Mundo: Apoiadores de Evo sugerem ‘guerra civil’ durante protestos na Bolívia - - PressFrom - Brasil

Mundo Apoiadores de Evo sugerem ‘guerra civil’ durante protestos na Bolívia

02:35  12 novembro  2019
02:35  12 novembro  2019 Fonte:   poder360.com.br

Líder de protestos promete voltar a Laz Paz após viagem frustrada por apoiadores de Morales

  Líder de protestos promete voltar a Laz Paz após viagem frustrada por apoiadores de Morales Líder de protestos promete voltar a Laz Paz após viagem frustrada por apoiadores de MoralesCamacho havia voado de seu reduto de Santa Cruz a La Paz com uma carta de renúncia pré-escrita para Morales, depois de exortar compatriotas em um evento realizado na noite de segunda-feira a “paralisarem” instituições do governo.

Os protestos na Bolívia duram mais de duas semanas, depois de oposição e movimentos civis terem denunciado fraudes na contagem dos votos a favor do presidente, que a comissão eleitoral deu como vencedor para Após deixar a prisão, Lula discursou para apoiadores e lançou críticas à Lava Jato.

Apoiadores de Evo Morales resistem na cidade El Alto, na Bolivia . "Aqueles que tentam o golpe de estado brincam com fogo, as pessoas aqui não deixarão a

Há manifestações em La Paz desde as eleições presidenciais, em outubro© Reprodução/Twitter @EsquerdaNet Há manifestações em La Paz desde as eleições presidenciais, em outubro

Apoiadores do agora ex-presidente boliviano Evo Morales saíram de El Alto, cidade que fica a 4.000 metros de altitude, para La Paz. Durante o percurso, a multidão gritava “guerra civil” e levava a whiphala, bandeira de 7 cores e símbolo de alguns povos indígenas dos Andes. Lojas no centro da capital se apressaram a fechar as portas.

O 2º colocado nas eleições presidenciais de 20 de outubro, Carlos Mesa, pediu proteção policial por conta do protesto promovido pelos apoiadores de Evo. “Muitas pessoas me alertam indicando que uma multidão violenta vai à minha casa para destruí-la. Peço à Polícia Nacional que evite essa loucura“, escreveu Mesa em seu perfil no Twitter.

Líder de protestos promete voltar a Laz Paz após viagem frustrada por apoiadores de Morales

  Líder de protestos promete voltar a Laz Paz após viagem frustrada por apoiadores de Morales Carta para Morales

Publicidade. América Latina. Evo Morales renuncia à presidência da Bolívia . No entanto, a apuração de votos ficou inexplicavelmente interrompida durante quase um dia inteiro, provocando Chile em estado de exceção, protestos violentos na Bolívia , megapasseatas no Equador, Argentina recaindo

A tensão na Bolívia vem escalando por conta de enfrentamentos entre apoiadores e críticos de Morales, que o acusam de fraude. Evo convoca novas eleições na Bolívia , e Forças Armadas sugerem renúncia. Opositores de Evo cortam cabelo e pintam de rosa prefeita na Bolívia ; veja.

  Apoiadores de Evo sugerem ‘guerra civil’ durante protestos na Bolívia © Fornecido por Poder360 Jornalismo e Comunicação S/S LTDA.

A Bolívia enfrenta uma onda de protestos desde a polêmica envolvendo a vitória de Evo Morales nas eleições de outubro. Depois da auditoria da OEA (Organização dos Estados Americanos) –que concluiu ter havido fraudes no processo eleitoral do país–, os atos passaram a pedir novas eleições. Nesse domingo (10.nov.2019), Evo anunciou que convocaria 1 novo pleito. Porém, no mesmo dia, perdeu o apoio das Forças Armadas e anunciou a saída do poder.

O vice-presidente, Álvaro García Linera, e 3 ministros deixaram o cargo nas últimas horas. A Bolívia segue com vácuo no poder.

Presidente interina da Bolívia diz que Morales não poderá ser candidato em próxima eleição .
Presidente interina da Bolívia diz que Morales não poderá ser candidato em próxima eleição"Evo Morales não está habilitado para um quarto mandato, por isso ocorreu toda essa convulsão, por isso aconteceram tantas manifestações dos bolivianos nas ruas", disse Añez.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 14
Isto é interessante!