "violência" ou "intolerância", depois de recentes manifestações contrárias à condenação de líderes do movimento. Revoltados após a condenação de nove líderes catalães à prisão pela tentativa de secessão de 2017, milhares de pessoas protestaram em frente ao Palácio de Congressos da Catalunha, onde o monarca e sua filha, a princesa Leonor, participaram da entrega dos prêmios Princesa Girona a jovens talentos.

Líderes catalães Comin e Puig em Bruxelas© Reuters/Francois Lenoir Líderes catalães Comin e Puig em Bruxelas

BRUXELAS (Reuters) - Dois líderes catalães procurados pela Espanha devido ao envolvimento em uma iniciativa de independência fracassada foram presos na Bélgica, mas soltos em seguida, e agora esperam uma audiência de extradição, disseram procuradores federias belgas em um comunicado emitido nesta sexta-feira.

A Espanha reativou mandados europeus para Lluis Puig e Toni Comin desde que nove outros líderes separatistas receberam penas de prisão longas em Madri no mês passado devido aos seus papéis em um referendo ilegal e uma declaração de independência para a Catalunha em 2017.

Manifestantes pró-independência da Catalunha interditam estrada entre Espanha e França

  Manifestantes pró-independência da Catalunha interditam estrada entre Espanha e França Manifestantes pró-independência da Catalunha interditam estrada entre Espanha e FrançaDesde perto das 9h locais, a rodovia – uma rota importante para os caminhões que vão da França para o sul espanhol – estava bloqueada na travessia de fronteira de La Jonquera por manifestantes instalados dos lados francês e espanhol.

O ex-líder catalão Carles Puigdemont, também alvo de um mandado de prisão, terá que comparecer a um tribunal belga no dia 16 de dezembro.

A Espanha ainda reativou um mandado europeu para a acadêmica Clara Ponsati, que mora na Escócia.

Puig e Comin foram notificados sobre seus mandados de prisão ao se apresentarem à polícia da Bélgica na quinta-feira, mas depois foram libertados com a condição de não deixarem o país.

Eles contestam suas extradições, e uma corte fará uma audiência sobre a questão em 15 de dezembro, disseram procuradores.

(Por Philip Blenkinsop)

Iêmen: governo e separatistas assinam acordo de paz .
O governo do Iêmen, reconhecido pela comunidade internacional, assinou nesta terça-feira (5) um acordo para compartilhar o poder com os separatistas, a fim de encerrar o conflito no sul do país devastado por uma guerra com várias frentes. Os dois lados formalizaram sua reconciliação em uma cerimônia na Arábia Saudita. "Este acordo abrirá um novo período de estabilidade no Iêmen", disse o príncipe herdeiro saudita, Mohamed Bin Salman, durante a cerimônia de assinatura do pacto, transmitida pela televisão. "É um dia feliz para a Arábia Saudita, já que os dois lados estão juntos", acrescentou.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 0
Isto é interessante!