Mundo: Família de brasileiros é presa por comandar 'império' de bordéis, prostituição e drogas em Londres - - PressFrom - Brasil

Mundo Família de brasileiros é presa por comandar 'império' de bordéis, prostituição e drogas em Londres

15:32  12 novembro  2019
15:32  12 novembro  2019 Fonte:   bbc.com

Babá dos filhos de Erick Jacquin é presa por integrar quadrilha

  Babá dos filhos de Erick Jacquin é presa por integrar quadrilha Erick Jacquin ficou surpresa com a notícia de que a babá que cuidava dos filhos deles praticava crimesO jurado do MasterChef teria recebido uma foto de Andrea Lopes da Silva, 38, como sendo suspeita de praticar diversos crimes. Segundo o site R7, Jacquin avisou a polícia e a mulher foi presa.

Flavia, Renato e Raul Sacchi - eram os cabeças de uma quadrilha que explorava mulheres, vendia drogas e controlava bordéis clandestinos em Londres , segundo a polícia — Foto: London Metropolitan Police/BBC.

Em redes sociais, uma família de três brasileiros colecionava elogios de parentes e amigos em fotos e vídeos a bordo de jetskis, um Rolls Royce, uma Ferrari e uma Lamborghini. No Facebook, a família ostentava uma vida de luxos em Londres , uma das capitais mais caras do mundo

Três brasileiros - Flavia, Renato e Raul Sacchi - eram os cabeças de uma quadrilha que explorava mulheres, vendia drogas e controlava bordéis clandestinos em Londres, segundo a polícia© Metropolitan Police Três brasileiros - Flavia, Renato e Raul Sacchi - eram os cabeças de uma quadrilha que explorava mulheres, vendia drogas e controlava bordéis clandestinos em Londres, segundo a polícia

Em redes sociais, uma família de três brasileiros colecionava elogios de parentes e amigos em fotos e vídeos a bordo de jetskis, um Rolls Royce, uma Ferrari e uma Lamborghini.

No Facebook, a família ostentava uma vida de luxos em Londres, uma das capitais mais caras do mundo, e criticava duramente a corrupção no Brasil, compartilhando textos e imagens em defesa de operações da Polícia Federal e do Exército em Brasilia e no Rio de Janeiro. "Os corruptos piram", diziam.

Erick Jacquin recupera relógio furtado pela babá de seus filhos

  Erick Jacquin recupera relógio furtado pela babá de seus filhos Babá dos filhos do chef Erick Jacquin foi presa suspeita de integrar uma quadrilha que furtava residências de luxo e cometia sequestros relâmpagos em SPAndrea Lopes da Silva, 38, foi presa no domingo suspeita de integrar uma quadrilha que furtava residências de luxo e cometia sequestros relâmpagos em São Paulo.

' Império milionário'. Dinheiro em espécie e chaves de carros de luxo foram apreendidas nas casas dos brasileiros pela polícia de Londres . A família Sacchi foi presa em 7 meses antes do julgamento, em fevereiro deste ano. Na casa de Renato e Flavia, a polícia encontrou £ 50 mil libras (ou mais de R

Em redes sociais, uma família de três brasileiros colecionava elogios de parentes e amigos em fotos e vídeos a bordo de jetskis, um Rolls Royce, uma Ferrari e uma Lamborghini. No Facebook, a família ostentava uma vida de luxos em Londres , uma das capitais mais caras do mundo, e criticava

Há duas semanas, o jogo se inverteu e o casal de paulistas Flavia Xavier-Sacchi (23) e Renato Dimitrov Sacchi (43), e o irmão dele, Raul Sacchi (49), foram condenados e presos em Londres por comandarem um megaesquema de prostituição, escravidão moderna, bordéis clandestinos, segurança ilegal e venda de drogas na capital inglesa.

A quadrilha empregava pelo menos outros cinco brasileiros e faturava milhões de libras por ano, segundo a Scotland Yard, que trabalhou por mais de um ano com agentes infiltrados à paisana no esquema, descrito como "uma rede sofisticada de prostíbulos, pelos quais vendiam drogas e controlavam prostitutas, gerando lucros acima de um milhão de libras" - ou mais de cinco milhões de reais - por ano.

"As pessoas geralmente são reticentes ou têm muito medo de contribuir com investigações sobre escravidão moderna, por isso nosso trabalho é construir uma acusação e desmontar essas organizações criminosas usando todo tido de prova possível", disse a polícia metropolitana de Londres, em nota.

Trump pressiona México sobre segurança após morte de família mórmon

  Trump pressiona México sobre segurança após morte de família mórmon Trump pressiona México sobre segurança após morte de família mórmonCIDADE DO MÉXICO (Reuters) - O presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, disse que debaterá a situação de segurança no país com os Estados Unidos nesta terça-feira, após o presidente norte-americano, Donald Trump, exortar o México a "travar uma guerra" contra os cartéis de drogas, em reação ao assassinato de nove membros de uma família mórmon no norte do México.

Três brasileiros - Flavia, Renato e Raul Socchi - eram os cabeças de uma quadrilha que explorava mulheres, vendia drogas e controlava bordéis clandestinos em Londres , segundo a polícia. BBC NEWS BRASIL/Metropolitan Police.

Em redes sociais, uma família de três brasileiros colecionava elogios de parentes e amigos em fotos e vídeos a bordo de jetskis, um Rolls Royce, uma Ferrari e uma Lamborghini. No Facebook, a família ostentava uma vida de luxos em Londres , uma das capitais mais caras do mundo, e criticava

"Detetives passaram meses empregando diversas táticas para construir a investigação contra o grupo criminoso, adotando uma abordagem baseada em evidências para garantir que foram condenados e levados à Justiça. Qualquer pessoa que considere explorar outros seres humanos para obter ganhos financeiros deve esperar enfrentar o mesmo nível de investigação e acusação de especialistas."

'Império milionário'

Dinheiro em espécie e chaves de carros de luxo foram apreendidas nas casas dos brasileiros pela polícia de Londres© Metropolitan Police Dinheiro em espécie e chaves de carros de luxo foram apreendidas nas casas dos brasileiros pela polícia de Londres

Em 24 de outubro, depois de negarem qualquer envolvimento em atividades ilegais, Renato e a esposa Flavia Xavier-Sacchi confessaram ter culpa e foram condenados a mais de 8 anos de prisão, cada um. Já Raul Sacchi, que não admitiu participação no esquema, foi condenado pela Justiça a uma pena maior: 9 anos e dois meses de prisão.

Suspeito do massacre de família de mórmons é preso no México

  Suspeito do massacre de família de mórmons é preso no México Emboscada provocou a morte de três mulheres e seis crianças , sendo dois gêmeos recém-nascidos de seis meses. De acordo com o procurador-geral de Chihuahua, Cesar Peniche Espejel, o assassinato pode ter sido comandado pelo recém-formado cartel de drogas "Los Jaguares". A polícia mexicana também investiga a ligação de outros carteis. A suspeita é de que a família tenha sido confundida. No entanto, membros da família são ativistas e fazem campanha contra grupos criminosos de Sonora e Chihuahua. "Depois da prisão do 'El Chapo' o cartel de Sinaloa sofreu fragmentações.

Eles ostentavam uma vida de luxo e criticavam a corrupção nas redes sociais.

Brasileiros , que criticavam duramente corrupção e defendiam policiais nas redes sociais, foram presos por comandarem um megaesquema de prostituição , escravidão moderna, bordéis clandestinos, segurança ilegal e venda de drogas na capital inglesa.

Segundo a Scotland Yard, os três eram os cabeças de rede de prostíbulos ilegais espalhada em seis bairros do norte de Londres e "desfrutavam de estilos de vida luxuosos, gastando os lucros obtidos com a exploração de profissionais do sexo em férias de luxo, veículos e joias".

O caso ganhou destaque nos maiores tabloides ingleses, que descreveram os brasileiros como líderes de "um império milionário" de bordéis, drogas e prostituição em Londres.

Toda a investigação começou a partir da denúncia de uma jovem brasileira, que procurou a polícia em abril de 2017.

A mulher, cuja identidade foi preservada, contou que foi forçada a trabalhar nos bordéis da quadrilha durante dois meses e que os brasileiros diziam que matariam a família dela no Brasil, caso ela tentasse deixar a prostituição. Com ajuda de autoridades britânicas, ela conseguiu fugir - a polícia, por sua vez, começou a visitar os bordéis e flagrar funcionários vendendo drogas, especialmente cocaína.

Segundo a lei da Grã-Bretanha, a prostituição - ou a oferta de serviços sexuais em troca de dinheiro - é uma atividade legal. Por outro lado, a exploração da prostituição - por meio das figuras conhecidas como cafetões ou cafetinas - e a existência de bordéis ou prostíbulos é proibida em todo o território.

“Superlotadas, insalubres”: prisões francesas vivem “crise profunda”, diz Figaro

  “Superlotadas, insalubres”: prisões francesas vivem “crise profunda”, diz Figaro O jornal francês Le Figaro denuncia em reportagem de capa desta quarta-feira (13) a “crise profunda” do sistema carcerário na França. A promessa do presidente Emmanuel Macron de abrir 15 mil novas vagas nas penitenciárias está longe de ser cumprida: no fim do seu governo, em 2022, pouco mais de 4 mil serão de fato consolidadas. O resultado é que as prisões do país se encontram “superlotadas, vetustas, insalubres”, afirma o diário. Apesar de serApesar de ser um país desenvolvido, faz muitos anos que a França enfrenta o problema da superpopulação carcerária.

Uma família brasileira foi presa e condenada por coordenar uma rede de prostíbulos espalhados por seis bairros de Londres . No dia 24 de outubro, Flávia e Renato confessaram culpa e foram condenados a 8 anos de prisão cada um. Já Raul, foi condenado a 9 anos e ainda nega qualquer tipo

Uma família de brasileiros foi presa acusada de comandar um ' império ' de bordéis , prostituição e drogas em Londres . Em nota, a polícia metropolitana de Londres informou que "as pessoas geralmente são reticentes ou têm muito medo de contribuir com investigações sobre escravidão

'Não existe isso de garotas cansadas'

Depois de mais de um ano de trabalhos à paisana, os detetives fizeram batidas em bordéis controlados pela família nas regiões de Cricklewood Broadway e Kenton Court. Lá, prenderam Antonio Teca Miranda, um brasileiro que mais tarde confessou participar das atividades de cafetinagem e venda de drogas.

Ele foi condenado a dois anos e seis meses de prisão.

As batidas policiais continuaram e outros quatro brasileiros - Maria Carvalho, Tony Simão, Henim Almeida e Anna Paula De Almeida Prudente - foram presos por participação no esquema.

A família Sacchi foi presa em 7 meses antes do julgamento, em fevereiro deste ano. Na casa de Renato e Flavia, a polícia encontrou £ 50 mil libras (ou mais de R$ 250 mil) em dinheiro, dois tasers e uma lata de gás de pimenta - os artefatos eram usados, junto a bastões de beisebol, na segurança dos prostíbulos.

Em aparelhos de telefone confiscados, os investigadores encontraram uma série de trocas de mensagens pelo WhatsApp em que os réus discutiam métodos de segurança e detalhes sobre a operação dos bordéis. Em um dos grupos, Raul Sacchi escreveu: "Não existe isso de garotas cansadas. Elas estão ali para trabalhar."

Somadas, as penas de todos os envolvidos chegam a 39 anos de prisão.

O inspetor-detetive Dan Mitchell, que coordenou as operações, disse que "através de um exame minucioso dos dispositivos, os detetives descobriram que o grupo via suas atividades como um negócio legítimo e se esforçava ao máximo para protegê-las".

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!


Santa Cecilia: história e oração da padroeira dos músicos .
Santa Cecilia: história e oração da padroeira dos músicosO príncipe, por sua vez, prometeu a santa que, caso também enxergasse o anjo com os seus próprios olhos, estaria convertido à fé cristã, algo que aconteceu. Valeriano morreu por ajudar a enterrar os corpos dos mártires, que eram caçados pelo Império Romano, perseguidor dos cristãos. O corpo do príncipe acabou enterrado pela própria Cecília.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 41
Isto é interessante!