Mundo: Irã inicia enriquecimento nuclear em usina subterrânea; AIEA confirma - - PressFrom - Brasil

Mundo Irã inicia enriquecimento nuclear em usina subterrânea; AIEA confirma

00:30  12 novembro  2019
00:30  12 novembro  2019 Fonte:   reuters.com

UE e Rússia preocupados com decisão do Irã de ampliar enriquecimento de urânio

  UE e Rússia preocupados com decisão do Irã de ampliar enriquecimento de urânio O presidente do Irã, Hassan Rohani, anunciou nesta terça-feira (5) uma nova revisão dos compromissos assumidos com a comunidade internacional a respeito de seu programa nuclear. O país vai retomar o enriquecimento de urânio em uma central a 180 km de Teerã. A Rússia e a União Europeia estão preocupadas com a decisão que ameaça a acordo internacional. A Comissão Europeia avalia que o futuro do acordo nuclear iraniano está cada dia mais comprometido. A França pediu que Teerã volte atrás em sua decisão de descumprir o tratado internacional.

O Irã disse nesta quinta-feira que retomou o enriquecimento de urânio em sua usina nuclear subterrânea de Fordow, afastando-se ainda mais do acordo nuclear que firmou com potências estrangeiras em 2015 depois que os Estados Unidos se desligaram do pacto. Saiba mais.

Usina Nuclear é uma unidade industrial construída para produzir energia elétrica a partir de materiais radioativos. A energia nuclear é uma alternativa às limitações de fontes naturais, como rios (energia hidrelétrica), carvão, gás e petróleo. Também demonstra mais eficiência na comparação com outras

.© Reuters/Leonhard Foeger .

VIENA (Reuters) - O Irã começou a enriquecer urânio em sua usina subterrânea de Fordow, a violação mais recente de seu acordo com grandes potências, confirmou a agência nuclear da Organização das Nações Unidas (ONU) nesta segunda-feira, acrescentando que o estoque de urânio enriquecido de Teerã continua a aumentar.

O Irã está desrespeitando os limites impostos pelo acordo às suas atividades nucleares passo a passo em reação à saída dos Estados Unidos do pacto no ano passado e à reativação de suas sanções contra Teerã, que diz poder reverter essas violações rapidamente se os Estados Unidos suspenderem suas sanções.

Irã anuncia novas violações de acordo nuclear

  Irã anuncia novas violações de acordo nuclear País retomará enriquecimento de urânio. Decisão foi feita por Hassan Rohani“Em Fordo, temos 1.044 centrífugas e com o acordo nuclear tínhamos concordado que essas centrífugas seguiriam funcionando, mas sem a injeção de gás. Mas vamos dar esse passo a partir de amanhã”, disse Rohani, em discurso transmitido na televisão estatal, ponderando que essa decisão é “reversível”.

Irã enriquecerá urânio a 5% em instalação nuclear subterrânea de Fordow, diz autoridade. O Irã disse na quinta-feira que havia retomado o enriquecimento de urânio na usina de Fordow O pacto proíbe a produção de material nuclear em Fordow, um local altamente sensível e que o Irã escondeu

O Irã iniciou neste domingo (10) as obras de construção de um segundo centro nuclear na fábrica de Bushehr, usina construída no sul do país com o auxilio da Rússia, informou a agência de notícias Mehr. De acordo com a publicação, a previsão é de que as unidades 2 e 3 da usina nuclear fiquem

Em um relatório trimestral, a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), que policia o acordo, confirmou o anúncio iraniano da semana passada de que começou a enriquecer urânio em sua usina de Fordow, oculta no interior de uma montanha --algo que o pacto proíbe.

"Desde 9 de novembro... o Irã vem realizando enriquecimento de urânio na usina", disse o relatório confidencial da AIEA, obtido pela Reuters.

O estoque de urânio enriquecido do Irã chegou a 372,3 quilos, bem acima do teto de 202,8 quilos do acordo. A pureza físsil máxima com que o regime já enriqueceu urânio até agora continua em 4,5 %, acima do teto de 3,67% do pacto, mas bem abaixo dos 20% que o Irã alcançou antes e dos 90% necessários para o combustível de uma bomba atômica.

O Irã continua a enriquecer com centrífugas diferentes de seu modelo mais básico, o IR-1, o que é proibido pelo acordo, acrescentou o relatório da AIEA. O país enriqueceu com centrífugas mais avançadas e até instalou pequenas quantidades de centrífugas não mencionadas no acordo, mostrou o documento.

(Por François Murphy)

Irã já tem capacidade para enriquecer urânio a 60% .
O anúncio foi feito pelo neste sábado (9) pelo porta-voz da agência nuclear iraniana, Behrouz Kamalvandi. Segundo ele, com a atual tecnologia, o país tem a possibilidade de enriquecer urânio a 5%, 20% e 60%. Este nível é bem superior às necessidades civis da República Islâmica, mas continua sendo insuficiente para fabricar armas nucleares. As autoridades iranianas anunciaram que o Irã passará, nesta segunda-feira (11), para a quarta etapa do projeto que visa colocar um fim aos compromissos no acordo nuclear de Viena, em 2015, assinado com as potências ocidentais. Os Estados Unidos se retiraram do acordo em 2018.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 1
Isto é interessante!