Mundo EUA acusam China de exportar drones autônomos letais para o Oriente Médio

13:52  11 novembro  2019
13:52  11 novembro  2019 Fonte:   canaltech.com.br

Mulher detida com ouro escondido nos sapatos na fronteira Rússia-China

  Mulher detida com ouro escondido nos sapatos na fronteira Rússia-China Uma russa que pretendia entrar na China com lingotes de ouro foi detida por agentes da Alfândega no Extremo Oriente da Rússia quando transportava quase dois quilos do metal preciosos escondidos nos sapatos. "A jovem caminhava de maneira pouco natural () e estava nervosa antes de passar pela Alfândega em um ponto de controle rodoviário na cidade de Zabaikalsk, na fronteira entre Rússia e China", informou o serviço regional de Alfândega e um comunicado.Depois de uma revista com um detector de metais, ela entregou voluntariamente oito lingotes de ouro, com um peso total de 1.863 gramas, que estavam presos às solas dos sapatos com fita adesiva.

Secretário de Defesa dos EUA diz ter provas de que uma fabricante de drones comercializa unidades autônomas armadas que podem tirar vidas sem supervisão humana. Segundo ele, a China vem exportando para o Oriente Médio drones armados que podem tirar vidas sem supervisão humana.

Estados Unidos acreditam que a China está exportando drones autônomos que podem matar pessoas. A China , nos últimos anos, tem dado atenção a diversas regiões buscando aumentar sua participação e influência em alguns países da Ásia, do Oriente Médio e mesmo da África.

drone© ziyan drone

O exército hi-tech de autômatos letais, antes uma visão do futuro, já é uma realidade e está em pleno curso, inclusive com comércio dessa nova tecnologia em andamento. Isso é o que diz o secretário de Defesa dos Estados Unidos, Mark Esper. Segundo ele, a China vem exportando para o Oriente Médio drones armados que podem tirar vidas sem supervisão humana.

É a primeira vez que um alto funcionário da Defesa faz esse tipo de afirmação. "Enquanto falamos, o governo chinês já está exportando alguns dos seus drones aéreos militares mais avançados para o Oriente Médio e se prepara para exportar seus UAVs [veículos aéreos não tripulados, na sigla em inglês] furtivos de próxima geração quando eles entrarem em operação", destacou Esper durante conferência sobre inteligência artificial na Comissão de Segurança Nacional.

É falso que a China doou 60 helicópteros militares para o Brasil

  É falso que a China doou 60 helicópteros militares para o Brasil É falso que a China doou 60 helicópteros militares para o Brasil 2/10 SLIDES © Foto: Divulgação Circula pelas redes sociais um post com a afirmação de que o Brasil vai receber da China uma doação de 60 helicópteros militares 3/10 SLIDES © PSL Essa informação começou a circular no dia 27 de outubro, depois que o presidente Jair Bolsonaro visitou o país 4/10 SLIDES © Foto: Divulgação No entanto, a informação é falsa 5/10 SLIDES © Foto: Divulgação Trata-se de uma fake news 6/10 SLIDES © Foto: Divulgação Em nota, a assessoria de imprensa do Ministério da Defesa afirmou que não houve qualquer negoci

" O governo chinês já está exportando alguns dos seus drones aéreos militares, mais avançados, para o Oriente Médio . Em síntese, caso a Ziyan esteja dizendo a verdade sobre a comercialização de seus drones de tipo helicópteros autônomos , isso significa que a China está adiante na corrida.

Sobre a comercialização de “ drones assassinos”, o secretário de Defesa dos Estados Unidos, Mark Esper, ressaltou que o governo chinês já tem exportado alguns modelos de drones aéreos militares para a região É positivo china afrente para contrariar as operações dos EUA no Oriente Médio .

Drones da Ziyan (Imagem: Reprodução/Global Times)Drones da Ziyan (Imagem: Reprodução/Global Times)

A empresa chinesa Ziyan, por exemplo, comercializa o Blowfish A3, que, basicamente, é um drone equipado com hélices e uma metralhadora. A Ziyan descreve o produto como algo que "realiza, de forma autônoma, missões de combate mais complexas, incluindo detecção e reconhecimento de alcance de pontos fixos e ataques de precisão direcionados".

Venda para governos do Oriente Médio

De acordo com Greg Allen, chefe de estratégia e comunicação do Centro de Inteligência Artificial Conjunto do Departamento de Defesa norte-americano, um documento da organização independente Center for a New American Security revela que o Blowfish A2 já vinha sendo comercializado pela Ziyan junto aos governos do Paquistão e da Arábia Saudita.

O Brasil precisa olhar com avidez para a África

  O Brasil precisa olhar com avidez para a África Com sede no Brasil e em Gana, o Ibraf tem a missão de aproximar o País e o continente africano. Uma das iniciativas para atingir esse objetivo é a realização do Fórum Brasil África, dias 12 e 13 deste mês, em São Paulo. A ideia é promover novos negócios em um mercado de 1,4 bilhão de consumidoresDINHEIRO – Por que o tema segurança alimentar foi escolhido para o Fórum Brasil África?

Direito de imagem AFP. Image caption A China é uma grande exportadora de drones para o Oriente Médio . Os EUA têm usado drones armados intensamente no Oriente Médio como parte de suas campanhas contra a al-Qaeda e o grupo Mas Israel tem relutado em exportar esses equipamentos.

As tensões entre os EUA e a China parecem estar definindo o relacionamento bilateral entre os dois países. O ponto-chave para a China , assim como sua estratégia, no Oriente Médio é o petróleo. A China vem fazendo investimentos econômicos nessa região, gastando bilhões de dólares, além

“Apesar de expressar preocupação com a corrida armamentistas de inteligência artificial (IA), a maioria das lideranças na China vê um inevitável aumento do uso militar da IA ​​e vem seguindo isso agressivamente. A China já exporta plataformas autônomas armadas e IA de vigilância”, escreveu Allen.

O modelo Blowfish A3, da Ziyan (Imagem: Reprodução/Global Times)O modelo Blowfish A3, da Ziyan (Imagem: Reprodução/Global Times)

No ano passado, Zeng Yi, executivo sênior da Norinco, terceira maior empresa de defesa da China, previu que "nos futuros campos de batalha, não haverá pessoas brigando" — isso já em 2025. Esper também disse que as redes chinesas de software e hardware de vigilância poderiam ajude a China a desenvolver a IA.

“Todos os sinais apontam para a construção de um estado de vigilância do século XXI destinado a censurar a fala e negar os direitos humanos básicos em uma escala sem precedentes. Pequim tem todo o poder e ferramentas necessárias para coagir a indústria e a academia chinesas a apoiar os esforços liderados pelo governo”, alerta.

‘China faz parte do futuro do Brasil’, diz Bolsonaro com Xi Jinping

  ‘China faz parte do futuro do Brasil’, diz Bolsonaro com Xi Jinping Marinho afirma que vive melhor momento da carreira e fala de inspiração em Robben: 'Faço jogada parecida'

Segundo o Comitê Internacional da Cruz Vermelha armas autônomas letais (LAWs), sistemas de armas autônomas letais (LAWS), robôs autônomos letais (LAR), ou ainda, robôs assassinos, podem ser definidos como qualquer sistema de arma com autonomia em suas funções críticas.

Ministro de Relações Exteriores iraniano acusa europeus de cederem a assédio dos EUA , depois de jornal revelar que Trump os ameaçou com Manifestações são lideradas por estudantes universitários de classe média e alta, que acusam o regime de matar seus companheiros e tentar esconder o fato.

Fonte: Defense One

Trending no Canaltech:

  • MELHOR PROMOÇÃO DO ANO | Galaxy S10e + Galaxy Watch Active por R$ 2.499 em 10x!
  • Samsung cresce mais do que concorrentes no mercado de smartwatches
  • Marte poderá ser colonizado em 20 anos com mil voos do Starship, segundo Musk
  • MEGA PECHINCHA | Notebook gamer Lenovo Core i7 Full HD por apenas R$ 2.266
  • Grupo financiado por Elon Musk libera IA poderosa e assustadora

Entenda os protestos em Hong Kong, explicados em 3 minutos .
Entenda os protestos em Hong Kong, explicados em 3 minutosAs manifestações tiveram início em junho em repúdio a um controverso projeto de lei, apresentado em abril, que permitiria a extradição de suspeitos de crimes para a China continental sob certas circunstâncias.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 3
Isto é interessante!