Mundo: Retomada de atividade nuclear no Irã deixa França, Alemanha e Reino Unido em estado de alerta - - PressFrom - Brasil

Mundo Retomada de atividade nuclear no Irã deixa França, Alemanha e Reino Unido em estado de alerta

23:36  11 novembro  2019
23:36  11 novembro  2019 Fonte:   brasil.rfi.fr

Vietnã: oito detidos no caso de migrantes mortos no Reino Unido

  Vietnã: oito detidos no caso de migrantes mortos no Reino Unido A polícia do Vietnã anunciou a detenção de oito suspeitos de envolvimento na morte de 39 pessoas, provavelmente migrantes vietnamitas, encontradas em um caminhão frigorífico no Reino Unido. As autoridades da província de Nghe An (centro), de onde seriam procedentes a maioria das vítimas, prenderam oito suspeitos envolvidos com redes de traficantes. A informação foi divulgada por Nguyen Huu Cau, comandante de polícia da província. Na semanaAs autoridades da província de Nghe An (centro), de onde seriam procedentes a maioria das vítimas, prenderam oito suspeitos envolvidos com redes de traficantes.

De pouco serviu a pressão combinada da França , Alemanha e Reino Unido . Tampouco o freou o risco de que Oriente Médio despenque pela ladeira nuclear . Neste tempo, Trump e seus falcões quiseram deixar seus adversários de mãos atadas. Para isso, como repetiu nesta terça o presidente

Irã recua de promessas feitas sob acordo nuclear abandonado pelos EUA. Irã deixa partes do acordo nuclear e dá A UE, juntamente com os governos da Alemanha , França e Reino Unido , expressou em O acordo de 2015 foi assinado pelo Irã juntamente com Estados Unidos , Reino Unido , China

  Retomada de atividade nuclear no Irã deixa França, Alemanha e Reino Unido em estado de alerta © REUTERS/Leonhard Foeger

Os ministros das Relações Exteriores da França, Alemanha e Reino Unido se mostraram “extremamente preocupados” após o Irã ter anunciado a retomada de suas atividades nucleares. Em um comunicado comum, que contou ainda com a assinatura de representantes da União Europeia, eles pediram que o regime iraniano respeite os acordos internacionais.

Os signatários do comunicado divulgado nesta segunda-feira (11) lembraram que “a ação do Irã é contrária às disposições claras do JCPoA sobre Fordo e terá consequências potencialmente graves em termos de proliferação”. Segundo eles, a postura de Teerã “representa uma aceleração lamentável do desengajamento do Irã com relação às suas obrigações no JCPoA”.

Negociador da UE prevê negociações comerciais complicadas com Reino Unido após Brexit

  Negociador da UE prevê negociações comerciais complicadas com Reino Unido após Brexit Negociador da UE prevê negociações comerciais complicadas com Reino Unido após Brexit"O Reino Unido não deve pensar que tarifas nulas, cotas nulas vão ser suficientes", disse Barnier em um discurso durante o maior evento de tecnologia da Europa, o Web Summit, em Lisboa, acrescentando que o tempo também será "extremamente curto" para negociar uma nova parceria.

A França , o Reino Unido e a Alemanha afirmaram neste domingo estarem preocupadas com a escalada das tensões na região do Golfo Pérsico e com o risco do fim do acordo nuclear iraniano de 2015. As nações pedem a retomada do diálogo entre todas as partes. Saiba mais.

Depois de receber as investidas de Donald Trump e Benjamin Netanyahu na Assembleia Geral da ONU, o presidente iraniano, Hassan Rohani, saiu em defesa do pacto nuclear de 2015 e Nenhum dos outros seis signatários ( Irã , França , Rússia, China, Reino Unido e Alemanha ) apoia a denúncia.

JCPoA é a sigla usada para definir o acordo assinado em 2015 em Viena por Teerã e as potências internacionais. No compromisso, o governo iraniano se engaja a interromper suas operações nucleares em troca da retirada de sanções econômicas impostas por países ocidentais.

“Nós pedimos ao Irã para abandonar todas as medidas contrárias ao JCPoA, inclusive o fato de ultrapassar o estoque máximo de urânio pouco enriquecido autorizado ou de ultrapassar as taxas de enriquecimento autorizado”, insistem os ministros. “É essencial que o Irã respeite seus engajamentos (...) para permitir a diminuição das tensões”, martelou o grupo.

As autoridades de Teerã informaram no sábado (9) que o país está enriquecendo urânio a 5% e que teria a capacidade de chegar aos 60%. A declaração foi feita poucos dias após Teerã ter anunciado a retomada de suas atividades nucleares na usina subterrânea de Fordo, citada no comunicado assinado pelos europeus.

Irã anuncia novas violações de acordo nuclear

  Irã anuncia novas violações de acordo nuclear Rohani diz que seu país retomará enriquecimento de urânio em central, na quarta fase de violação do pacto nuclear internacional de 2015. Ele afirma que medida pode ser revertida se signatários cumprirem compromissos. © Irna Presidente iraniano, Hassan Rohani: O presidente do Irã, Hassan Rohani, anunciou nesta terça-feira (05/11) que o país começará a quarta etapa da redução de compromissos assumidos no acordo nuclear internacional de 2015, ao retomar o enriquecimento de urânio na central de Fordo com a injeção de gás em 1.044 centrífugas."Em Fordo, temos 1.

Segundo ele, mais de 53 bilhões de barris seriam adicionados às reservas comprovadas do Irã , atualmente em cerca de 150 bilhões. Desde que os EUA se retiraram do acordo nuclear de 2015, os outros países envolvidos - Alemanha , França , Reino Unido , Rússia e China - têm lutado para

O presidente dos EUA, Donald Trump, mostra sua assinatura oficializando a retirada do país do acordo nuclear com o Irã , retomando as sanções contra o país. Trata-se de uma das mais contundentes decisões de política externa do americano em seus 15 meses de governo — Foto: Jonathan

Decisão de Donald Trump provocou a reação iraniana

Desde maio, Teerã vem se desengajando do acordo assinado com os europeus, Estados Unidos, Rússia e China. Segundo o texto, a República Islâmica se comprometia a não desenvolver armas nucleares e havia aceitado reduzir drasticamente suas atividades nucleares em troca da suspensão de parte das sanções econômicas que asfixiam sua economia.

Mas as tensões retomaram após o presidente norte-americano Donald Trump ter se retirado unilateralmente do acordo, em maio de 2018. Washington impôs novamente medidas financeiras contra o Irã, sufocando o país.

Ao reduzir seus engajamentos, Teerã espera pressionar os demais países para que o ajudem a evitar as sanções impostas pelos Estados Unidos.

Embaixada russa ‘troca’ Bolsonaro por Temer em post sobre o Brics .
Embaixada russa ‘troca’ Bolsonaro por Temer em post sobre o BricsO perfil oficial da embaixada da Rússia no Reino Unido “trocou” o presidente Jair Bolsonaro pelo antecessor Michel Temer em postagem que destaca uma declaração do presidente russo Vladimir Putin durante o 11º encontro da cúpula dos Brics, que ocorreu nesta semana em Brasília.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 0
Isto é interessante!